Pular para o conteúdo principal

Querido Vizinho - Resenha

O livro de hoje foi escolhido pelo nome ter chamado muita atenção. Querido Vizinho, publicado pelo selo Essência do grupo editorial Planeta de Livros e escrito por Penelope Ward. O próprio nome nos promete MUITO clichê e, por isso, me interessei muitíssimo!  

Chelsea Jameson é uma mulher com o coração partido. O amor da sua vida a deixou por outra mulher e, agora, ela está se esforçando para colher os cacos. Chelsea conseguiu a pouco se mudar da casa que dividia com o ex para uma bom apartamento, ele seria perfeito, se não fossem os benditos latidos de cachorro do vizinho toda manhã. Ela até reclamaria se não tivesse visto o vizinho sendo totalmente grosseiro com outras pessoas do prédio. 

Só depende de você perder mais tempo vivendo no passado, tentando resolver um problema sem solução, ou seguir em frente com a sua vida.

O vizinho, chamado carinhosamente de “artista irritado” por Chelsea, é um cara gostosão que fica fazendo grafites nas paredes do prédio, que, por um acaso, lembra muito seu ex. Em uma bela manhã, Chelsea foi novamente acordada pelos latidos dos cães, resolveu bater na porta do vizinho gostosão para reclamar, ele, com toda a sua ironia, a encorajou a reclamar com o síndico do prédio, mas após descobrir, por meio de muita pesquisa, a sala do síndico, ela bate na porta e é surpreendida pela pessoa que ali encontra. 

Às vezes a vida não espera o momento certo. Às vezes, uma situação repentina aproxima as pessoas, estejam elas prontas ou não.

Esse livro é uma típica história de amor, com a diferença de que em poucas páginas, a autora conseguiu contar uma história que caberia em 3 livros. Depois de terminar a leitura, descobri que existe outro livro que antecede esse, e conta a história de amor do ex namorado de Chelsea, mas garanto que não faz diferença ter lido o outro, pelo menos não fez para mim.

Os personagens são ótimos, os diálogos de Damien (artista irritado) e Chelsea são sempre divertidos e cheio de piadas internas que duram todo o livro. Os cachorros que não param de latir também são a coisa mais fofa do mundo! Apesar da escrita da autora não ser das melhores, os personagens conseguem te prender ao livro, nos cativando a prosseguir com a leitura.  

Avaliação:                                                                       
Ficha Técnica
Título: Querido Vizinho
Autor: Penelope Ward
Editora: Essência
Páginas: 304

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Eleanor & Grey - Resenha

Oi Povo, tudo bem? Todo mundo que acompanha o blog sabe que sou mega fã de Brittainy C. Cherry, então quando vi que a caixa do “clube da Carina Rissi” vinha com o livro “Eleanor & Grey" e os marcadores de todos os livros da autora lançado aqui no Brasil, fiquei LOUCA. Graças ao bons Deuses dos livros, a Editora disponibiliza a caixa de maneira avulsa e consegui comprar essa lindeza! Rsrs. Sabe aquele tipo de livro que quando você termina, seus pensamentos são: “Obrigada Deus por eu amar ler! Obrigada por livros assim! Que lição de vida! Que autora maravilhosa!!". Quando terminei mandei uma foto da minha cara inchada de tanto chorar para Helyssa (voocomlivro) e Anastacia (notasliterarias_), falando que não estava sabendo lidar com tantos sentimentos. Eleanor, é uma adolescente que ama ler, não é muito social e ainda usa aparelho nos dentes, essa junção é o bastante para chamarem ela de esquisita ou sorriso metálico. Ela nem liga muito para esses comentários, Eleano

Long Shot - Resenha

  Oi Povo, tudo bem? Hoje vamos falar de “Long Shot” primeiro livro da série Hoops, da autora Kennedy Ryan, lançado pela Editora The Gift Box. Esse livro mexeu tanto comigo que demorei meses para me sentir segura em escrever essa resenha. A história de August e Iris, é muito surpreendente, mas isso não significa que ela é leve. Minha xará passa por cada situação que nenhum ser humano deveria passar, mas ainda bem que existem pessoas como August. Ele é simplesmente sensacional e ela é uma mulher extremamente forte. Deu para perceber que me encantei pelo casal, né? Rsrs. Iris e August se conhecem num barzinho de um hotel e a conversa dos dois acontece de maneira natural e encantadora, eles acabam conversando sobre assuntos que não assumem para quem conhecem a anos, mas parece que abrir o coração é algo natural entre eles. O problema é que tudo que é bom dura pouco e a noite acaba, e ambos tem que voltar para a vida normal. “Eu fico parado, absorvendo o som de seu nome, absorvendo o olhar