Pular para o conteúdo principal

De Repente Uma Noite De Paixão - Resenha

Oi Povo, tudo bem?
Vamos falar sobre “De Repente Uma Noite de Paixão” da diva Lisa Kleypas! Comprei esse livro na pré-venda, pois ele vinha com pin super charmoso. A Editora Arqueiro está arrasando com essa coleção de pins. Por incrível que pareça esse livro não pertence a uma série, sim ele é livro único, o que é uma raridade nos romances de épocas que vemos sendo lançados. Vocês devem está pensando: “A Iris ta louca! Só lê Lisa!!”. Rsrs. Juro que leio outras autoras também, porém ela faz parte da lista de autores favoritos, e eu acabei acumulando os livros dela, então acabei lendo um atrás do outro! Rsrs.

Amanda Briars é uma escritora de sucesso, que atualmente sustenta a si e a seus funcionários com a venda dos seu livros. Ela vive em Londres e é completamente independente. Ela ama escrever seus romances, e é através deles realiza seu sonhos mais guardados. Afinal com quase 30 anos, tem certeza que nunca casará e terá filhos, uma família normal. Amanda, tem tanta certeza que nunca conhecerá o prazer de estar nos braços de um homem que decide contratar um profissional para experimentar essa sensação, apenas uma vez.

“A madame era uma profissionalismo impressionante, como se elas estivessem decidindo sobre um prato a ser servido em um jantar e não sobre um homem a ser contrato para uma noite.” Pág: 07.  

No dia do seu aniversário de 30 anos conforme combinado com Madame Bradshaw, um homem bate à porta de Amanda para oferecer seu serviço, e eles têm uma noite bastante quente, uma noite totalmente diferente da imaginada por ela. Jack, o rapaz que apareceu a sua porta, foi tão atencioso e gentil que parecia um lord. Amanda chega a sentir com um pouco de pena de nunca mais poder encontrar com ele e continuar o que haviam começado.

Mas, o destino quis brincar com nossa querida mocinha, e durante um jantar ela descobre que aquele rapaz era na verdade o poderoso e temido, Jack Devlin. Ele é dono de uma grande loja e editora, trabalha também como editor e tinha acabado de comprar o primeiro livro de Amanda, para finalmente lançá-lo para o mercado.

Ela fica revoltadíssima por ter sido enganada e acha que Jack é a pior criatura que já andou pela face da terra, o problema é que ele faz uma proposta irrecusável sobre lançar “Uma dama incompleta¨, seu primeiro livro em formato de folhetim, como uma tiragem absurda e rendendo uma grana enorme para Amanda. Ela como qualquer outro ser humano que precisa se sustentar acaba aceitando.

 “Ela sentiu o coração disparar. A oferta parecia boa demais para ser verdade...a não ser pelo risco de que perdesse grande parte do prestígio que tinha se o romance fosse vendido como folhetim.” Pág: 72

A partir desse momento Jack e Amanda passam a relacionar, e as coisas começam a esquentar conforme os laços vão sendo construídos. Ela percebe que o prejulgou achando que subiu na vida por meios sórdidos e descobre que na verdade ele é filho bastardo de um nobre, e foi educado numa escola diferente, em que a morte parecia o futuro de todos ali. Conseguiu sobreviver e ainda ajudou diversos amigos, que venceu na vida por sua inteligência.

“- Às vezes a única diferença entre a vida e a morte é a capacidade de manter uma mínima centelha de esperança. E Delvin nos dava essa centelha. Ele fazia promessas que pareciam impossíveis, mas mais tarde conseguiu honrá-las.” Pág: 193.

Não contar muito mais do que já falei, mas o enredo é apaixonante e os personagens também. Para quem nunca leu romance de época, esse é um bom livro para começar!!


Ficha Técnica
Título: De Repente Uma Noite De Paixão
Autor: Lisa Kleypas
Editora: Arqueiro
Páginas: 272

Comentários

  1. Olá Iris, tudo bem?
    Tenho visto opiniões bastante diferentes sobre esse livro, o que me faz baixar um pouco as expectativas mas também alimenta a minha curiosidade.
    Também sou uma das que colocou a Lisa na seleta seleção dos queridinhos e com certeza vou ler. Fiquei deliciada com sua resenha.

    Beijo!
    https://www.amorpelaspaginas.com/

    ResponderExcluir
  2. Amei a resenha, já quero ler esse livro, amo o gênero :D

    https://www.submersaempalavras.com/

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Eleanor & Grey - Resenha

Oi Povo, tudo bem? Todo mundo que acompanha o blog sabe que sou mega fã de Brittainy C. Cherry, então quando vi que a caixa do “clube da Carina Rissi” vinha com o livro “Eleanor & Grey" e os marcadores de todos os livros da autora lançado aqui no Brasil, fiquei LOUCA. Graças ao bons Deuses dos livros, a Editora disponibiliza a caixa de maneira avulsa e consegui comprar essa lindeza! Rsrs. Sabe aquele tipo de livro que quando você termina, seus pensamentos são: “Obrigada Deus por eu amar ler! Obrigada por livros assim! Que lição de vida! Que autora maravilhosa!!". Quando terminei mandei uma foto da minha cara inchada de tanto chorar para Helyssa (voocomlivro) e Anastacia (notasliterarias_), falando que não estava sabendo lidar com tantos sentimentos. Eleanor, é uma adolescente que ama ler, não é muito social e ainda usa aparelho nos dentes, essa junção é o bastante para chamarem ela de esquisita ou sorriso metálico. Ela nem liga muito para esses comentários, Eleano

Long Shot - Resenha

  Oi Povo, tudo bem? Hoje vamos falar de “Long Shot” primeiro livro da série Hoops, da autora Kennedy Ryan, lançado pela Editora The Gift Box. Esse livro mexeu tanto comigo que demorei meses para me sentir segura em escrever essa resenha. A história de August e Iris, é muito surpreendente, mas isso não significa que ela é leve. Minha xará passa por cada situação que nenhum ser humano deveria passar, mas ainda bem que existem pessoas como August. Ele é simplesmente sensacional e ela é uma mulher extremamente forte. Deu para perceber que me encantei pelo casal, né? Rsrs. Iris e August se conhecem num barzinho de um hotel e a conversa dos dois acontece de maneira natural e encantadora, eles acabam conversando sobre assuntos que não assumem para quem conhecem a anos, mas parece que abrir o coração é algo natural entre eles. O problema é que tudo que é bom dura pouco e a noite acaba, e ambos tem que voltar para a vida normal. “Eu fico parado, absorvendo o som de seu nome, absorvendo o olhar