O ar que ele respira - Resenha

15 Comentários A+ a-

Oi Povo, tudo bem?
Hoje vamos falar de um livro que me deixou com vontade de respirar “O Ar que ele respira”!! Rsrs Brincadeiras à parte, sinceramente não sei como descrever todos os sentimentos que esse livro me causou, mas juro que vou tentar fazer uma resenha à altura.

No começo do livro, Elizabeth, ou Liz, conta como sua mãe ficou destruída com a morte de seu pai, e que nunca conseguiu superar. Ela lê as cartas que eles trocavam um com o outro, todos os dias, e não acredita como a mãe teve coragem de jogá-las fora. Seu maior medo é de terminar igual a ela, contudo ela entende completamente como é estar perdida e sozinha.

“Nenhuma alma gêmea deixa esse mundo sozinha. Ela sempre leva consigo um pedaço de sua outra metade.” Pág: 13.
Liz perdeu seu marido, Steven, há exatamente um ano e ainda não tem noção de como é respirar sem ele, mas precisa aprender, pois sua filha Emma tem apenas cinco anos e precisa dela. Ela “fugiu” com Emma para casa da mãe, pois não sabia como lidar com as lembranças que sua casa trazia. Mas, era a hora de voltar e retomar o rumo da sua vida.

Ao chegar em Meadows Creek, acaba atropelando um cachorro e corre para prestar socorro. Liz dá de cara com o dono dele, Tristan, que fica irado com ela, no entanto aceita a sua ajuda para levar o animal à clínica veterinária. Graças aos céus, tudo fica bem com o cãozinho e mesmo assim Tristan não esboça nenhuma reação de perdoá-la.

Com o decorrer dos dias, Liz descobre que é vizinha de Tristan e fica curiosa porque ele é tão grosso com todo mundo. Ele simplesmente espanta com uma grosseria sem tamanho todas as pessoas a sua volta. Tristan é um cara destruído que se tornou um “monstro” para as pessoas da cidade, já que  afasta as pessoas porque simplesmente não tem mais coração. Um dia ele teve um coração e tinha uma linda família, com sua esposa Jamie e seu filho Charlie, mas quando eles se foram, simplesmente perdeu tudo o que importava em sua vida.

Calma!!! Isso não é spoiler!!!

“Às vezes, a pior parte de existir sem a pessoa que amamos é ter que se lembrar de respirar.” Pág: 104.
Depois de muitas coisas, eles acabam se relacionando e descobrindo que ambos sentem a mesma dor, solidão e destruição.

“Como duas pessoas tão imperfeitas, tão devastadas conseguiriam estabelecer uma ligação?” Pág: 120.
Quando Liz se aproxima de Tristan, todos da cidade comentam como se fosse um grande escândalo, afinal como pode alguém que acabou de perder o marido se relacionar novamente tão rápido?

Sua melhor amiga, Faye, fica extremamente preocupada, mas seu amigo Tanner é totalmente contra essa amizade. Já ela, confia que Tristan é uma pessoa muito melhor do que deixa transparecer. Sua filha Emma adora ele e seu cachorro Zeus.

Com o passar do livro começamos a perceber que o relacionamento deles começa a se tornar mais sério, e aí muitas reviravoltas ocorrem e não posso contar mais nada!! Rsrs Só tenho que falar que o final é mega surpreendente!!! #segredo

O livro nos faz refletir sobre como a vida é frágil e que lidar com a morte de pessoas que amamos não é nada fácil. Nos mostra que as pessoas julgam sem nem ao menos tentar entender o motivo daquelas ações.

“Abrace-a com força todos os dias e todas as noites, porque não sabemos o dia de amanhã. Eu só queria tê-los abraçado mais uma vez.” Pág: 104.
Para finalizar preciso comentar: Quando li Sr.Daniels, achei ele muito bom, mas Brittainy conseguiu se superar em “O ar que ele respira”. Simplesmente virei muito fã dela!!

SUPER DICA!!!


O Fadas agora é parceiro do site Cupom Válido, lá podemos encontrar cupons de descontos de diversas lojas, então aproveite a dica do livro e do cupom e corra para comprar “O Ar que ele respira”!!

Avaliação:


Ficha Técnica:
Título: O ar que ele respira
Autor: Brittainy C. Cherry
Editora: Record
Páginas: 308

Eu sou a Iris, não sou a deusa greco/romana das mensagens, mas bem que eu gostaria! Sou pós-graduada em Análise de Sistemas. Adoro minha profissão e tudo que é relacionado a tecnologia, mas meus grandes amores são meus livros e meu super cão Bethoven - O Magnífico. Acho, sinceramente, que a vida não teria graça sem livros. Afinal, viver uma só vida não me bastaria. Não posso esquecer de dizer que adoro uma boa conversa, principalmente se tiver livros no assunto.

15 comentários

comentários
22 de junho de 2017 07:32 delete

Oi Iris!
Eu conheci a Brittainy quando essa esteve no Brasil para o lançamento do Mr. Daniels. Confesso que não fui com a cara dela, achei-a muito tati bi tati, hehehehe. E acho que por isso não li Mr. Daniels (puro preconceito, reconheço). Mas ouvi falar maravilhas do O Ar que Ele Respira, apesar de ainda não conseguir ler nada a respeito de perdas humanitárias (problemas pessoais) mas com certeza assim que eu estiver preparada para encarar esse assunto esse é o livro que encabeça minha listinha. Amei sua resenha. Bjus

Responder
avatar
LiteraKaos
Autor
23 de junho de 2017 07:40 delete

Gente, só dá pra suspirar ao lembrar desse livro....
Sua resenha está incrível e eu estou aqui com saudade desse livro e ansiosa pelos demais...
Sem palavras para expressar o quão maravilhoso esse livro é!
Parabéns pela resenha e obrigado por me fazer relembrar dessa leitura tão gostosa!! <3

#Ana Souza
https://literakaos.wordpress.com/

Responder
avatar
Leticia Golz
Autor
23 de junho de 2017 07:48 delete

Oi, tudo bem?
Você não foi a única que se sentiu tão mexida com esse livro. Fico contente que tenha aprovado tanto. Eu ainda não li mas morro d curiosidade. Gosto de leituras reflexivas e que sempre acrescentam algo.

