Pular para o conteúdo principal

One Man Guy - Resenha

Oi pessoal! Tudo certinho?

Como vocês sabem as Fadas Literárias fazem parte do grupo Aliança de Blogueiros RJ, e com essa parceria surgiu a oportunidade de eu (Priscila) conhecer o livro One Man Guy  cedido pela editora LeYa do autor Michael Barakiva.

 One Man Guy é um romance LGBT sobre dois garotos totalmente diferentes que apesar de frequentarem a mesma escola, não se falavam e mal se esbarravam no dia a dia, já que não faziam parte do mesmo grupo, fato muito comum no High school americano. Além disso, ambos mesmo sendo americanos pertencem a culturas e criação totalmente diferentes, são de dois mundos opostos.
Assim, temos Ethan um skatista livre que faz o que lhe convir e que é tudo o que Alek mais tímido e contido gostaria de ser: confiante, descolado, irreverente e que têm vários amigos, já Alek é um menino de 14 anos que tem apenas uma única amiga chamada Becky, e por ter descendência cultural de outro país, convive com sua família intensamente rígida aos costumes e toda a comunidade armênia.

Mesmo com todo distanciamento, os destinos de Ethan e Alek se cruzam inesperadamente quando ambos precisam frequentar um mesmo curso de férias de verão. No qual, Ethan o repetente precisa das notas para poder avançar e passar de ano letivo e Alek mesmo sendo um bom aluno e tendo notas excelentes é obrigado pelos pais para assim entrar nas aulas avançadas, mas desse encontro diário começa a crescer um lindo sentimento que Alek até então não compreende muito bem e que irá descobrir ser muito mais que amizade.
De certa maneira,tudo muda ainda mais quando um dia  Ethan convence Alek a matar aula, se aventurar por aí quase sem nenhum dinheiro e também ir a um show de Rufus Wainwright no Central Park, em Nova York. Logo Alek embarca em sua primeira aventura na cidade que tanto admira e ao lado de uma pessoa que esta aos poucos ocupando seus pensamentos e coração.

 Desta forma, Alek se vê totalmente fora de sua existência no subúrbio de Nova Jersey e da proteção de sua família. E ele não consegue acreditar que um cara tão legal, consideravelmente bonito e popular quer ser seu amigo ou até algo a mais.
Esse livro narra uma história romântica extremamente linda, encantadora, fora do convencional, muito comovente e engraçada. Parece que foi feita especialmente para aquelas pessoas que não gostam tanto assim do tradicional e que adoram acompanhar o nascimento de uma paixão com um toque de auto descobrimento, acompanhando o cotidiano das pessoas quando incrivelmente elas resolvem enfim saírem de suas zonas limitadas de conforto e ajudar o outro a ver o mundo e até a si mesmo com uma perspectiva diferente.
Dou-lhes essa dica corram para ler esse livro divertido, com uma história linda e fofa, com muitos obstáculos e barreiras, mas de maneira alguma limitada. Boa leitura!



Avaliação:                                                                                                                 Ficha Técnica:

Título:  One Man Guy
Autor: Michael Barakiva

Gênero: Romance LGBT
Número de páginas:272
 Formato: Físico
Editora:  LeYa
Ano: 2015

Comentários

  1. O livro tem um tema que está sendo muito discutido atualmente e que apesar que não ser o tipo de leitura que eu estou acostumada a ler, mas fiica claro durante a leitura a construção gradativa do romance único.
    Bianca Andrade
    Além de 50 Tons: https://almde50tons.wordpress.com/

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Eleanor & Grey - Resenha

Oi Povo, tudo bem? Todo mundo que acompanha o blog sabe que sou mega fã de Brittainy C. Cherry, então quando vi que a caixa do “clube da Carina Rissi” vinha com o livro “Eleanor & Grey" e os marcadores de todos os livros da autora lançado aqui no Brasil, fiquei LOUCA. Graças ao bons Deuses dos livros, a Editora disponibiliza a caixa de maneira avulsa e consegui comprar essa lindeza! Rsrs. Sabe aquele tipo de livro que quando você termina, seus pensamentos são: “Obrigada Deus por eu amar ler! Obrigada por livros assim! Que lição de vida! Que autora maravilhosa!!". Quando terminei mandei uma foto da minha cara inchada de tanto chorar para Helyssa (voocomlivro) e Anastacia (notasliterarias_), falando que não estava sabendo lidar com tantos sentimentos. Eleanor, é uma adolescente que ama ler, não é muito social e ainda usa aparelho nos dentes, essa junção é o bastante para chamarem ela de esquisita ou sorriso metálico. Ela nem liga muito para esses comentários, Eleano

Talvez Agora - Resenha

  Oi Povo, tudo bem? Hoje vamos falar de "Talvez Agora”, que é continuação de "Talvez um dia” de Colleen Hoover lançado no ano passado pela Galera Record. Sou muito fã da autora e quando terminei “Talvez um dia”  fiquei sem saber o que fazer da vida porque eu não estava acreditando que a história terminava daquela maneira. Fiquei tão revoltada que comprei “Talvez Agora” no lançamento, mas levei meses para criar coragem e voltar para aquele universo. Vocês também são assim? HAHAHA. Espero sinceramente não ser a única!! HAHAHA. Ridge e Sydney, depois de tanto tempo, estão namorando. Sydney finalmente se sentiu segura para começar algo mais com Ridge. Ele por sua vez parece estar nas nuvens porque finalmente eles poderão viver um amor sem culpa e do jeito que sempre sonharam. Porém, isso não significa que tudo vai ocorrer nas mil maravilhas, afinal Ridge e Warren são as únicas pessoas no mundo que Maggie pode contar, e esse detalhe pode mudar tudo.  Maggie sabe que tem fibrose c