Pular para o conteúdo principal

Aliados - Filme

Oi pessoal! Tudo certinho?

Como vocês sabem as Fadas Literárias fazem parte do grupo Aliança de Blogueiros, e foi através dessa parceria que tivemos a oportunidade de ir na cabine de imprensa do filme Aliados com direção de  Robert Zemeckis, que tem no seu currículo longas aclamadíssimos tais como: Forrest Gump, Náufrago e O Voo.
Exatamente por essa extensa bagagem que essa estreia tem sido tão esperada, e vem gerando tamanha expectativa, ainda mais por trazer no elenco nomes de peso como protagonistas: Brad Pitt e Marion Cotillard.
Aliados é ambientada na 2º Guerra Mundial e retrata a trajetória de dois espiões Max Vatan (Brad Pitt) e Marianne Beausejour (Marion Cotillard) que se unem para eliminar um embaixador nazista em Casablanca, no Marrocos, ambos teriam que encenar um casal apaixonado para então conseguir se infiltrar na organização e executar o planos. Porém, durante a missão, a ficção se transforma numa paixão arrebatadora entre eles, que após esse período se casam e mais tarde ganham uma filha.
Apesar do período de guerra e todo o conflito ao redor da família recém formada, tudo parecia estar indo bem, até que Max é informado da possibilidade de Marianne ser uma infiltrada alemã, em busca de informações da inteligência inglesa, na qual Max ainda trabalha durante a guerra.
Além da excelente direção, figurino e fotografia excepcionais, o filme possui um roteiro coeso, um pouco longo, mas bem claro e com tom épico, o mesmo foi escrito por Steven Knight (Pegando fogo). Eu (Priscila) sou suspeita em falar, pois na semana da cabine, graças em parte a minha insônia, coincidentemente fiz uma maratona de filmes com essa temática da Segunda Guerra mundial e estava muito envolvida com as abordagens dramáticas que vi retratados e quando descobri - isso mesmo minha gente, só descobri no cinema a temática e fiquei bastante contente e feliz no conjunto da obra.

De certo ao se conectar com a trama do filme, é possível notar a grandeza apresentada e o quanto a história é maravilhosa, tocante e surpreendente. Não sei se foi impressão minha, mas Brad irresistível Pitt (Babel) e Marion Cotillard (A Origem) desempenham super bem o papel e conquistam o espectador quando se apresentarem como um casal apaixonados, tanto pela intensa química que não passa despercebida, seja pelos olhares apaixonados ou as cenas únicas de plena interação. Sinceramente quando assisti até pensei que seria um dos fortes candidatos a uma indicação ao Oscar, não só pelas atuações, mas também pelo conjunto em sintonia que inclui ainda trilha sonora enriquecedora daquela época. E não foi nenhuma surpresa justamente receber a indicação ao Oscar 2017 por parte de seu figurino, totalmente deslumbrante.

Assim, Aliados por mais que possa parecer ser um tema que já foi por muito ilustrado, apresenta uma história incrivelmente comovente, e nos faz pensar em como a humanidade segue travando séculos de Guerras catastróficas, imensamente destrutivas e não aprendem nenhuma lição.  Ao longo dos anos só consegue repetir os erros do passado e afundar o planeta ainda mais para o caos e terror ao invés de buscar o caminho da paz absoluta.
Dou-lhes um conselho cinéfilos e adeptos, assistam ao filme, sejam tocados tão profundamente como fui, vivenciem esse marco histórico tão trágico e preparem uma caixa bem grandona de lenços, pois vão precisar. Bom filme!

Ficha Técnica:

Data de lançamento: 16 de fevereiro de 2017 (Brasil)
Duração: 2h 05min
Direção: Robert Zemeckis
Gêneros: Suspense, Romance, Histórico
Nacionalidade: EUA
Título original: Allied
Roteiro: Steven Knight
Classificação etária: 14 anos
Distribuidor: Paramount Pictures
Nota: 8.5, três estrelas e meia
Elenco: Brad Pitt, Marion Cotillard, Lizzy Caplan, Jared Harris, entre outros.







Trailer:

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Indomável - Resenha

Oi Povo, tudo bem? Hoje vamos falar de "Indomável", último livro da trilogia "Damas Rebeldes", da autora Julia Quinn, lançado pela Editora Arqueiro. Finalmente cheguei no livro de William Dunford! HAHHAA. Ele aparece nos livros anteriores " Esplêndida " e " Brilhante ", e deixa nós leitores apaixonados e doidos para conhecer ainda mais esse personagem libertino tão charmoso! HAHAHA. Ele fica completamente chocado quando descobre que herdou um título e uma propriedade na Cornualha. Dunford, viaja imediatamente para conhecer a propriedade que ele herdou, o que ele não imaginava é que encontraria uma mulher administrando a propriedade e que ela se tornaria sua responsabilidade junto a herança do título.  "Belle bateu palmas. Que fantástico! Dunford acabara de receber uma herança inesperada. Ela torcia para que fosse algo bom. Uma de suas amigas tinha acabado de herdar, a contragosto, 37 gatos. " Pág: 12. Henrietta Barrett, ou apenas Henry,

Eleanor & Grey - Resenha

Oi Povo, tudo bem? Todo mundo que acompanha o blog sabe que sou mega fã de Brittainy C. Cherry, então quando vi que a caixa do “clube da Carina Rissi” vinha com o livro “Eleanor & Grey" e os marcadores de todos os livros da autora lançado aqui no Brasil, fiquei LOUCA. Graças ao bons Deuses dos livros, a Editora disponibiliza a caixa de maneira avulsa e consegui comprar essa lindeza! Rsrs. Sabe aquele tipo de livro que quando você termina, seus pensamentos são: “Obrigada Deus por eu amar ler! Obrigada por livros assim! Que lição de vida! Que autora maravilhosa!!". Quando terminei mandei uma foto da minha cara inchada de tanto chorar para Helyssa (voocomlivro) e Anastacia (notasliterarias_), falando que não estava sabendo lidar com tantos sentimentos. Eleanor, é uma adolescente que ama ler, não é muito social e ainda usa aparelho nos dentes, essa junção é o bastante para chamarem ela de esquisita ou sorriso metálico. Ela nem liga muito para esses comentários, Eleano