Pular para o conteúdo principal

Arsen - Resenha

Oi Povo, tudo bem?
Hoje vamos falar de "Arsen" da autora Mia Asher, lançado na bienal do livro, pela Editora The Gift Box. Quando li as primeiras impressões desse livro, fiquei louca para saber o que aconteceria com Cathy, então, foi o primeiro livro que li assim que sai de férias, se tornando meu grande companheiro de viagem! Rsrs.

Antes de começar a falar um pouco do enredo do livro, preciso comentar que ele gera diversos sentimentos contraditórios durante a leitura, em diferentes momentos quis matar a mocinha, que na maioria das vezes estava mais para vilã do livro. Quando postei a foto do livro, diversas pessoas comentaram que pararam a leitura de tanta raiva que sentiram! Hahaha. Então, querido leitor do Fadas, se você quer um livro que mexe com a sua ira, leia Arsen! Haha.

No comecinho do livro, conhecemos Cathy, uma mulher incapaz de gerar um filho de seu querido marido. Não importa quantos cuidados eles tentam, ela sempre acaba abortando no final do terceiro mês.  No terceiro aborto, ela já não sabe mais como conversar ou se aproximar do seu marido. Cathy tem certeza que seu marido Ben a ama de uma maneira inexplicável, mas esse amor não consegue apagar o burraco no peito que foi aberto. Até que um dia, ela conhece o misterioso Arsen, e seu mundo vira de vez de cabeça para baixo.

"O tempo alimentou aquele burraco com o inevitável tédio, monotonia e ressentimento em relação à vida, Ben, e a mim por não ser mulher suficiente." Pág: 30.

Ben é um marido carinho e atencioso, completamente encantado pela esposa desde o primeiro encontro. O livro volta várias vezes ao passado, fazendo o leitor entender como surgiu o relacionamento dos dois e como acabou se tornando esse "pesadelo" que vamos lendo durante os capítulos. Nem preciso dizer que ele é o melhor personagem, né? Rsrs.

"Depois de onze anos juntos, não passa um dia sem que ele ligue ou mande mensagem só para dizer oi e perguntar como vai o meu dia. Às vezes eu me pergunto se ele vai se cansar de mim, da vida de casado, beijar e transar só com uma mulher - a mesma mulher - pelo resto de sua vida." Pág: 23.

Arsen é um homem que muitas vezes se comporta como menino, e que não mede as consequências até conseguir o que quer. Durante o decorrer da leitura, entendemos melhor os motivos do seu comportamento, mas confesso que não fui com a cara dele! Pronto falei!! Hahaha.

"É engraçado que o nome dele tenha me lembrado de fogo porque ele certamente parecida alguém que poderia te queimar até virar cinzas. Com apenas um olhar, ele me fez sentir como se meu corpo estivesse pegando fogo." Pág: 32.

Sobre a Cathy... Nossa! Como quis bater nela em diversos momentos!!! Porém, em outros, queria dar um abraço e dizer que tudo ficaria bem. Gente, não sou mãe e nunca engravidei, mas imagino que tantos abortos devem deixar realmente uma ferida na alma. Certamente não tomaria as atitudes escolhidas pela personagem, mas quem sou eu para julgar, né? rsrs.

Resumindo, leiam Arsen e venham por favor conversar comigo! Preciso entender todos os sentimentos loucos que essa leitura me causou!!

Avaliação:
Ficha Técnica
Título: Arsen
Autor: Mia Asher
Editora: The Gift Box
Páginas: 304

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Eleanor & Grey - Resenha

Oi Povo, tudo bem? Todo mundo que acompanha o blog sabe que sou mega fã de Brittainy C. Cherry, então quando vi que a caixa do “clube da Carina Rissi” vinha com o livro “Eleanor & Grey" e os marcadores de todos os livros da autora lançado aqui no Brasil, fiquei LOUCA. Graças ao bons Deuses dos livros, a Editora disponibiliza a caixa de maneira avulsa e consegui comprar essa lindeza! Rsrs. Sabe aquele tipo de livro que quando você termina, seus pensamentos são: “Obrigada Deus por eu amar ler! Obrigada por livros assim! Que lição de vida! Que autora maravilhosa!!". Quando terminei mandei uma foto da minha cara inchada de tanto chorar para Helyssa (voocomlivro) e Anastacia (notasliterarias_), falando que não estava sabendo lidar com tantos sentimentos. Eleanor, é uma adolescente que ama ler, não é muito social e ainda usa aparelho nos dentes, essa junção é o bastante para chamarem ela de esquisita ou sorriso metálico. Ela nem liga muito para esses comentários, Eleano

Long Shot - Resenha

  Oi Povo, tudo bem? Hoje vamos falar de “Long Shot” primeiro livro da série Hoops, da autora Kennedy Ryan, lançado pela Editora The Gift Box. Esse livro mexeu tanto comigo que demorei meses para me sentir segura em escrever essa resenha. A história de August e Iris, é muito surpreendente, mas isso não significa que ela é leve. Minha xará passa por cada situação que nenhum ser humano deveria passar, mas ainda bem que existem pessoas como August. Ele é simplesmente sensacional e ela é uma mulher extremamente forte. Deu para perceber que me encantei pelo casal, né? Rsrs. Iris e August se conhecem num barzinho de um hotel e a conversa dos dois acontece de maneira natural e encantadora, eles acabam conversando sobre assuntos que não assumem para quem conhecem a anos, mas parece que abrir o coração é algo natural entre eles. O problema é que tudo que é bom dura pouco e a noite acaba, e ambos tem que voltar para a vida normal. “Eu fico parado, absorvendo o som de seu nome, absorvendo o olhar