Pular para o conteúdo principal

Leah Fora de Sintonia - Resenha


Antes de mais nada, devo declarar meu amor eterno a Becky Albertalli. Tive o prazer de ler seus livros este ano e já quero mais! Leah Fora de Sintonia é o spin-off do livro Com amor, Simon, que nos conta a história de Leah Burke, uma personagem já conhecida por ser a melhor amiga do fofíssimo Simon. 

Leah Burke é uma menina com 18 anos e cursa seu último ano no high school. É baterista em uma banda composta apenas por garotas e tem um ótimo gosto musical. Nada na vida de Leah é ou foi  fácil, sua mãe engravidou aos 17 anos de idade e seu pai as abandonou alguns anos atrás, com isso, sua infância não foi uma das melhores. Leah não é privilegiada como seus amigos, não pode gastar milhares de dólares em uma faculdade. Teve que se esforçar muito para conseguir uma bolsa na universidade da Georgia.

Minha mãe, só pode ser. Ela sempre liga, só manda mensagem em último caso. É nesse momento que você supõe que ela tem uns cinquenta anos, ou um milhão, mas não: minha progenitora só tem trinta e cinco mesmo. Eu tenho dezoito. Vamos lá, faça as contas. Pois é. Sou basicamente uma Rory Gilmore gorda da Sonserina. 

O mundo que Leah conhece, está prestes a mudar. Em breve, ela e seus amigos se formarão no high school, a rotina de antes vai acabar. E isso a deixa completamente fora de sintonia. Uma coisa que também não ajuda nem um pouco, é o fato dela estar se apaixonando por uma belíssima menina. Sim, ela é bissexual, sabe disso desde o início da adolescência e nunca contou para seus amigos, nem mesmo Simon, somente para sua mãe.  

Às vezes, eu me sinto deixada de lado até quando a vida continua junto comigo.

No livro, temos a volta de discussões importantíssimas, como racismo e gordofobia. Leah é uma menina gorda que por conta da pressão estética, tem baixa autoestima, é uma ótima desenhista mas também não tem confiança nenhuma em seu próprio talento. Somos apresentados a uma personagem real, uma pessoa com todas as inseguranças de sua idade, ela não é um adolescente acima da média, ou que fica filosofando sobre a vida, ela é uma menina de 18 anos. 

Na minha opinião, o livro não é o melhor da autora, mas não deixa de ser maravilhoso. É importante lembrar que é um spin-off de Com amor, Simon ( conhecido anteriormente como Simon vs. A Agenda Homo Sapiens), e dá continuidade a história, mas pelo ponto de vista de Leah. Portanto, se você ainda não leu o primeiro livro, LEIA ANTES, porque receberá muitos spoilers lendo Leah Fora de Sintonia

Se você ama referências atuais, representatividade, personagens cínicos e fofos ao mesmo tempo, te recomendo todos os livros de Becky Albertalli. A autora consegue descrever personagens e emoções de uma forma única. Seus livros são leves e  importantes simultaneamente. Conseguindo falar sobre tabus de um jeito nunca antes visto por mim. Eu diria que ela é uma das melhores autoras de YA atualmente e merece ser lida por você!


Avaliação:                                                                            Ficha Técnica
Título: Leah Fora de Sintonia
Autor: Becky Albertalli
Editora: Intrínseca
Páginas: 319




Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Indomável - Resenha

Oi Povo, tudo bem? Hoje vamos falar de "Indomável", último livro da trilogia "Damas Rebeldes", da autora Julia Quinn, lançado pela Editora Arqueiro. Finalmente cheguei no livro de William Dunford! HAHHAA. Ele aparece nos livros anteriores " Esplêndida " e " Brilhante ", e deixa nós leitores apaixonados e doidos para conhecer ainda mais esse personagem libertino tão charmoso! HAHAHA. Ele fica completamente chocado quando descobre que herdou um título e uma propriedade na Cornualha. Dunford, viaja imediatamente para conhecer a propriedade que ele herdou, o que ele não imaginava é que encontraria uma mulher administrando a propriedade e que ela se tornaria sua responsabilidade junto a herança do título.  "Belle bateu palmas. Que fantástico! Dunford acabara de receber uma herança inesperada. Ela torcia para que fosse algo bom. Uma de suas amigas tinha acabado de herdar, a contragosto, 37 gatos. " Pág: 12. Henrietta Barrett, ou apenas Henry,

Talvez Agora - Resenha

  Oi Povo, tudo bem? Hoje vamos falar de "Talvez Agora”, que é continuação de "Talvez um dia” de Colleen Hoover lançado no ano passado pela Galera Record. Sou muito fã da autora e quando terminei “Talvez um dia”  fiquei sem saber o que fazer da vida porque eu não estava acreditando que a história terminava daquela maneira. Fiquei tão revoltada que comprei “Talvez Agora” no lançamento, mas levei meses para criar coragem e voltar para aquele universo. Vocês também são assim? HAHAHA. Espero sinceramente não ser a única!! HAHAHA. Ridge e Sydney, depois de tanto tempo, estão namorando. Sydney finalmente se sentiu segura para começar algo mais com Ridge. Ele por sua vez parece estar nas nuvens porque finalmente eles poderão viver um amor sem culpa e do jeito que sempre sonharam. Porém, isso não significa que tudo vai ocorrer nas mil maravilhas, afinal Ridge e Warren são as únicas pessoas no mundo que Maggie pode contar, e esse detalhe pode mudar tudo.  Maggie sabe que tem fibrose c