Pular para o conteúdo principal

Animais Noturnos - Filme

Oi pessoal! Tudo certinho?

Como vocês sabem o Fadas faz parte do grupo Aliança de Blogueiros, e foi através dessa parceria que tivemos a oportunidade de ir na cabine de imprensa do filme baseada em um livro - Animais Noturnos segunda produção do aclamado nome do mundo da moda Tom Ford (Direito de Amar), onde surpreende e abre um novo espaço para sua carreira como cineasta, com uma trama  inovadora e uma ótima  história de vingança .

O drama acompanha uma mulher de meia-idade (Amy Adams), curadora de arte bem-sucedida, enquanto ela navega as incertezas de seu casamento perfeito aos olhos dos outros. Susan questiona suas escolhas e é forçada a confrontar seu passado quando um pacote chega com um manuscrito do livro sobre romance de seu ex-marido (Jake Gyllenhaal) a quem ela deixou há 20 anos.

O filme acompanha duas histórias: a história do romance enviado pelo ex-marido, intitulado Animais Noturnos, no qual  um homem e sua família viajam de férias e tudo se torna violenta e mortal; e a ainda a história de Susan, que se encontra recordando seu primeiro casamento e também enfrenta algumas verdades obscuras sobre si mesma.

Logo, no início o espectador é mergulhado em uma cena no mínimo incomum -  já na cena de abertura com cheerleaders obesas mórbidas nuas, passando por momentos de tensão,suspense, descobertas, até chegar ao final inesperado  e sangrento. No qual, Ford conseguiu manter seu domínio natural sem perder o foco principal e parece extremamente adaptado nesse novo ambiente.

De maneira diferente do convencional  Ford recria um universo perturbador, e ao mesmo tempo único e violento, que faz todos refletirem sobre suas prioridades atuais e as suas decisões tomadas ao longo da vida, parece extremamente adaptado a esse ambiente, mas Animais Noturnos é muito mais do que aparente,  é um  romance dramático de Austin Wright,  que retrata Tony e Susan e muito profundo.

Em destaque, Ford dá um expressivo salto em seu início de carreira e por mais incrível que possa parecer, conseguiu extrair ótimas e memoráveis atuações de Gyllenhaal,  Aaron Taylor-Johnson e Michael Shannon que estão irreconhecíveis em seus papéis.

Assim, a história do romance com uma pitada de terror e vingança, que consegue costurar o passado com o presente de forma totalmente diversificada, prende o espectador e arranca bons suspiros de tensão. Dou-lhes uma dica, vão assistir o filme com a mente aberta, preparados para uma abordagem alternativa e prestem muita atenção nas sequências das cenas para poder acompanhar o enredo e não perder nada. Bom Filme !


Trailer:



Comentários

  1. Gostei da dica Priscila. Comprei o livro que inspirou este filme por 3 reais no Submarino e mal posso esperar para assistir Animais Noturnos. Beijo!

    www.newsnessa.com

    ResponderExcluir
  2. Oi! Já ouvi falar dele, que legal saber que está se aventurando pelo cinema também. O filme não me chamou a atenção, pois não faz meu gosto kkkk Bjos ♥️

    Click Literário 

    ResponderExcluir
  3. Oi Priscila,

    Eu tô bem curiosa pra ver esse filme e confesso que tomei um susto quando descobri que era baseado num livro, nunca tinha ouvido falar dele. O enredo parece ser bem forte, mas quero ver. Tomara que eu goste. :)

    Bjs, @dnisin
    www.sejacult.com.br

    ResponderExcluir
  4. Vale a pena ver este filme. A maioria dos filmes Jake Gyllenhaal sempre gostei. Isso não faz de “Animais Noturnos” um filme enfadonho ou desinteressante. O fato é que as duas tramas chamam a atenção, embora a história do livro seja muito mais intensa e valeria um filme apenas sobre ela! Além disso, os cortes que intercalam as tramas são muito bem orquestrados, e aqui vale dar destaque aos match cuts que aumentam ainda mais a fluidez da narrativa e as lembranças da protagonista.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Eleanor & Grey - Resenha

Oi Povo, tudo bem? Todo mundo que acompanha o blog sabe que sou mega fã de Brittainy C. Cherry, então quando vi que a caixa do “clube da Carina Rissi” vinha com o livro “Eleanor & Grey" e os marcadores de todos os livros da autora lançado aqui no Brasil, fiquei LOUCA. Graças ao bons Deuses dos livros, a Editora disponibiliza a caixa de maneira avulsa e consegui comprar essa lindeza! Rsrs. Sabe aquele tipo de livro que quando você termina, seus pensamentos são: “Obrigada Deus por eu amar ler! Obrigada por livros assim! Que lição de vida! Que autora maravilhosa!!". Quando terminei mandei uma foto da minha cara inchada de tanto chorar para Helyssa (voocomlivro) e Anastacia (notasliterarias_), falando que não estava sabendo lidar com tantos sentimentos. Eleanor, é uma adolescente que ama ler, não é muito social e ainda usa aparelho nos dentes, essa junção é o bastante para chamarem ela de esquisita ou sorriso metálico. Ela nem liga muito para esses comentários, Eleano

Talvez Agora - Resenha

  Oi Povo, tudo bem? Hoje vamos falar de "Talvez Agora”, que é continuação de "Talvez um dia” de Colleen Hoover lançado no ano passado pela Galera Record. Sou muito fã da autora e quando terminei “Talvez um dia”  fiquei sem saber o que fazer da vida porque eu não estava acreditando que a história terminava daquela maneira. Fiquei tão revoltada que comprei “Talvez Agora” no lançamento, mas levei meses para criar coragem e voltar para aquele universo. Vocês também são assim? HAHAHA. Espero sinceramente não ser a única!! HAHAHA. Ridge e Sydney, depois de tanto tempo, estão namorando. Sydney finalmente se sentiu segura para começar algo mais com Ridge. Ele por sua vez parece estar nas nuvens porque finalmente eles poderão viver um amor sem culpa e do jeito que sempre sonharam. Porém, isso não significa que tudo vai ocorrer nas mil maravilhas, afinal Ridge e Warren são as únicas pessoas no mundo que Maggie pode contar, e esse detalhe pode mudar tudo.  Maggie sabe que tem fibrose c