Pular para o conteúdo principal

Para todos os garotos que já amei - Resenha

Olá galera, tudo bem? Hoje vou falar com vocês sobre um livro muito fofo que conquistou um lugar especial em meu coração. Quer um livro leve e gostoso pra devorar em apenas um dia? Então vem comigo, saber mais sobre essa fofura!

Lara Jean é uma menina doce e bem romântica que vive com seu pai, sua irmã mais nova, Kitty, e a irmã mais velha Margot. Sua mãe faleceu quando elas ainda eram bem novinhas, então desde cedo Margot assumiu a posição de cuidar de todos da casa. Então, quando ela se muda para a Escócia, a fim de cursar a faculdade, Lara se sente insegura em assumir a posição da irmã. 

Lara nunca foi muito segura de si. Quando se apaixonava, mantinha o sentimento em segredo. Assim, ela adquiriu o costume de escrever cartas para seus amores platônicos, como uma forma de despedida, para se livrar do sentimento. 

 “Não são cartas de amor no sentido mais estrito da palavra. Minhas cartas são de quando não quero mais estar apaixonada. São cartas de despedida. Porque, depois que escrevo, aquele amor ardente para de me consumir. Posso tomar o café da manhã sem me preocupar se ele também gosta de banana com cereal; posso cantar músicas românticas sem estar cantando para ele.”

Um dia, misteriosamente, todas as cartas que Lara Jean escreveu são entregues para cada um dos destinatários. Ela fica desesperada, pois um dos garotos que recebeu, é Josh, o ex namorado de sua irmã Margot. Quando ela percebe que Josh virá questioná-la, tomada pela impulsividade ela cria um plano louco, corre e pula no colo de Peter K, um dos garotos mais populares da escola, tascando-lhe um beijão daqueles de cinema, na frente de todos!
Acontece que Peter K queria se livrar de vez de sua ex namorada, assim, em um acordo mútuo, Lara e Peter iniciam um relacionamento fake, fazendo com que a vida deles dê uma reviravolta, trazendo experiências que nunca tinham vivido. 

Para todos os garotos que já amei não explora somente o romance, mas tem um foco maior no amadurecimento de Lara Jean. Ela viveu toda a vida dependente de sua irmã mais velha, então quando é obrigada a se desgarrar, ela começa a viver uma vida diferente, uma vida no qual ela sempre teve medo e sempre se escondeu. E o livro narra muito bem esse crescimento, por mais que tenha uma escrita bem simples. 

O livro é um clichê, mas é muito diferente quando já iniciamos o livro sem expectativas, sabendo que a história não vai surpreender muito e nem trazer grandes reviravoltas.
Esse é um livro simples com uma história simples, porém é envolvente e fofo. Um livro que em poucas horas você devora! Vale muito a pena conhecer a escrita da autora e, se você gosta do gênero, vai se apaixonar!



Avaliação:                                                                                                                      
 Ficha Técnica
Título: Para todos os garotos que já amei
Autor: Jenny Han
Editora: Intrínseca
Páginas: 316


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Eleanor & Grey - Resenha

Oi Povo, tudo bem? Todo mundo que acompanha o blog sabe que sou mega fã de Brittainy C. Cherry, então quando vi que a caixa do “clube da Carina Rissi” vinha com o livro “Eleanor & Grey" e os marcadores de todos os livros da autora lançado aqui no Brasil, fiquei LOUCA. Graças ao bons Deuses dos livros, a Editora disponibiliza a caixa de maneira avulsa e consegui comprar essa lindeza! Rsrs. Sabe aquele tipo de livro que quando você termina, seus pensamentos são: “Obrigada Deus por eu amar ler! Obrigada por livros assim! Que lição de vida! Que autora maravilhosa!!". Quando terminei mandei uma foto da minha cara inchada de tanto chorar para Helyssa (voocomlivro) e Anastacia (notasliterarias_), falando que não estava sabendo lidar com tantos sentimentos. Eleanor, é uma adolescente que ama ler, não é muito social e ainda usa aparelho nos dentes, essa junção é o bastante para chamarem ela de esquisita ou sorriso metálico. Ela nem liga muito para esses comentários, Eleano

Long Shot - Resenha

  Oi Povo, tudo bem? Hoje vamos falar de “Long Shot” primeiro livro da série Hoops, da autora Kennedy Ryan, lançado pela Editora The Gift Box. Esse livro mexeu tanto comigo que demorei meses para me sentir segura em escrever essa resenha. A história de August e Iris, é muito surpreendente, mas isso não significa que ela é leve. Minha xará passa por cada situação que nenhum ser humano deveria passar, mas ainda bem que existem pessoas como August. Ele é simplesmente sensacional e ela é uma mulher extremamente forte. Deu para perceber que me encantei pelo casal, né? Rsrs. Iris e August se conhecem num barzinho de um hotel e a conversa dos dois acontece de maneira natural e encantadora, eles acabam conversando sobre assuntos que não assumem para quem conhecem a anos, mas parece que abrir o coração é algo natural entre eles. O problema é que tudo que é bom dura pouco e a noite acaba, e ambos tem que voltar para a vida normal. “Eu fico parado, absorvendo o som de seu nome, absorvendo o olhar