9 de julho de 2017

Games que viraram livros

É muito comum, no universo masculino, que os videogames tenham muito mais relevância do que os livros. É game over certo pra literatura, num K.O. quase perfect! Com certeza existem muitas garotas que também jogam videogame, porém, entre as meninas, os livros já costumam ser bem mais populares desde sempre.

Eu como bom geek sou viciado em videogame e também em livros. Por isso, hoje eu venho trazer algumas dicas de games que viraram livros, pra você que talvez queira dar uma engrenada na leitura e normalmente é vencido pelos consoles, ou quem sabe porque os outros tipos de narrativas não te prendem a atenção. Pausa a partida aí e vem comigo!

Primeiramente eu preciso falar da franquia Assassin’s Creed. Uma das maiores séries de games com livros publicados. Se você está mais acostumado com outro tipo de leitura, é bem provável que se incomode um pouco com a narrativa de AC, que é um tanto sistemática, assim como um game. Ela é estruturada para narrar cada cena da história do jogo. Agora, se você já é mais acostumado com os videogames, tenho certeza que vai gostar e até mesmo conseguir imaginar as cenas! Pra melhorar o marketing, a editora Record investiu bastante e há boxes, kits com latas, camisas e mais outros brindes que vão ajudar a chamar a atenção daqueles que vivem com os joysticks nas mãos. Então se você gosta da história por trás de Assassin’s Creed, compre os livros porque garanto que você vai gostar.

Outra franquia muito famosa, exclusiva da Microsoft, e que também virou livro, foi Halo. O estilo das histórias dos livros de Halo é um tanto diferente de Assassin’s Creed. Não será como ler um game. Aqui as histórias vão além das cenas dos jogos e os autores se arriscam com a criatividade, utilizando os personagens e mergulhando nos cenários do game. Vale muito a pena pra quem é fã e também para quem curte ficção-científica.

Como não falar de World of Warcraft? Um dos MMORPGs mais conhecidos do mundo. Chegou a ganhar filme e também já emplacou nas prateleiras das livrarias. A série de livros do WoW é excelente pra quem quer se aprofundar mais no mundo do game. Os livros são muito complementares das histórias, mas podem ser lidos por quem nunca jogou. Quem é fã do game, com certeza vai pausar a leitura para testar algumas coisas que encontrou pelas páginas.

Eu também não poderia deixar Mass Effect de fora, porém, diferente dos anteriores, não indico esses livros para quem ainda não desbravou o game. Os livros de Mass Effect são totalmente complementares ao jogo e com certeza vale a leitura pra quem curte a experiência do game. Algumas coisas sobre a história ficam bastante explicadas nas páginas e até mesmo ganham mais sentido. De fato, os livros agregam bastante conhecimento ao universo do jogo.

Vai, essa é a chance que você precisava para convencer sua namorada a jogar videogame! O próximo livro de presente, dê a ela um título de games e veja as coisas mudando o rumo. Vale muito a pena dividir um espaço da estante de jogos com os livros do gênero. Não importa o que seja, se tem uma boa história, pode virar um bom livro, e os games costumam ter um roteiro bem legal para isso. Então, que venham mais livros baseados em jogos! Ainda voltarei para falar mais sobre isso por aqui, com mais dicas de livros baseados em videogames.

Um comentário:

  1. Olá! Boas dicas! Eu li o renascença do AC e realmente a leitura cai melhor para quem esta acostumado ao ritmo dos games, o que não desmerece a leitura mesmo! Agora estou lendo Neuromancer, que também se fala com universo de Ghost in the Shell, Matrix e outros. abraço, Paulo.

    ResponderExcluir

author
Se você: Cheira livros, se apaixona por personagens, sofre com eles como se fosse alguém da sua família, corre atrás de autógrafos, viaja para outro estado para participar da Bienal do Livro, adora um sebo, procura por eventos literários, entra na livraria para dar um livro de presente e sai com dois para você, então você está no lugar certo!