18 de fevereiro de 2019

Um Marido de Faz de Conta - Resenha

Hoje falaremos sobre um livro escrito pela excelentíssima Realeza dos romances de época, Julia Quinn. Em Um Marido de Faz de Conta, Julia continua nos contando a história da família Rokesby, mas dessa vez, pelo ponto de vista de Edward Rokesby, o irmão Rokesby desaparecido do primeiro livro.

Edward recobra a consciência com fortes dores na cabeça, sem fazer a mínima ideia de como ficou assim e sem nem conseguir abrir os olhos. Apesar da dor, ele consegue ouvir vozes a sua volta, mas uma voz em especial o chama a atenção, era de uma mulher. Quem era ela e porque estava cuidando dele no hospital? E então ele ouve a voz de um homem, o mesmo chama a mulher misteriosa de senhora Rokesby. Mas como assim? Ele não se lembrava de muita coisa, mas poderia também ter se esquecido do próprio casamento? Após isso, Edward ouve algo ainda mais intrigante, a mulher misteriosa era Cecília Harcourt, a irmã de seu melhor amigo Thomas.

Edward conhecia Cecilia apenas pelas cartas que ela escrevia para Thomas e, o mesmo, lia em voz alta para os dois. Após um tempo, Edward passou a se intrometer e escrever algumas palavras para ela, sempre ao fim das cartas de seu melhor amigo, e Cecília começou a separar o final de suas cartas para responder a Edward, formando assim, uma amizade um pouco estranha, apesar de nunca terem se conhecido pessoalmente.  

Além disso, para seu governo, mostro o seu retrato para todo o mundo. Sei que você muitas vezes gostaria que eu fosse mais carinhoso, mas a verdade é que eu a amo muito, minha querida, e tenho muito orgulho de ser seu irmão. Ademais, graças a você, posso me gabar de ter a correspondente mais prolífica de todo o batalhão, e devo dizer que me regozijo muito com a inveja de todos os outros soldados.                                                                                                           Edward, em particular, é azucrinado pelo monstro verde da inveja sempre que chega o correio. Ele tem três irmãos e uma irmã, mas, em termos de correspondência, você supera todos eles - juntos. 
Cecília Harcourt está desesperada. Após a morte de seu pai, ela recebe a carta do exército britânico informando que seu irmão, único familiar restante, estava vivo e machucado. Sem perder tempo, e com medo de seu primo interesseiro se apossar dela e das terras de sua família, Cecília embarca para Nova York, com o objetivo de achar e cuidar de seu irmão. Mas chegando em seu destino final, ela descobre que seu irmão está desaparecido e, sendo mulher, ninguém lhe dá informações concretas. Após descobrir que o melhor amigo de seu irmão, Edward, está internado em Nova York, Cecília faz de tudo para conseguir ao menos visitá-lo e ser útil em algo. Apesar dos esforços, ela é impedida por ser apenas a irmã de outro Oficial, e não ter nenhum parentesco com Edward.

Eu disse a todos que era sua esposa.


E mais uma vez Julia Quinn nos conquista com seus personagens românticos ao extremo e totalmente ficcionais. Edward é quase uma mistura dos dois irmãos, George e Andrew, responsável, romântico e engraçado na medida certa. Cecília é um bebê corajoso que quero abraçar e proteger de todo o mal - não aceito NINGUÉM criticando esse cristal lapidado.

Ah, como ela queria que fosse tudo verdade…Queria ser feliz com aquele homem. Queria ser a esposa dele, a mãe dos filhos dele, seria uma vida maravilhosa… se não fosse uma mentira. (…)                                                                           Objetivo do dia: parar de se apaixonar.

O segundo volume não conseguiu tirar o trono do primeiro, gostei mais da história de Billie e George, mas estou apostando muito no terceiro volume da série e acredito que ele tem potencial para desbancar os dois primeiros livros. Como no primeiro, Julia termina o livro com um mistério - essa mulher ainda me mata - e nos deixa ansiosos ao EXTREMO para a continuação da série. Então, fadinhas, preparem o coração! 



Avaliação:                                                                       
Ficha Técnica
Título: Um Marido de Faz de Conta
Autor: Julia Quinn
Editora: Arqueiro
Páginas: 304

Nenhum comentário:

Postar um comentário

author
Se você: Cheira livros, se apaixona por personagens, sofre com eles como se fosse alguém da sua família, corre atrás de autógrafos, viaja para outro estado para participar da Bienal do Livro, adora um sebo, procura por eventos literários, entra na livraria para dar um livro de presente e sai com dois para você, então você está no lugar certo!