Pular para o conteúdo principal

HaperCollins Brasil #PorqueEuLeio #HC200

Oi Povo, tudo bem?

A HaperCollins está completando duzentos anos e para comemorar lançou a campanha #PorqueEuLeio para incentivar cada vez mais a leitura e o Fadas Literárias não poderia ficar fora disso!! Rsrs

Iris
Leio porque...
 
- A leitura me faz viver diversas vidas, afinal viver só a minha vida não seria o bastante.
- Amo viajar sem sair do lugar, quem disse que já não estive em Londres de 1800? Rsrs
- O amor pelo livro me torna cada dia mais humana, me tornando assim uma pessoa melhor.
- Não consigo imaginar a minha vida sem a leitura porque ela seria tão sem graça que não vale a pena imaginar.

Anne
Leio porque...

- Aprendo algo novo com cada personagem, muitos me fizeram refletir e olhar a situação pelos olhos do outro.
- Independente do gênero, cada livro me ensinou lições para a vida.
- Em momentos de tristeza, eles me fizeram sorrir.
- Com eles posso viajar no tempo e espaço, para mundos nunca vistos e viver grandes aventuras
- Livros me permitem reviver grandes momentos e grandes histórias, sem depender da minha péssima memória rsrs

Miguel
Leio porque...
- Há muito mais do que simples palavras entre os capítulos de um livro. Há aventura, magia, fantasia… e mais outras coisas que muitas vezes nos faltam na vida cotidiana, seja por não ter tempo ou vontade, por falta de recursos e até mesmo de oportunidades.
- Esse mundo real não é suficiente, preciso de outros universos além do nosso.
- Passar o tempo com os livros, muitas vezes é melhor do que conviver com as pessoas, nesses dias de tanta falta de humanidade em que vivemos hoje.
- Existem livros que são capazes de mudar nossos conceitos sobre coisas da vida e muitas vezes nos tornar pessoas melhores.
- Os livros são uma âncora que muitas vezes nos lembram de que somos humanos e não robôs perdidos em meio à tecnologia do século XXI.
- Como já dizia Montaigne, “os livros são as melhores provisões que encontrei para esta humana viagem.”

Convidamos os blogs abaixo para participarem dessa campanha diva:

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Eleanor & Grey - Resenha

Oi Povo, tudo bem? Todo mundo que acompanha o blog sabe que sou mega fã de Brittainy C. Cherry, então quando vi que a caixa do “clube da Carina Rissi” vinha com o livro “Eleanor & Grey" e os marcadores de todos os livros da autora lançado aqui no Brasil, fiquei LOUCA. Graças ao bons Deuses dos livros, a Editora disponibiliza a caixa de maneira avulsa e consegui comprar essa lindeza! Rsrs. Sabe aquele tipo de livro que quando você termina, seus pensamentos são: “Obrigada Deus por eu amar ler! Obrigada por livros assim! Que lição de vida! Que autora maravilhosa!!". Quando terminei mandei uma foto da minha cara inchada de tanto chorar para Helyssa (voocomlivro) e Anastacia (notasliterarias_), falando que não estava sabendo lidar com tantos sentimentos. Eleanor, é uma adolescente que ama ler, não é muito social e ainda usa aparelho nos dentes, essa junção é o bastante para chamarem ela de esquisita ou sorriso metálico. Ela nem liga muito para esses comentários, Eleano

Long Shot - Resenha

  Oi Povo, tudo bem? Hoje vamos falar de “Long Shot” primeiro livro da série Hoops, da autora Kennedy Ryan, lançado pela Editora The Gift Box. Esse livro mexeu tanto comigo que demorei meses para me sentir segura em escrever essa resenha. A história de August e Iris, é muito surpreendente, mas isso não significa que ela é leve. Minha xará passa por cada situação que nenhum ser humano deveria passar, mas ainda bem que existem pessoas como August. Ele é simplesmente sensacional e ela é uma mulher extremamente forte. Deu para perceber que me encantei pelo casal, né? Rsrs. Iris e August se conhecem num barzinho de um hotel e a conversa dos dois acontece de maneira natural e encantadora, eles acabam conversando sobre assuntos que não assumem para quem conhecem a anos, mas parece que abrir o coração é algo natural entre eles. O problema é que tudo que é bom dura pouco e a noite acaba, e ambos tem que voltar para a vida normal. “Eu fico parado, absorvendo o som de seu nome, absorvendo o olhar