Pular para o conteúdo principal

Em Outra Vida, Talvez? - Resenha

 


Oi Povo, tudo bem?

Hoje vamos falar “Em Outra Vida, Talvez?”, da autora “Taylor Jenkins Reid” lançado pela Editora Record.  Esse livro veio na caixinha do clube de romance da Carina Rissi, confesso que nunca tinha lido nada da Taylor, porém já tinha ouvido muitos elogio de sua escrita. Gente, eu amei a leitura, esse livro foi, sem sombra de dúvidas, um dos melhores que li esse ano. Ele é extremamente surpreendente e conseguimos acompanhar a mesma história por dois ângulos diferentes. É quase impossível largar o livro, até saber o que vai acontecer no final.

Hannah Martin, tem quase 30 anos, e com o sentimento que nunca encontrou um lugar para chamar de lar. O pior de tudo é que ela não encontrou um rumo na vida, ela literalmente não sabe o que quer da vida e sua vida amorosa se transformou um verdadeiro fiasco. Tentando dar um rumo diferente para sua vida ela resolver se mudar de Nova York para Los Angeles, afinal é a cidade da sua melhor amiga Gabby e onde ela cresceu.

 

“Não tenho a menor ideia do que gostaria de fazer da vida, a menor ideia de qual é o meu propósito, nem sinal de uma objetivo de vida. E, no entanto, o tempo me pegou. Os anos que passei perdendo tempo com vários empregos em diversas cidades se refletem no meu rosto. Eu tenho rugas.” Pág: 21.


Quando chega na cidade Hannah e Gabby marcam de se reunir com um grupo de amigos e matar as saudades. E nesse encontro ela convida Ethan, um antigo namorado.  Tudo está correndo perfeitamente bem, mas Gabby precisa voltar para casa mais cedo e convida Hannah para ir embora, porém Ethan, a convida para ficar com ele até mais tarde.  O que ela irá escolher?


“A vida é longa e repleta de um número infinito de decisões. Preciso acreditar que as pequenas escolhas não importam, que vou acabar onde tenho que acabar independente do que fizer.” Pág: 33.


Nesse momento em diante a leitura fica impossível de largar, afinal querido leitor somos jogados em um mundo paralelo, onde acompanhamos Hannah nos dois cenários e entendemos que a vida pode mudar completamente baseada nas decisões que tomamos. Entendemos que uma decisão pequena pode mudar tudo para o bem ou para o mal. Hannah, cresce tanto no decorrer da leitura que me deixou emocionada. Sem falar que queria uma amiga tão legal quanto a Gabby. Os pais dela também são personagens incríveis que ajudam Hannah em todos os momentos. O livro é extremamente sensacional e vou deixar alguns quotes que amei aqui em baixo.


“- É verdade, ele podia simplesmente dizer: “Talvez uma enfermeira não cure o paciente, mas certamente faz com que ele se sinta melhor.”” Pág: 209.


Um quote extremamente verdadeiro! Meus pais trabalharam com enfermagem a vida toda e tenho certeza absoluta que eles ajudaram muitos pacientes a se sentirem melhor.


“Não importa se não tivemos a intenção de fazer o que fizemos. Não importa se foi um acidente ou um erro. Muito menos se acreditamos que isso tudo seja obra do destino. Porque, independentemente dele, ainda temos de responder pelos nossos atos. Fazemos escolhas, grandes e pequenas, todos os dias das nossas vidas, e essas escolhas têm consequências.” Pág: 262.


Avaliação:
Ficha Técnica
 Título: Em Outra Vida, Talvez?
Autor: 
Taylor Jenkins Reid
Páginas: 320 
Editora: Record

Comentários

  1. Olá, tudo bem?

    Tenho acompanhado seu blog há algum tempo e recentemente fiz uma lista de blogs literários ativos em 2020, que está disponivel na Pousada Nerd. Coloquei seu blog na lista como ele aparentemente está ativo.

    Estou pensando em criar uma iniciativa para realizar sorteios e estimular os comentários nos blogs participantes, se tiver interesse, diga um oi no nosso site. Estarei acompanhando seu trabalho.

    Um abraço

    Marcos Mariano/Pousada Nerd

    https://www.pousadanerd.com/174-blogs-literarios-para-buscar-parcerias/

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Indomável - Resenha

Oi Povo, tudo bem? Hoje vamos falar de "Indomável", último livro da trilogia "Damas Rebeldes", da autora Julia Quinn, lançado pela Editora Arqueiro. Finalmente cheguei no livro de William Dunford! HAHHAA. Ele aparece nos livros anteriores " Esplêndida " e " Brilhante ", e deixa nós leitores apaixonados e doidos para conhecer ainda mais esse personagem libertino tão charmoso! HAHAHA. Ele fica completamente chocado quando descobre que herdou um título e uma propriedade na Cornualha. Dunford, viaja imediatamente para conhecer a propriedade que ele herdou, o que ele não imaginava é que encontraria uma mulher administrando a propriedade e que ela se tornaria sua responsabilidade junto a herança do título.  "Belle bateu palmas. Que fantástico! Dunford acabara de receber uma herança inesperada. Ela torcia para que fosse algo bom. Uma de suas amigas tinha acabado de herdar, a contragosto, 37 gatos. " Pág: 12. Henrietta Barrett, ou apenas Henry,

Long Shot - Resenha

  Oi Povo, tudo bem? Hoje vamos falar de “Long Shot” primeiro livro da série Hoops, da autora Kennedy Ryan, lançado pela Editora The Gift Box. Esse livro mexeu tanto comigo que demorei meses para me sentir segura em escrever essa resenha. A história de August e Iris, é muito surpreendente, mas isso não significa que ela é leve. Minha xará passa por cada situação que nenhum ser humano deveria passar, mas ainda bem que existem pessoas como August. Ele é simplesmente sensacional e ela é uma mulher extremamente forte. Deu para perceber que me encantei pelo casal, né? Rsrs. Iris e August se conhecem num barzinho de um hotel e a conversa dos dois acontece de maneira natural e encantadora, eles acabam conversando sobre assuntos que não assumem para quem conhecem a anos, mas parece que abrir o coração é algo natural entre eles. O problema é que tudo que é bom dura pouco e a noite acaba, e ambos tem que voltar para a vida normal. “Eu fico parado, absorvendo o som de seu nome, absorvendo o olhar