7 de janeiro de 2019

Professor Feelgood - Resenha

Finalmente consegui ler o lançamento de Leisa Rayven e, como sou boazinha, contarei tudo o que achei para vocês! Professor Feelgood é o segundo volume da série Masters of Love, tendo como antecessor Mr. Romance. Diferente do que imaginei, o livro se passa no mesmo universo do primeiro, mas desta vez, narrado por Asha Tate, irmã da protagonista anterior, Eden Tate.

Asha é uma assistente editorial em busca de seu tão sonhado cargo de editora. Ela trabalha na pequena editora Whiplash e, para conseguir sua promoção, Asha precisa encontrar o melhor original, aquele que poderá se tornar o mais novo best-seller mundial. 

Em circunstâncias normais, eu tenho certeza que conseguiria o trabalho em um piscar de olhos, mas encontrar um best-seller? É como pedir para eu tirar um duende do meu sovaco.

Perdida e sem esperanças, no seu último dia do prazo, Asha resolve se distrair stalkeando seu crush virtual, o Professor Feelgood, um cara misterioso com milhões de seguidoras, que posta fotos bastante sensuais, mas sem mostrar o rosto, com poemas profundos sobre a perda de sua amada em suas legendas. E, então, sua mente se iluminou! E se ela apresentasse uma proposta de publicação para o Professor Feelgood, um livro escrito por ele, originário de seus poemas? sendo um cara com milhões de seguidoras, seu livro bombaria antes mesmo do lançamento! 

Venha pra mamãe, Professor Músculos do Pornô Literário. Deixe-me desfrutar da sua genialidade.

Depois de muitos problemas e contratempos, Asha finalmente consegue fechar contrato com o Professor e ganhar a tão sonhada promoção, entretanto o professor pede para que os  dois se encontrem em um bar na noite anterior a apresentação formal dele para a editora. Após achar que tinha levado um bolo do professor, ela finalmente o encontra e descobre que, na verdade, eles não eram tão estranhos um para o outro quanto imaginavam que fossem. 

Jacob Stone é o Professor Feelgood.                                                                       O Professor Feelgood é Jacob Stone.                                                         Filhodeumcaralho.

A escrita da Leisa é fluida e sempre bem-humorada, ela faz com que você se sinta cativada pelos personagens. Este livro, diferente dos outros da autora, tem uma pegada mais sensual do que HOT, o que pode ser bom ou ruim, dependendo do que você procura. Além de vir recheados de referências a cultura pop, o que, particularmente, eu AMO. 

Confesso que eu esperava um enredo completamente diferente para o livro, um que talvez me agradasse mais que esse. Apesar disso, o livro é bom e conseguiu prender minha atenção. Deixo claro que gostei muito mais de Mr. Romance. O primeiro volume era bem mais humorado e original, todavia foi ótimo acompanhar a evolução dos personagens do primeiro volume, assim como será ótimo acompanhar no terceiro volume, com data de estreia prevista para o final de 2019.


Avaliação:                                                                       
Ficha Técnica
Título: Professor Feelgood
Autor: Leisa Rayven 
Editora: GloboAlt
Páginas: 368

Nenhum comentário:

Postar um comentário

author
Se você: Cheira livros, se apaixona por personagens, sofre com eles como se fosse alguém da sua família, corre atrás de autógrafos, viaja para outro estado para participar da Bienal do Livro, adora um sebo, procura por eventos literários, entra na livraria para dar um livro de presente e sai com dois para você, então você está no lugar certo!