Livros, vamos devorá-los

Responder
avatar
23 de junho de 2017 09:50 delete

Oi, tudo bem?
A Brittainy arrasa mesmo! Amo de paixão os livros dela!
Li O Ar Que Ele Respira ano passado e foi uma das melhores leituras do ano!
Bjs

Responder
avatar
24 de junho de 2017 12:08 delete

olá! Estou louca para ler esse livro! É uma premissa linda e sei que vou amar. A história é triste, mas parece ser envolvente. Nunca li um livro da autora, só de ler a resenha já fiquei suspirando aqui, beijos!

Responder
avatar
24 de junho de 2017 13:56 delete

Oi, Iris! Nunca li nenhum livro dessa autora, mas tenho muita vontade de conferir a sua escrita. Amei a sua resenha, e tanto a história da Liz quanto do Tristan me comoveram bastante. Não consigo nem imaginar o quão difícil é para os dois seguirem em frente e entendo totalmente o Tristan. Estou super curiosa para ler essa história emocionante e espero que eles consigam enfrentar tudo juntos. Obrigada pela dica, bjss!

Responder
avatar
Marijleite
Autor
24 de junho de 2017 14:01 delete

Olá, mesmo com sua resenha super positiva eu ainda fico meio em dúvida se leio esse livro ou não, pois já li alguns comentários que diziam que o mocinho passa do limite na grosseria, mas como gosto muito de romances, é provável que em breve eu leia sim "O ar que ele respira".

Responder
avatar
Yohanna Lira
Autor
25 de junho de 2017 04:15 delete

Eu sou apaixonada por essa autora. Ela é incrível, sua escrita é tão maravilhosa! Quando li esse livro me acabei de chorar. É um dos meus favoritos! Beijos :*

Responder
avatar
26 de junho de 2017 08:45 delete

Heiii, tudo bem?
Eu adoro a escrita da autora, mas realemte em “O ar que ele respira” que se superou.
Achei mto linda a historia dos dois, apesar de no inicio ficarem por motivos egoistas. Mas ninguem mentiu pra ninguem e foi tudo as claras, por isso o livro deixou um sentimento bom qdo os dois se acertam.
Amei demais e foi otimo relembrar a história aqui.
Beijos.

Livros e SushiFacebookInstagramTwitter

Responder
avatar
26 de junho de 2017 15:31 delete

Olá!

Já li várias resenhas desse livro e o mesmo não me atrai, Não consigo me sentir compelida a ler ou colocar a obra na minha lista. A estória parece muito envolvente, afinal, é sobre amar novamente, mas mesmo com todas essas colocações não me envolve. Beijos!

Responder
avatar
26 de junho de 2017 16:33 delete

Olá! Este livro é maravilhoso e emocionante. Foi uma das melhores leituras que fiz no ano passado. Ele consegue nos conduzir por uma jornada que não é fácil e sem cair na tentação da solução milagrosa. Gostei muito. Quero encontrar tempo para ler logo o próximo da série. Abraços!

Responder
avatar
26 de junho de 2017 17:07 delete

Olá, tudo bem? Serei eternamente suspeita em falar de Brittainy C. Cherry afinal sou fã de tudo que essa mulher escreve, então O Que Ele Respira é um dos meus livros favoritos. Já quero ter a série toda porque só vejo elogios que melhora mais para frente. Ótima resenha!
Beijos,
diariasleituras.blogspot.com.br

Responder
avatar
27 de junho de 2017 11:17 delete

Ah! Meus sais!!!!
Mais uma apaixonada por esse livro e eu ainda não criei vergonha na cara pra ler.
Estou super curiosa para conhecer a escrita da autora, mas ainda não tive oportunidade de adquirir e ler, sua resenha agora só meu deixou ainda mais ansiosa... rs
Fico feliz em saber que as pessoas tem curtido a série, inicialmente eu me senti mt atraida pela capa, mas tive medo de ler... depois, com as resenhas que fui encontrando por aí, a vontade foi crescendo. Espero poder fazer a leitura em breve.

Raíssa Nantes

Responder
avatar
Karla Samira
Autor
28 de junho de 2017 08:29 delete

Olá! Adorei a sua resenha e quero muito ler o livro, bem como o outro dela, "Sr. Daniels". Amo histórias de amor que começam com dois personagens que a princípio não parecem que vão ficar juntos! Aposto que o relacionamento dos dois se desenvolve de uma maneira deliciosa de se ler e eu quero muito saber como o livro acaba, porque pelo que você conta, o final é mesmo "bombástico"!!!
Beijos!
Karla Samira
http://pacoteliterario.blogspot.com.br/

Responder
avatar
30 de junho de 2017 05:57 delete

Oi!!
Já li muitos comentários positivos sobre esse livro, mas não sei porque não me sinto tentada em ler, a colaboradora do blog leu e ela me disse que a história é triste, mas que ela gostou muito, acho que é por isso que não quero ler.
Beijão!

Responder
avatar