Isso ou aquilo? - Tag

Oi Povo, tudo bem?
Vi essa tag no blog Livros & Tal já faz um tempão, porém achei tão legal que resolvi responder. Espero que vocês curtam as minhas respostas!! :D

1- Áudio book ou livro?
Livros Livros!!!
Não consigo prestar atenção no áudio book, pois me distraio facilmente.

2- Capa dura ou capa mole?
As capas moles tornam o livro mais leve e então são de minha preferência, contudo quando o livro é um favorito meu torço muito para editora lançar em capa dura para poder guardar com muito carinho! Hahaha

3- Ficção ou não ficção?
Ficção!!
É mega raro ler um não ficção, acho que só li umas duas vezes na vida!!

4- Fantasia ou vida real?
Depende do meu humor! hahahaha Mas, normalmente leio mais vida real.

5- Harry Potter ou Crepúsculo?
Harry Potter!!
Já li Crepúsculo e sou fã da saga, no entanto Harry Potter é algo sem comparação. O mundo que J.K criou é simplesmente perfeito!!

6- E-book ou livro físico?
Livro físico!!
Só leio e-book quando estou viajando!! hahaha

7- Comprar ou pegar emprestado?
Comprar!!
Gosto de ler o livro no meu tempo.

8- Livro único ou série?
Não sei o que responder!! hahaha Pra mim o que importar é se a história é boa!!

9- Livraria física ou online?
Online.
Amo livraria física, todavia infelizmente os preços da livraria online são muitos melhores!!

10- Livro longo ou curto?
Aí de novo não sei o que responder! hahaha Mais uma vez o que importa é se a história é boa!!

11- Drama ou ação?
Drama.
Por incrível que pareça curto livros que me fazem chorar! hahahaa

12- Ler no seu canto ou tomando sol?
No meu canto.
Até porque não curto sol! hahaha

13- Chocolate quente, café ou chá?
Chocolate quente!! Sou chocólatra!! :D

14- Ler resenha ou decidir por si?
Ler resenha!!
Desde que comecei o blog são raríssimas as vezes que comprei um livro sem ler uma resenha antes.

Passageiros - filme

Oi pessoal! Tudo certinho?
Como vocês sabem o Fadas faz parte do grupo Aliança de Blogueiros, e foi através dessa parceria que tivemos a oportunidade de ir na cabine de imprensa do filme Passageiros do diretor  Morten Tyldum e que tem em seu elenco os queridinhos de Hollywood Jennifer Lawrence e Chris Pratt.

Passageiros narra a história de uma nave ultra moderna e que transporta milhares de passageiros para uma colônia distante, sendo considerada a maior imigração humana daquela época para outro planeta. Onde,uma falha em uma das câmaras de hibernação faz com que um dos passageiros acorde 90 anos antes do que o previsto. Sob a perspectiva de envelhecer e morrer sozinho, tendo só como companhia e confidente um robô barman, o mesmo  decide acordar outra passageira.

Agora, ambos sozinhos, Jim - um engenheiro com muita habilidade (Chris Pratt o senhor das estrelas de Guardiões da Galáxia)  e Aurora - uma escritora famosa e bem-sucedida (Jennifer Lawrence a Mística de X-Men) começam a estreitar o seu relacionamento e passam a viver um intenso romance. No qual é abalado por um segredo que logo se revela e acaba com toda a sintonia do casal.

Assim, como não já bastasse todo o climão, todas as estruturas são balançadas e a paz é ameaçada, quando eles descobrem que a nave está correndo um sério risco e que eles são os únicos capazes de salvar os mais de cinco mil viajantes que ainda se encontram em estágio de hibernação profunda.

Desta maneira, misturando a ficção científica em uma improvável história de amor com um toque de alta tecnologia, efeitos especiais únicos e cenários incríveis, o diretor (Morten Tyldum) aborda os mais profundos instintos e sentimentos dos serem humanos como: a reação frente apressão, o impulso, a solidão, a depressão, a autodestruição, o ódio, o perdão, a paixão, a esperança, a aceitação e a negação. De forma que faz o espectador a se questionar e a se colocar no lugar do Jim para tentar entender por certo a sua perspectiva e suas motivações.

O filme no início se torna um pouco lento e sem muita dinâmica, porém com o desenrolar da história engata um misto de aventura, ficção e descobrimentos com momentos de tensão e muita ação. Irei confessar que não gostei muito do final e que pelo meu entendimento deu uma boa margem para uma continuação, já que teve uma quebra de sequências de cena que não foram narradas e que se tornam uma opção para ser explorada no futuro.

