Pular para o conteúdo principal

Beleza Oculta - Filme

Oi pessoal! Tudo certinho? Como vocês sabem as Fadas Literárias fazem parte do grupo Aliança de Blogueiros, e foi através dessa parceria que tivemos a oportunidade de ir na cabine de imprensa do filme Beleza oculta com direção de David Frankel que também tem em seu currículo longas aclamados como: O Diabo Veste Prada e Marley e eu. Logo é justificável tamanha expectativa em volta desse longa, e posso dizer que superou e elevou em um nível substancial o meu conceito sobre não só o elenco como o diretor e roteiro.

Assim, após uma tragédia em sua vida pessoal, Howard (Will Smith) mergulha em uma depressão profunda e mesmo com o passar dos anos não consegue aceitar tal fato. Logo ele inicia uma rotina automatizada seguindo para rumo obscuro, revoltado com toda a situação passa a escrever cartas para a Morte, o Tempo e o Amor - algo que preocupa imensamente seus amigos, mas por sua displicência com o trabalho do que com sua insatisfação com a vida. Porém, por mais  impossível que possa parecer essas três partes do universo decidem enfim responder. Morte (Helen Mirren), Tempo (Jacob Latimore) e Amor (Keira Knightley) que passam a tentar ensinar a beleza da vida e recuperar esse  protagonista tão danificado.

Quem já perdeu um ente querido, seja por qualquer motivo, sabe o quanto a dor da perda é imensurável e ver alguém querido partir despedaça em mil pedaços os nossos corações e muitas vezes os danos são irreversíveis e nos faz querer partir também, nos afunda em um pesadelo sem fim. Muitos acham e até dizem que a partida de quem amamos é natural e compreensível, visto que faz parte do ciclo natural da vida. Mas, para um pai e uma mãe que esperam morrer antes de seus filhos não há dor maior do que perdê-los tão precocemente. Beleza Oculta, traz Smith no papel de um pai que não consegue dar continuidade em sua vida após perder a filha de 6 anos, retrata o quanto é importante ter amigos e  pessoas que os ajudem durante esse período.

Amor, Tempo e Morte
Howard começa a sua decadência em vida um ano após os primeiros minutos do filme, onde ele se mostra uma pessoa alto astral, daquelas que pensa positivo em todos os momentos e que dá importância pra tudo que realmente importa. Ao mesmo tempo em que consegue conciliar vida pessoal e profissional, consegue alavancar para o sucesso uma empresa de propaganda que vai muito bem, tudo em sociedade com Whit Yardsham (Edward Norton). Eles possuem suas crenças e ideais em torno de três coisas: o amor, o tempo e a morte. Onde cada um representa de maneira única, com um sentido diferente e importância os momentos chave da vida de Howard.

Irreconhecível e mentalmente instável, ele se afasta de tudo e todos, incluindo os amigos, sua esposa, sua empresa e seus ideais, apesar de comparecendo todos os dias ao trabalho continua por não apresentar resultados e a afundar a empresa junto com ele. Onde, além de Whit, Clare (Kate Winslet) e Simon (Michael Peña) também começam a ser afetados profissionalmente pela falta de proatividade e inercia de Howard, sua condição  acaba por não só prejudicá-lo, mas também  passa a afetar todos ao seu redor.

O longa então parte por mostrar ao espectador o quanto o Amor, o Tempo e a Morte são importantes para não só na vida dele como também nas nossas vidas, com situações e rotinas surpreendentes muito bem encaixadas com cada personagem. O roteiro  é bastante inteligente, colabora para a imersão do filme e nos primeiros minutos já consegue emocionar e atingir o público de uma forma diferente e inenarrável. Então, o filme passa a mostrar que na verdade, a estrela não é Will Smith, mas sim a vida que deve ser vivenciada e apreciada a cada minuto.  De certo, aos poucos, o longa passa a dar espaço para os demais personagens e ao final somos apresentados a personagens diferentes e bem característicos. 

Apesar de bem construído, na minha opinião achei que os atores envolvidos poderiam ter mais momentos retratos e serem mais produtivos, já que Beleza Oculta conta com um elenco de peso pesados de Hollywood. Além disso, poderia ter mais alguns minutos de filmagens que poderia contextualizar e solidificar melhor todo o roteiro  e interligar a história.


