Pular para o conteúdo principal

A Bela e a Fera: Perdida em um Livro - Resenha

“O amor não é para os covardes”. Pág: 99.

Oi Povo, tudo bem?
Hoje vamos falar de “A Bela e a Fera: Perdida em um livro” da autora Jennifer Donnelly, lançado pela Universo dos Livros. Ganhei no encontro de blogueiros da editora, na Bienal do Livro, no ano passado. Fiquei super feliz porque sempre fui apaixonada pela história da Bela e de todas as princesas, ela é a única que entende completamente meu amor incondicional pelos livros.

Um pequeno adendo: Quando estou lendo e alguém pergunta para minha mãe o que estou fazendo, ela sempre responde: “Ela está perdida em um livro”. Tudo haver com o título, né? Hahaha.

Na história, Bela já está presa no castelo com a Fera e seus empregados. Com o passar do tempo ela logo se torna amiga dos empregados, pois eles tem um coração enorme. Já com a Fera, ela tem um grande pé atrás. Mas, para sua grande surpresa a Fera lhe dá um presente lindo, que ela nunca sonhou em ter. Ela ganha uma biblioteca!!! Bela que só lia os livros da pequena biblioteca do padre de sua vila, fica encantada. Preciso comentar que o Fera é o cara, como assim dá uma biblioteca? Hahaha.

Bela apesar de estar feliz com o presente que ganhou, ainda fica bastante triste por esta longe do seu amado pai. Numa das idas para biblioteca, ela encontra um livro chamado “Nunca Mais”. Um livro que à distância parece normal, mas na realidade ele não tem nada de normal. Ao abrir “Nunca Mais”, ela é teletransporta para história e lá começa a viver diversas aventuras. O problema é que ela some do mundo real quando está no livro e todos no castelo ficam preocupados com as horas que ela passa trancada na biblioteca.

“— Bela, é uma coisa maravilhosa ler sobre a vida de outras pessoas, mas é importante viver a sua própria vida também, independente do quanto a vida às vezes possa ser um grande desafio.” Pág: 146.

Só que nem tudo é tão lindo e perfeito quanto Bela acha que é. Existe um grande mistério por trás de “Nunca Mais”. Será que Bela irá perceber a tempo?

Não posso contar mais que isso para não estragar a surpresa da história. Mas, amei a leitura e indico para quem quer uma leitura leve, divertida e que ainda assim nos ensina grandes lições de vida. Abaixo o quote que mais mexeu comigo:


“Você acha que é a vida que vence a morte? Pois não é. É o amor. A vida é frágil. A vida acaba. Mas o amor? O amor vive para sempre.” Pág: 100.

Avaliação:
Ficha Técnica
Título: A Bela e a Fera: Perdida em um Livro 
Autor: Jennifer Donnelly
Editora: Universo dos Livros
Páginas: 304

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Eleanor & Grey - Resenha

Oi Povo, tudo bem? Todo mundo que acompanha o blog sabe que sou mega fã de Brittainy C. Cherry, então quando vi que a caixa do “clube da Carina Rissi” vinha com o livro “Eleanor & Grey" e os marcadores de todos os livros da autora lançado aqui no Brasil, fiquei LOUCA. Graças ao bons Deuses dos livros, a Editora disponibiliza a caixa de maneira avulsa e consegui comprar essa lindeza! Rsrs. Sabe aquele tipo de livro que quando você termina, seus pensamentos são: “Obrigada Deus por eu amar ler! Obrigada por livros assim! Que lição de vida! Que autora maravilhosa!!". Quando terminei mandei uma foto da minha cara inchada de tanto chorar para Helyssa (voocomlivro) e Anastacia (notasliterarias_), falando que não estava sabendo lidar com tantos sentimentos. Eleanor, é uma adolescente que ama ler, não é muito social e ainda usa aparelho nos dentes, essa junção é o bastante para chamarem ela de esquisita ou sorriso metálico. Ela nem liga muito para esses comentários, Eleano

Long Shot - Resenha

  Oi Povo, tudo bem? Hoje vamos falar de “Long Shot” primeiro livro da série Hoops, da autora Kennedy Ryan, lançado pela Editora The Gift Box. Esse livro mexeu tanto comigo que demorei meses para me sentir segura em escrever essa resenha. A história de August e Iris, é muito surpreendente, mas isso não significa que ela é leve. Minha xará passa por cada situação que nenhum ser humano deveria passar, mas ainda bem que existem pessoas como August. Ele é simplesmente sensacional e ela é uma mulher extremamente forte. Deu para perceber que me encantei pelo casal, né? Rsrs. Iris e August se conhecem num barzinho de um hotel e a conversa dos dois acontece de maneira natural e encantadora, eles acabam conversando sobre assuntos que não assumem para quem conhecem a anos, mas parece que abrir o coração é algo natural entre eles. O problema é que tudo que é bom dura pouco e a noite acaba, e ambos tem que voltar para a vida normal. “Eu fico parado, absorvendo o som de seu nome, absorvendo o olhar