Uma dica para os cinéfilos de plantão como eu (Priscila), mantenham sempre a mente aberta ao assistirem ficção, pois esse tema por ser muito abordado, sempre de pontos de vistas diferentes, acabam por ser reinventados e por mais que possam parecer remeter a um ou outro filme pela própria semelhança de cenário, cada um tem sua peculiaridade e  particularidade é só se prender aos detalhes e prestar muita atenção em todo enredo. Recomendo que todos assistam e decidam por si próprio se valeu ou não o ingresso rs. Bom filme!

Ficha Técnica:

Data de lançamento:  05 de Janeiro de 2017.
Direção: Morten Tyldum
Música composta por: Thomas Newman
Fotografia: Rodrigo Prieto
Produção: Stephen Hamel, Neal H. Moritz, Ori Marmur, Michael Maher

Elenco:










Trailer:

A Casa de Praia - Resenha

Oi gente, hoje resolvi escrever sobre uma das minhas últimas leituras de 2016: A Casa de Praia da Nora Robrts. A autora está entre as minhas favoritas e apesar de não gostar de todos os seus livros que já li, realmente me vi envolvida com esse enredo. Nora nos traz romance, suspense, assassinato, e até mesmo uma caça ao tesouro.

Teremos como protagonista Eli Landon, um advogado criminalista que foi acusado de matar a própria esposa. Apesar de não terem como provar sua culpa, ele assistiu sua vida desmoronar no último ano, sua família sofrendo e o afastamento dos que diziam ser seus amigos. Ele vem de uma família tradicional e lendária de Whiskey Beach, onde fica a Bluff House e mora sua avó que é a “guardiã” da casa. Após sofrer um acidente e precisar de acompanhamento, a avó de Eli pede que ele fique na casa em sua ausência. Após seu último ano, ele vê como uma oportunidade de ficar afastado de Boston por um tempo e tentar voltar a escrever, seu hobby favorito.

Tudo que Eli queria era ficar sossegado com a sua dor e escrevendo sozinho enquanto se hospeda em Bluff House, porém sua avó deu a Abra Walsh a missão de cuidar não só da limpeza da casa, mas de Eli também. Eu adorei a personagem, ela realmente levou sua missão a sério. Não só de cuidar da casa, mas de fazer Eli sair do mesmo e ir melhorando aos poucos. Só de lembrar todas as suas atividades, me faz pensar que sou preguiçosa rs Ela vai de confeccionar bijuterias, fazer massagem, dar aulas de yoga, limpeza, cozinhar, servir em um bar e sempre com um sorriso no rosto. Ela tem muita energia e justamente o que Eli acha que não precisa. Enquanto Abra tenta ajudar Eli, a casa será arrombada, um novo assassinato acontecerá e isso pode acabar com o progresso que nosso mocinho estará tendo.

“Queria sua vida de volta. Não, não era bem isso. Mesmo antes do pesadelo que foi o assassinato de Lindsay, (...) Queria ele mesmo de volta.”

Esses acontecimentos trarão um investigador de Boston que acredita na culpa de Eli, um novo mistério e uma nova linha de investigação para o assassinato da esposa do nosso protagonista, que mais fortalecido terá outra postura diante da situação. Apesar de todo o mistério presente na história, teremos o desenvolvimento da relação entre Abra e Eli, não só de amizade, mas romântica também. Ela ficará ao lado dele para o que der e vier e isso é muito importante para alguém que estava se sentindo sem esperança e solitário.

“ - Vovó, você não está tentando me fazer namorar ela, está? - Por que eu faria uma coisa dessas? Você não consegue pensar por si mesmo?”

Acredito que falei bastante sobre o enredo do livro, mas com certeza não o suficiente para revelar todos os seus mistérios e as surpresas que eles nos trazem. Para quem gosta de um romance que começa aos poucos, mistério e terminar o livro com o sentimento de ter feito uma boa leitura, este é uma ótima escolha.


A Casa de Praia não é só o título do livro, mas quase um personagem… Bluff House é uma casa com muita história e está muito presente no desenrolar do enredo. Gostei muito dessa obra da Nora, quem é fã da autora vai desfrutar da leitura e quem não a conhece é uma ótima opção para conhecer a sua escrita.