De certo que toda a ideia do diretor de  emocionar o público teve seu objetivo cumprido e também de transparecer os momentos dos três conceitos ditos  Amor, Tempo e Morte. Eu (Priscila) adorei muito esse filme, me emocionei e vibrei com os personagens de uma maneira como se tivesse interligada com as suas vidas. Nunca imaginei que depois de assisti-lo me sentiria tão reflexiva e revendo todos as meus conceitos preestabelecidos. Não sou tão emotiva ao ponto de chorar em filmes, mas posso afirmar que esse me tocou profundamente. Então, dou-lhes uma dica vão com a mente aberta, preparem o balde de pipoca, aquele chocolate que cura qualquer tristeza e  uma caixa bem grandona de lenços,  pois irão precisar. Bom filme!!

Ficha Técnica:
Data de lançamento: 26 de janeiro de 2017 (1h 37min)
Direção: David Frankel
Gênero: Drama
Nacionalidade: Eua
Título original: Collatera
l Beauty
Distribuidor: Warner Bros.
Roteiro: Allan Loeb
Música composta por: Theodore Shapiro, Mychael Danna
Produtoras: New Line Cinema, Village Roadshow Pictures, mais
Nota: 8.0, três estrelas.
Elenco: Will Smith, Kate Winslet, Keira Knightley entre outros.


Trailer :

Comentários

  1. Concordo! Beleza Oculta foi um muito bom filme <3 Definitivamente o ator principal é uma das razões pelas quais o filme teve resumos positivos porque ele é um ator grande que todos amam. Pessoalmente sempre segui os filmes com Will Smith, e Beleza Oculta é um dos que eu mais gostei. Mais que filme de drama, é um filme de suspense, todo o tempo tem a sua atenção e você fica preso no sofá. Se vocês são amantes dos filmes de drama, este é um filme que não devem deixar de ver. O filme tem uma história muito inspiradora.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Eleanor & Grey - Resenha

Oi Povo, tudo bem? Todo mundo que acompanha o blog sabe que sou mega fã de Brittainy C. Cherry, então quando vi que a caixa do “clube da Carina Rissi” vinha com o livro “Eleanor & Grey" e os marcadores de todos os livros da autora lançado aqui no Brasil, fiquei LOUCA. Graças ao bons Deuses dos livros, a Editora disponibiliza a caixa de maneira avulsa e consegui comprar essa lindeza! Rsrs. Sabe aquele tipo de livro que quando você termina, seus pensamentos são: “Obrigada Deus por eu amar ler! Obrigada por livros assim! Que lição de vida! Que autora maravilhosa!!". Quando terminei mandei uma foto da minha cara inchada de tanto chorar para Helyssa (voocomlivro) e Anastacia (notasliterarias_), falando que não estava sabendo lidar com tantos sentimentos. Eleanor, é uma adolescente que ama ler, não é muito social e ainda usa aparelho nos dentes, essa junção é o bastante para chamarem ela de esquisita ou sorriso metálico. Ela nem liga muito para esses comentários, Eleano

Talvez Agora - Resenha

  Oi Povo, tudo bem? Hoje vamos falar de "Talvez Agora”, que é continuação de "Talvez um dia” de Colleen Hoover lançado no ano passado pela Galera Record. Sou muito fã da autora e quando terminei “Talvez um dia”  fiquei sem saber o que fazer da vida porque eu não estava acreditando que a história terminava daquela maneira. Fiquei tão revoltada que comprei “Talvez Agora” no lançamento, mas levei meses para criar coragem e voltar para aquele universo. Vocês também são assim? HAHAHA. Espero sinceramente não ser a única!! HAHAHA. Ridge e Sydney, depois de tanto tempo, estão namorando. Sydney finalmente se sentiu segura para começar algo mais com Ridge. Ele por sua vez parece estar nas nuvens porque finalmente eles poderão viver um amor sem culpa e do jeito que sempre sonharam. Porém, isso não significa que tudo vai ocorrer nas mil maravilhas, afinal Ridge e Warren são as únicas pessoas no mundo que Maggie pode contar, e esse detalhe pode mudar tudo.  Maggie sabe que tem fibrose c