Pular para o conteúdo principal

Um Acordo de Cavalheiros - Resenha

Olá galera,

Esse foi o meu primeiro contato com a autora, e devo dizer que fiquei encantada com a história. Conheci a Lucy em um evento de Romances de Época e me diverti bastante com seu jeito irreverente de ser, comprei o livro torcendo para que fosse bom, e digo a vocês, me arrependo de não ter lido antes.

Quem curte o gênero sabe que as protagonistas são sempre mulheres a frente do seu tempo, com pensamentos próprios, que “por acaso” se apaixonam por homens confiantes e sem medo de suas fortes opiniões. Mas Lucy conseguiu unir isso a um suspense, com direito a agentes da coroa e assassinatos, e já começa arrasando da primeira página.


Delicadas sapatilhas de cetim estavam perdidas, uma delas ao lado do criado-mudo. Seria impossível explicar como fora parar ali. A outra sapatilha tinha dado cambalhotas no ar e acabara ao lado da poltrona do cômodo contíguo. Não seria elegante indagar onde estavam as meias que as acompanhavam.
Pág.: 8

Dorothy Miller e sua irmã perderam os pais quando novas, enquanto a irmã foi morar com a tia Jean, Dorothy foi para a casa do tio Felton. Apesar de ser bem tratada, e cuidar da casa depois da Morte da tia, ela sempre se sentiu uma intrusa que dependia da caridade de parentes, e isso estava prestes a acontecer novamente, pois seu tio estava muito doente e partiria em breve desse mundo, sem deixar um herdeiro homem. Dorothy conhecia sua capacidade e força, sabia que seria capaz de arrumar um emprego e sobreviver. Sua preocupação real era sua prima, que debutaria naquele ano, e precisava se casar para não passar necessidades com a Morte do pai. Dorothy passou anos fazendo contatos e tornando sua reputação impecável para estar nos melhores círculos, ter convites para as melhores festas e fazer um bom casamento para a prima, que só escolhe os homens errados. Mas por trás das cortinas Dorothy tem uma língua afiada, um segredo do passado que vai levá-la a se envolver com o Lorde mais devasso e perigoso de Londres, ao menos é o que parece.

Tristan Thorne, tenho que comentar, amei esse nome rsrs, voltando. Tristan Thorne, mais conhecido como Conde de Wintry, sempre foi odiado é ignorado por seus parentes, por ser fruto do segundo casamento de seu pai, com o que a família julga ser uma pobretona. Quando os pais morreram, ele foi viver com a tia, uma mulher com opiniões fortes e de muitos amores.

Ele foi esquecido pela família, até que foi obrigado a assumir o título que seria do seu meio irmão, algo que não estava nos seus planos, mas que colabora com a investigação que ele precisa realizar. Ah como o destino é surpreendente, graças a uma garrafa cheia de vinho, uma festa com gente chata, Tristan e Dorothy acabam “bêbados” numa escada fazendo confissões profundas sobre si mesmos, e é aí que a história começa.

Ambos ficaram surpresos ao descobrir um ao outro e ver que não eram tão ruins quanto pensavam.Pág,: 13

Lucy Vargas me surpreendeu com um romance inovador e um enredo envolvente, que gira em três pontos, a investigação de Tristan, a busca por um marido para a prima e o romance dos dois. Admito que me perdi em alguns momentos em seus diálogos, mas fiquei surpresa em desvendar o caso apenas duas páginas antes da própria autora o fazer. Se entreguem e vocês não irão se arrepender.


Avaliação:
Ficha Técnica
Título: Um Acordo de Cavalheiros
Autor: Lucy Vargas
Editora: Bertrand Brasil
Páginas: 350

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Eleanor & Grey - Resenha

Oi Povo, tudo bem? Todo mundo que acompanha o blog sabe que sou mega fã de Brittainy C. Cherry, então quando vi que a caixa do “clube da Carina Rissi” vinha com o livro “Eleanor & Grey" e os marcadores de todos os livros da autora lançado aqui no Brasil, fiquei LOUCA. Graças ao bons Deuses dos livros, a Editora disponibiliza a caixa de maneira avulsa e consegui comprar essa lindeza! Rsrs. Sabe aquele tipo de livro que quando você termina, seus pensamentos são: “Obrigada Deus por eu amar ler! Obrigada por livros assim! Que lição de vida! Que autora maravilhosa!!". Quando terminei mandei uma foto da minha cara inchada de tanto chorar para Helyssa (voocomlivro) e Anastacia (notasliterarias_), falando que não estava sabendo lidar com tantos sentimentos. Eleanor, é uma adolescente que ama ler, não é muito social e ainda usa aparelho nos dentes, essa junção é o bastante para chamarem ela de esquisita ou sorriso metálico. Ela nem liga muito para esses comentários, Eleano

Talvez Agora - Resenha

  Oi Povo, tudo bem? Hoje vamos falar de "Talvez Agora”, que é continuação de "Talvez um dia” de Colleen Hoover lançado no ano passado pela Galera Record. Sou muito fã da autora e quando terminei “Talvez um dia”  fiquei sem saber o que fazer da vida porque eu não estava acreditando que a história terminava daquela maneira. Fiquei tão revoltada que comprei “Talvez Agora” no lançamento, mas levei meses para criar coragem e voltar para aquele universo. Vocês também são assim? HAHAHA. Espero sinceramente não ser a única!! HAHAHA. Ridge e Sydney, depois de tanto tempo, estão namorando. Sydney finalmente se sentiu segura para começar algo mais com Ridge. Ele por sua vez parece estar nas nuvens porque finalmente eles poderão viver um amor sem culpa e do jeito que sempre sonharam. Porém, isso não significa que tudo vai ocorrer nas mil maravilhas, afinal Ridge e Warren são as únicas pessoas no mundo que Maggie pode contar, e esse detalhe pode mudar tudo.  Maggie sabe que tem fibrose c