A capa combina com a história, a diagramação está ótima, mas como costume da Editora Bertrand as páginas são brancas. Nora Roberts realmente nos presenteou com um trabalho maravilhoso, com personagens cativantes, eventos interligados e sem pontas soltas. Foi uma leitura incrível, nos prende do inicio ao fim com seus mistérios que só serão totalmente respondidos nas últimas páginas. Recomendo.





Avaliação:
Ficha Técnica
Título: A Casa de Praia
Autor: Nora Roberts
Editora: Bertrand Brasil
Paginas: 476







Resenha - A Garota do Calendário (Abril)

Olá galera,
espero que o 2017 de vocês tenha começado com um bom livro :D

Para quem não se lembra Mia está trabalhando na Exquisite Acompanhantes de Luxo, empresa de sua tia Millie ou Sra. Millan, como gosta de ser chamada, para pagar a dívida de jogo do seu pai, que está em coma, com um agiota, no valor de um milhão de dólares. 

No quarto mês dela como Acompanhante Mia deverá ir para Boston e fingir ser namorada do astro de Beisebol, Mason Murphy. Como fã apaixonada do Red Sox, e vendo um milionário sexy, ela acredita que esse vai ser um mês tranquilo, isso até encontrar o arrogante e irritante cliente.

- Agora, gata, vamos esclarecer algumas coisas.
Pág.: 09

Mason a vê como uma prostituta que está ali para atender os desejos dele, e não vê a hora de curtir. Mas Mia só transa com quem ela quer, e mesmo que o jogador seja incrivelmente sexy e lindo, as atitudes dele esfriam rapidamente a libido dela.

- Eu posso ter sido contratada para ser sua namorada durante esse mês, mas não sou sua puta. - Suas sobrancelhas se ergueram. - Transar com o cliente é opção minha, não faz parte do contrato. Você devia ter lido as letras miúdas, amigo, porque está prestes a descobrir como é passar o mês na seca.Sua boca se abriu em uma expressão de choque.-Você está de sacanagem.
Pág.: 10

Mason é um jovem astro, arrogante e que adora se divertir, mas suas atitudes negativas tem atrapalhado a carreira e seus patrocínios estão caindo, a solução é parar de farrear e aparecer na mídia com a mesma mulher pelo menos por algum tempo, é aí que entra a Mia.

Minha opinião: Esse foi um mês divertido, Mace tem um coração tão grande quanto seu ego, assim como Mia tem o coração do tamanho da sua libido, os dois combinam muito bem, pois se escondem atrás de um muro “impenetrável”, mas na verdade são dois molengas (no bom sentido) rsrsrs E temos Rachel, a relações públicas que além de ótima no seu trabalho, é fofa e nos surpreende.
Em Abril Mia, Rachel e Mace organizam um evento para arrecadar dinheiro para uma causa pessoal para Mace, um momento tão emocionante, quanto divertido do livro.

O hot vem em duas partes primeiro com Mace e várias mulheres e depois com a Mia e um antigo cliente. 🌶🌶







Clique nas imagens ao lado para ler as resenhas anteriores de Janeiro, Fevereiro e Março.










Avaliação:
Ficha Técnica
Série: A Garota do Calendário
Título: Abril
Autor: Audrey Carlan
Editora: Verus
Páginas: 155


Animais Noturnos - Filme

Oi pessoal! Tudo certinho?

Como vocês sabem o Fadas faz parte do grupo Aliança de Blogueiros, e foi através dessa parceria que tivemos a oportunidade de ir na cabine de imprensa do filme baseada em um livro - Animais Noturnos segunda produção do aclamado nome do mundo da moda Tom Ford (Direito de Amar), onde surpreende e abre um novo espaço para sua carreira como cineasta, com uma trama  inovadora e uma ótima  história de vingança .

O drama acompanha uma mulher de meia-idade (Amy Adams), curadora de arte bem-sucedida, enquanto ela navega as incertezas de seu casamento perfeito aos olhos dos outros. Susan questiona suas escolhas e é forçada a confrontar seu passado quando um pacote chega com um manuscrito do livro sobre romance de seu ex-marido (Jake Gyllenhaal) a quem ela deixou há 20 anos.

O filme acompanha duas histórias: a história do romance enviado pelo ex-marido, intitulado Animais Noturnos, no qual  um homem e sua família viajam de férias e tudo se torna violenta e mortal; e a ainda a história de Susan, que se encontra recordando seu primeiro casamento e também enfrenta algumas verdades obscuras sobre si mesma.

