19 de janeiro de 2018

Codinome Lady V - Resenha


Oi Povo, tudo bem?
Hoje vamos falar de “Codinome Lady V”, um romance de época um pouco diferente do comum que foi lançado pela Editora Gutenberg esse ano. Como sou apaixonada por esse gênero logo fiquei curiosa para conhecer essa nova autora, mas o que ganhou mesmo meu coração foi a capa lindíssima!!! Rsrs

Minerva Dodger está solteira por opção, não foi por falta de proposta de casamento que ela continua com esse status. Seu pai lhe deu um dote enorme com a intenção de lhe ajudar, mas essa boa ação só acabou atrapalhando, visto que só trouxe pretendentes falidos que precisam dessa grana para se reerguer. Minerva sonha encontrar o amor, ela quer um relacionamento igual ao dos seus pais. Ela é bonita, mas os homens fogem dela loucamente quando descobrem que sua língua afiada, inteligência acima do normal e ainda por cima tem talento para investimentos que a maioria dos lords não possui.

“- Mas veja bem, Sheridan, eu vou junto com meu dote. Mais do que isso, eu vou exatamente como sou. Com minhas próprias ideias, não necessariamente as do meu marido. Tenho meus próprios interesses, que, de novo, podem não ser os do meu marido. Mas, quero que ele respeite minhas opiniões e interesses. Eu quero ser capaz de conversar com ele sabendo que sou ouvida.” Pág: 19. 
Minerva está cansada de viver a sombra daquele maldito dote, ela precisar se sentir desejada. Com isso ela opta por ir ao Clube Nightingale, um lugar secreto onde as mulheres podem ter amantes sem estragar sua reputação. Neste ambiente as mulheres usam máscaras para que suas identidades sejam preservadas. Já os homens andam sem máscaras, afinal a infidelidade masculina nunca é julgada.
Logo na primeira noite, Minerva que está escondida pelo codinome Lady V, atrai atenção do Duque de Ashebury, que é um dos solteiros mas desejado do pedaço e é conhecido como mulherengo inveterado. Ele começa a cortejá-la e se encantada com a língua afiada da dama, afinal não é todo dia que uma mulher consegue acompanhar seu raciocínio e lhe responder a altura. O problema é que a dama em questão quer esconder a sua verdadeira identidade.

“Ashe estava desesperado para descobrir a identidade de Lady V porque não conseguia tirá-la da cabeça. Nem mesmo quando uma das debutantes mais lindas de Londres, Lady Regina, dedicava-lhe toda sua atenção, o que fazia naquele instante.” Pág: 78. 
Ashe não consegue tirar aquela mulher da cabeça e precisa descobrir quem está por trás das aquela máscara tornou a sua obsessão. Para piorar sua situação sua incapacidade de fazer cálculos o deixa à beira da falência e ele se vê obrigado a se casar para garantir seu futuro.
Como já comentei lady V é um romance bem diferente do que estamos acostumados porque a mocinha Minerva não tem nada de indefesa e nem segue os costumes da alta sociedade. Ela foi criada como uma dama, mas não é propriamente dito. Do outro lado temos Duque de Ashebury, que também é diferentes dos mocinhos comuns porque ele tem seus próprios fantasmas para lidar. Simplesmente curti muito a leitura e super indico para os amantes de um bom romance de época.

    Avaliação:
    Ficha Técnica
    Título: Codinome Lady V
    Autor: Lorraine Heath 
    Série: Os Sedutores de Havisham #01 
    Editora: Gutenberg
    Páginas: 256

    Nenhum comentário:

    Postar um comentário

    author
    Se você: Cheira livros, se apaixona por personagens, sofre com eles como se fosse alguém da sua família, corre atrás de autógrafos, viaja para outro estado para participar da Bienal do Livro, adora um sebo, procura por eventos literários, entra na livraria para dar um livro de presente e sai com dois para você, então você está no lugar certo!