Pular para o conteúdo principal

Harry Potter e o Prisioneiro de Azkaban - Um Livro Para Recordar

Oi Povo, tudo bem?
Hoje vamos falar de Harry Potter e o prisioneiro de Azkaban, livro que sempre foi o favorito entre todos da série e hoje ao reler me lembro porque ele tinha essa posição! Rs. Vamos as comparações? Rs.

- Adolescente -> Lembro claramente os motivos que fizeram desse livro o meu favorito, são eles: Tia Guida virando balão, viajar no Nôitibus Andante, Lupin ser o melhor professor de todos os tempos, Harry ganhar um padrinho, salvar Bicuço e finalmente ganhar a taça de quadribol. O melhor de tudo, o vira tempo e o mapa do maroto, aparecem nesse livro! Existem objetos mais legais? Rs. Resumindo acho que o que fez gostar tanto é que apesar dos pesares, foi um dos livros que nosso trio foi mais feliz.

- Adulta -> Continuei amando esse livro por todos os motivos acima! Rs. Um dos pontos que mais me chamou atenção foi uma conversa de Dumbledore com Harry, onde ele fala que o pai de Harry vive nele, e por isso Pontas reapareceu em forma de patrono. Aí gente tem coisa mais linda do que entender que aqueles que amamos sempre estarão conosco? Outro ponto, que me fez querer chorar foi quando Sirius convida Harry para morar com ele, isso deixou meu coração tão apertado, queria tanto que Harry tivesse tido mais tempo com o seu padrinho.

“- Você acha que os mortos que amamos realmente nos deixam? Você acha que não nos lembramos deles ainda mais claramente em momentos de grande dificuldades? O seu pai vive em você, Harry, e se revela mais claramente quando  você precisa dele. De que outra forma você poderia produzir aquele Patrono? Pontas reapareceu ontem à noite.” 

Ficha Técnica
Título: Harry Potter e o Prisioneiro de Azkaban
Autor: J.K.Rowling
Editora: Rocco
Páginas: 318

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Indomável - Resenha

Oi Povo, tudo bem? Hoje vamos falar de "Indomável", último livro da trilogia "Damas Rebeldes", da autora Julia Quinn, lançado pela Editora Arqueiro. Finalmente cheguei no livro de William Dunford! HAHHAA. Ele aparece nos livros anteriores " Esplêndida " e " Brilhante ", e deixa nós leitores apaixonados e doidos para conhecer ainda mais esse personagem libertino tão charmoso! HAHAHA. Ele fica completamente chocado quando descobre que herdou um título e uma propriedade na Cornualha. Dunford, viaja imediatamente para conhecer a propriedade que ele herdou, o que ele não imaginava é que encontraria uma mulher administrando a propriedade e que ela se tornaria sua responsabilidade junto a herança do título.  "Belle bateu palmas. Que fantástico! Dunford acabara de receber uma herança inesperada. Ela torcia para que fosse algo bom. Uma de suas amigas tinha acabado de herdar, a contragosto, 37 gatos. " Pág: 12. Henrietta Barrett, ou apenas Henry,

Long Shot - Resenha

  Oi Povo, tudo bem? Hoje vamos falar de “Long Shot” primeiro livro da série Hoops, da autora Kennedy Ryan, lançado pela Editora The Gift Box. Esse livro mexeu tanto comigo que demorei meses para me sentir segura em escrever essa resenha. A história de August e Iris, é muito surpreendente, mas isso não significa que ela é leve. Minha xará passa por cada situação que nenhum ser humano deveria passar, mas ainda bem que existem pessoas como August. Ele é simplesmente sensacional e ela é uma mulher extremamente forte. Deu para perceber que me encantei pelo casal, né? Rsrs. Iris e August se conhecem num barzinho de um hotel e a conversa dos dois acontece de maneira natural e encantadora, eles acabam conversando sobre assuntos que não assumem para quem conhecem a anos, mas parece que abrir o coração é algo natural entre eles. O problema é que tudo que é bom dura pouco e a noite acaba, e ambos tem que voltar para a vida normal. “Eu fico parado, absorvendo o som de seu nome, absorvendo o olhar