Animais Noturnos - Filme

4 Comentários A+ a-

Oi pessoal! Tudo certinho?

Como vocês sabem o Fadas faz parte do grupo Aliança de Blogueiros, e foi através dessa parceria que tivemos a oportunidade de ir na cabine de imprensa do filme baseada em um livro - Animais Noturnos segunda produção do aclamado nome do mundo da moda Tom Ford (Direito de Amar), onde surpreende e abre um novo espaço para sua carreira como cineasta, com uma trama  inovadora e uma ótima  história de vingança .

O drama acompanha uma mulher de meia-idade (Amy Adams), curadora de arte bem-sucedida, enquanto ela navega as incertezas de seu casamento perfeito aos olhos dos outros. Susan questiona suas escolhas e é forçada a confrontar seu passado quando um pacote chega com um manuscrito do livro sobre romance de seu ex-marido (Jake Gyllenhaal) a quem ela deixou há 20 anos.

O filme acompanha duas histórias: a história do romance enviado pelo ex-marido, intitulado Animais Noturnos, no qual  um homem e sua família viajam de férias e tudo se torna violenta e mortal; e a ainda a história de Susan, que se encontra recordando seu primeiro casamento e também enfrenta algumas verdades obscuras sobre si mesma.

Logo, no início o espectador é mergulhado em uma cena no mínimo incomum -  já na cena de abertura com cheerleaders obesas mórbidas nuas, passando por momentos de tensão,suspense, descobertas, até chegar ao final inesperado  e sangrento. No qual, Ford conseguiu manter seu domínio natural sem perder o foco principal e parece extremamente adaptado nesse novo ambiente.

De maneira diferente do convencional  Ford recria um universo perturbador, e ao mesmo tempo único e violento, que faz todos refletirem sobre suas prioridades atuais e as suas decisões tomadas ao longo da vida, parece extremamente adaptado a esse ambiente, mas Animais Noturnos é muito mais do que aparente,  é um  romance dramático de Austin Wright,  que retrata Tony e Susan e muito profundo.

Em destaque, Ford dá um expressivo salto em seu início de carreira e por mais incrível que possa parecer, conseguiu extrair ótimas e memoráveis atuações de Gyllenhaal,  Aaron Taylor-Johnson e Michael Shannon que estão irreconhecíveis em seus papéis.

Assim, a história do romance com uma pitada de terror e vingança, que consegue costurar o passado com o presente de forma totalmente diversificada, prende o espectador e arranca bons suspiros de tensão. Dou-lhes uma dica, vão assistir o filme com a mente aberta, preparados para uma abordagem alternativa e prestem muita atenção nas sequências das cenas para poder acompanhar o enredo e não perder nada. Bom Filme !


Trailer:



4 comentários

comentários
4 de janeiro de 2017 17:27 delete

Gostei da dica Priscila. Comprei o livro que inspirou este filme por 3 reais no Submarino e mal posso esperar para assistir Animais Noturnos. Beijo!

www.newsnessa.com

Responder
avatar
4 de janeiro de 2017 17:42 delete

Oi! Já ouvi falar dele, que legal saber que está se aventurando pelo cinema também. O filme não me chamou a atenção, pois não faz meu gosto kkkk Bjos ♥️

Click Literário 

Responder
avatar
13 de janeiro de 2017 16:51 delete

Oi Priscila,

Eu tô bem curiosa pra ver esse filme e confesso que tomei um susto quando descobri que era baseado num livro, nunca tinha ouvido falar dele. O enredo parece ser bem forte, mas quero ver. Tomara que eu goste. :)

Bjs, @dnisin
www.sejacult.com.br

Responder
avatar
Pau Kuri
Autor
22 de fevereiro de 2017 14:07 delete

Vale a pena ver este filme. A maioria dos filmes Jake Gyllenhaal sempre gostei. Isso não faz de “Animais Noturnos” um filme enfadonho ou desinteressante. O fato é que as duas tramas chamam a atenção, embora a história do livro seja muito mais intensa e valeria um filme apenas sobre ela! Além disso, os cortes que intercalam as tramas são muito bem orquestrados, e aqui vale dar destaque aos match cuts que aumentam ainda mais a fluidez da narrativa e as lembranças da protagonista.

Responder
avatar