Logo, no início o espectador é mergulhado em uma cena no mínimo incomum -  já na cena de abertura com cheerleaders obesas mórbidas nuas, passando por momentos de tensão,suspense, descobertas, até chegar ao final inesperado  e sangrento. No qual, Ford conseguiu manter seu domínio natural sem perder o foco principal e parece extremamente adaptado nesse novo ambiente.

De maneira diferente do convencional  Ford recria um universo perturbador, e ao mesmo tempo único e violento, que faz todos refletirem sobre suas prioridades atuais e as suas decisões tomadas ao longo da vida, parece extremamente adaptado a esse ambiente, mas Animais Noturnos é muito mais do que aparente,  é um  romance dramático de Austin Wright,  que retrata Tony e Susan e muito profundo.

Em destaque, Ford dá um expressivo salto em seu início de carreira e por mais incrível que possa parecer, conseguiu extrair ótimas e memoráveis atuações de Gyllenhaal,  Aaron Taylor-Johnson e Michael Shannon que estão irreconhecíveis em seus papéis.

Assim, a história do romance com uma pitada de terror e vingança, que consegue costurar o passado com o presente de forma totalmente diversificada, prende o espectador e arranca bons suspiros de tensão. Dou-lhes uma dica, vão assistir o filme com a mente aberta, preparados para uma abordagem alternativa e prestem muita atenção nas sequências das cenas para poder acompanhar o enredo e não perder nada. Bom Filme !


Trailer:




Não Sei Se Te Amo - Resenha

Oi povo,
Hoje vamos falar do livro “Não sei se Te Amo - Amor além da amizade e do prazer!”, da nossa parceira Ju Lund. Esse é o primeiro livro que leio da autora e tenho que confessar que fiquei com muita pena do livro ter apenas 150 páginas. A Ju consegue prender o leitor de maneira fluída e encantadora.

Antes de começar a falar sobre o livro, preciso comentar uma coisa que achei mega fofa! A autora disponibilizou a playlist do livro e a cada começo de capítulo tem um pedacinho da música que tem haver com ele. Uma das coisas que mais curti é que todas as músicas são nacionais e isso é o máximo, pois já vi autores nacionais com playlist quase completas com músicas internacionais!

No livro conhecemos a vida de Ninna, uma menina que sofreu diversas decepções amorosas e morre de medo de se envolver com alguém. Por isso ela com, apenas 26 anos, prefere viver sozinha e focar na carreira, do que se frustrar novamente! Ninna, tem essa barreira emocional, pois depois da última desilusão sofrida, ela teve que tomar antidepressivos.

“Fiquei sem apetite, apática por muito tempo. Precisei muito de minha mãe, de Deise e de psicoterapia. Tomei antidepressivos por alguns meses, até finalmente voltar aos poucos, ao normal.”
Ninna, finalmente resolve dar a volta por cima e começa a curso Marketing. Durante esse novo curso ela forma um grupo de amigo que estão junto para o que der e vier, os integrantes de grupo são: Luis, Sebastian, Dora e Rosângela. Todos são gente boa e isso causa um ciúme danado em Deise, sua melhor amiga desde do tempo de escola.
Com o passar do tempo Sebastian se mostrar um amigo fiel que está presente em todas as horas e, ainda por cima, não esconde seu interesse por Ninna, que não quer se envolver para não se machucar de novo. Só ela sabe o que passou durante aquele período de depressão.

“- Você merece alguém que te ame, mesmo sendo assim tão fria comigo - soltou sem meio termo - Sinta o meu coração - pediu, pregando minha mão contra seu peito nu.”

Não posso contar muito mais detalhes para não soltar spoiler sobre o livro, mas preciso fazer algumas observações:
1 - Quis bater muito na Ninna em algumas horas, mas ao mesmo tempo entendia perfeitamente o medo dela.
2- A mãe de Ninna e Deise são anjos na vida dela. Simplesmente fiquei encantada com o companheirismo das duas.
3 - Sebastian (Aí Aí), simplesmente um perfeito cavalheiro, me apaixonei por ele desde do primeiro capítulo que ele apareceu e ainda por cima ele tem uma “pegada”!! Hahahaha.
4 - Queria muito que o livro tivesse mais páginas para poder saber maiores detalhes do que aconteceu!

Resumindo indico a leitura para quem precisa de um romance leve e envolvente!! Super indico para se curar de um ressaca literária!!

Avaliação:
Ficha Técnica
Título: Não sei se Te Amo
Amor além da amizade e do prazer!
Autor: Ju Lund
Páginas: 155

Conteúdo Especial:
Primeiros Capítulos e Playlist