31 de março de 2017

Pensamentos que Ajudam - Resenha

Oi gente, sabe quando você ganha um livro e lê sobre algo ou alguma passagem e pensa: Eu precisava ler isso. Foi assim que me senti ao ler esse livro. O fadas ganhou esse livro da Editora Intelítera, graças ao evento realizado para a Aliança de Blogueiros RJ, e ficou em minhas mãos a missão de ler e resenhar. Só tenho que dizer que foi providencial rs

Acho que a primeira a coisa a se falar é sobre o autor José Carlos de Lucca, que para quem não conhece, escreve livros voltados para a espiritualidade e já realizou mais de 2.500 palestras voltadas para o potencial desenvolvimento espiritual do ser humano. Apesar disso, esse livro não fala em religião. Fala sobre a reflexão de nossas ideias, nossas atitudes. Como tentarmos não cobrar tanto de nós e sermos mais leves.



“Um dos principais caminhos para se ter uma autoestima adequada é desenvolver a capacidade de aceitação de si mesmo.”

Não acho que só por uma questão de maturidade, mas sim de momento de vida de cada um sempre temos aquele momento que achamos que não temos, ou o que fazemos não é o suficiente. Que devemos tentar mais, fazer melhor, mais rápido ou que o do outro é melhor e nunca estamos satisfeitos. Até onde isso é saudável, correto, factível? São esses pensamentos que o livro nos trás, e nos faz refletir.

“O sucesso, via de regra, vem embalado em um kit. Dentro dele estão as coisas que você ama fazer, (...) também aquelas outras coisas de que você não gosta e que não lhe dão satisfação.”

O livro é uma coletânea de textos que não precisam ser lidos de uma vez, a revisão está muito bem feita, espaçamento e fontes estão confortáveis para a leitura e com páginas amareladas.O trabalho na edição está impecável e ainda veio com marcador (adoro marcadores). Cada capítulo inicia com uma pequena citação de autores diferentes e dá vontade de fazer bilhetes e espalhar pela casa.

“ Desesperar Jamais
Aprendemos muito nesses anos
Afinal de contas não tem cabimento
Entregar o jogo no primeiro tempo
Nada de correr na raia
Nada de morrer na praia
Nada, nada! Nada de esquecer…”
                  (Trecho da Canção “Desesperar Jamais”)

Imagino que seja um livro que muitos possam não querer por causa da religião, mas esse não é o foco. Amo a ideia de ter esse livro na minha estante e em algum momento poder abrir em uma página aleatória apenas para ler um dos textos e esperar que ele seja aquilo que preciso naquele momento. Recomendo a leitura e como presente para alguém.

Os textos que mais gostei foi “Recupere o Fôlego” e “Escalar a Montanha”, podem parecer contrários, mas eram o que eu precisava nesse momento. Que parar não é errado, as vezes precisamos nos recuperar e na verdade podemos fazer isso e junto com esse pensamento também veio o de escalar uma montanha, não é uma missão fácil, requer paradas, recuperar o fôlego e ver aonde queremos chegar e continuar nossa caminhada com um objetivo em frente.

Não foi fácil falar sobre esse livro, pois mexeu bastante com pensamentos e sentimentos meus. Então acho que o objetivo foi atingido rs. Espero ter conseguido passar um pouquinho do que senti lendo e mais pessoas possam se interessar na leitura sem os preconceitos iniciais.

Avaliação:
Ficha Técnica
Título: Pensamentos que Ajudam
Autor: Jose Carlos de Lucca
Editora: Intelítera
Páginas: 249

9 comentários:

  1. Que diferente... Ainda não tinha tido a oportunidade e ler uma resenha de livro do gênero, e foi muito interessante. A premissa do livro é bem cativante e desejo ter a oportunidade de lê-lo em breve. Obrigada pela indicação e parabéns pela resenha!
    Bjs, até mais!

    http://lovereadmybooks.blogspot.com.br/?m=0

    ResponderExcluir
  2. Faz um tempo que não leio um livro assim, mais reflexivo e que de certa maneira, nos incomode e nos faça questionar a nossa vida. Eu não conhecia este aqui e já estou colocando na lista de desejos porque acho que será uma leitura bem pertinente.
    MEU AMOR PELOS LIVROS
    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Ola
    Adorei poder conferir suas impressões a respeito, por mais que seja um gênero ao qual eu não me identifique. Ainda assim, acho muito válido fazer essa leitura em alguns momentos, ainda mais por conta das reflexões, e como pude perceber, deve mesmo ser marcante diante das emoções relacionadas. Obrifada pela dica, gostaria de conferir sim!
    Beijos, F

    ResponderExcluir
  4. Olá!
    Apesar de você falar que o foco do livro não é a religião, eu ainda não o leria por causa disso mesmo. Pode não ser o foco, mas com certeza está nas entrelinhas e algumas coisas simplesmente não me descem. Adorei a sua resenha, mas deixo essa dica passar.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  5. Oie,
    Eu nunca ouvi falar desse livro nem nada, mas parece ser uma obra que ajuda muito naqueles momentos em que não está fácil né?
    Adorei a sua percepção sobre a leitura dele e tudo o que pode absorver do mesmo.
    Embora não seja o meu gênero e nem hábito de leitura.
    Parabéns pela resenha e pelo blog <3

    ResponderExcluir
  6. Olá!
    Às vezes a gente se surpreende com livros que muitas vezes ignoramos por puro preconceito. Estamos tão acostumados a ler um único tipo de obra que não abrimos as portas para outros gêneros. Mas, como você mesmo disse, foi providencia... Precisamos nos desapegar dos generos literários e expandir, tem cada joia rara escondidas entre as prateleiras de uma livraria. Livros que nos faz refletir e nos faz bem, são sempre bem vindos.
    Que bom que apreciou a leitura.
    Abs
    Nizete
    Cia do Leitor

    ResponderExcluir
  7. Olá, Helyssa

    Eu não leria o livro porque não gosto do gênero, não é por questão de religião. Comigo essa coisa de ler algo e me sentir bem com aquilo no sentido de me ajudar a encarar fatos e situações não funciona. Quando preciso de algum conselho, de uma palavra de apoio, prefiro conversar com alguém que me conheça, e não ler as palavras de um estranho.
    Mas para quem curte e absorve coisas boas de livros assim é uma boa pedida.

    Beijo

    ResponderExcluir
  8. Oi,

    Eu adoro livros que não precisam ser lidos em ordem cronológica ou de uma vez. Amo textos e crônicas, então adorei saber da existência dessa obra. Sua resenha está maravilhosa e com certeza me instigou a conhecer melhor o livro. :D

    bjs

    ResponderExcluir
  9. O tema do livro me interessa bastante, é uma leitura reflexiva que preciso. Não conhecia o livro, mas foi bom saber que existe
    www.belapsicose.com

    ResponderExcluir

author
Se você: Cheira livros, se apaixona por personagens, sofre com eles como se fosse alguém da sua família, corre atrás de autógrafos, viaja para outro estado para participar da Bienal do Livro, adora um sebo, procura por eventos literários, entra na livraria para dar um livro de presente e sai com dois para você, então você está no lugar certo!