Pular para o conteúdo principal

A Marcha - Resenha


Hey, galerinha! Hoje eu serei meio diferentão por aqui. Acho que ainda não falei de nenhuma HQ aqui pelo #IAmNotAFairy, mas esse momento chegou!

Eu gosto bastante de HQs, Marvel e DC Comics, sim, mas eu também curto muitas outras histórias nesse formato, e a de hoje é ainda mais diferente: é uma história real! Então me acompanhem por essa marcha.

Certamente é muito fácil perceber que já no final de 2018, século XXI, o racismo a é muito presente na nossa sociedade. O que dizer, então, de 1965, onde os negros eram muito mais subjugados e tratados como menos humanos? Bem, é nesse tempo que se levanta John Lewis, para fazer história.

Você já deve conhecê-lo ou pelo menos ter ouvido falar sobre ele. Hoje, um dos membros da Câmara dos Representantes dos Estados Unidos, o ativista não encontrou um caminho fácil para iniciar sua jornada e, na verdade, até hoje, essa marcha ainda é bem dura.

A HQ conta a história de Lewis, quando ainda criança, sempre criando seus sonhos e buscando estudar, mesmo escondido, por conta de ser um menino negro, e inspirado pelo grande Martin Luther King.
Os quadrinhos nos contam como esse menino sonhador cresceu, desenvolveu a coragem e a força para enfrentar a dura marcha contra o racismo, o preconceito e as dificuldades, para apenas começar a mudar a grande mudança na história americana, nesse primeiro volume.

Uma daquelas histórias que nos fazem refletir sobre os valores da vida e sobre a importância de não negligenciarmos nossos papéis na sociedade. Uma história real que nos enche de inspiração e renova nossas motivações.

“Eu tenho um sonho. O sonho de ver meus filhos julgados por sua personalidade, não pela cor de sua pele.”

Avaliação:

Ficha Técnica
Título: A Marcha
Autores: John Lewis E Martin Luther King 
Editora: Nemo
Páginas: 128

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Indomável - Resenha

Oi Povo, tudo bem? Hoje vamos falar de "Indomável", último livro da trilogia "Damas Rebeldes", da autora Julia Quinn, lançado pela Editora Arqueiro. Finalmente cheguei no livro de William Dunford! HAHHAA. Ele aparece nos livros anteriores " Esplêndida " e " Brilhante ", e deixa nós leitores apaixonados e doidos para conhecer ainda mais esse personagem libertino tão charmoso! HAHAHA. Ele fica completamente chocado quando descobre que herdou um título e uma propriedade na Cornualha. Dunford, viaja imediatamente para conhecer a propriedade que ele herdou, o que ele não imaginava é que encontraria uma mulher administrando a propriedade e que ela se tornaria sua responsabilidade junto a herança do título.  "Belle bateu palmas. Que fantástico! Dunford acabara de receber uma herança inesperada. Ela torcia para que fosse algo bom. Uma de suas amigas tinha acabado de herdar, a contragosto, 37 gatos. " Pág: 12. Henrietta Barrett, ou apenas Henry,

Long Shot - Resenha

  Oi Povo, tudo bem? Hoje vamos falar de “Long Shot” primeiro livro da série Hoops, da autora Kennedy Ryan, lançado pela Editora The Gift Box. Esse livro mexeu tanto comigo que demorei meses para me sentir segura em escrever essa resenha. A história de August e Iris, é muito surpreendente, mas isso não significa que ela é leve. Minha xará passa por cada situação que nenhum ser humano deveria passar, mas ainda bem que existem pessoas como August. Ele é simplesmente sensacional e ela é uma mulher extremamente forte. Deu para perceber que me encantei pelo casal, né? Rsrs. Iris e August se conhecem num barzinho de um hotel e a conversa dos dois acontece de maneira natural e encantadora, eles acabam conversando sobre assuntos que não assumem para quem conhecem a anos, mas parece que abrir o coração é algo natural entre eles. O problema é que tudo que é bom dura pouco e a noite acaba, e ambos tem que voltar para a vida normal. “Eu fico parado, absorvendo o som de seu nome, absorvendo o olhar