Pular para o conteúdo principal

Arte e Alma - Resenha

Oi Povo, tudo bem?
Hoje vamos falar de “Arte e Alma” da diva Brittainy C.Cherry, lançado pela editora Galera Record. Preciso comentar que a cada livro da autora viro ainda mais fã, esse livro é diferente dos anteriores por ser mais leve, mas ainda assim passa uma mensagem linda e emocionante. Conversando com a Anastácia, do blog Notas Literárias, fiquei sabendo que esse foi o primeiro livro da autora, então tudo fez sentido. Nesse livro, Brittainy já estava no caminho certo para aprender a destruir corações!! Hahhaa.

Antes de falar da história, preciso comentar que a capa é lindíssima e o melhor de tudo é a cara do livro. Acho que toda capa deveria ser assim, representar a essência do enredo, vocês concordam?

Levi Myers, mudou para casa do pai em Wisconsin, tentando reencontrar o pai que ele tinha quando criança. Pai que mandava cartas, visitava sempre que possível, que o fazia rir e lhe ensinava as coisa. O Objetivo de Levi é entender porque esse relacionamento foi cortado tão abruptamente, sem menor explicação. Sem falar que ele precisava de um tempo do relacionamento com a sua mãe.

“Ela se culpava por eu estar no Wisconsin, mas tinha sido escolha minha passar o ano com o meu pai. Eu não o via desde os meus 11 anos e achava que se não tentasse criar uma espécie de relacionamento com ele naquele momento, jamais o conheceria de verdade.” Pág: 11. 

Aria Watson, era a menina modelo da sua família, uma filha disciplinada com talento em arte, até que um dia ela cometeu um grande erro e isso tudo foi por água abaixo. Ela ficou grávida com apenas 16 anos e a notícia caiu como uma verdadeira bomba em sua família.

“Eu era a filha que sempre se comportava bem e que voltava para casa com o boletim cheio de notas altas em todos os semestres. Meus atos de rebeldia eram pequenos: a cabeça raspada e o lápis de olho tinham sido a única demonstração do meu lado louco e descontrolado - até aquele momento”. Pág: 31.

Aria e Levi acabam se conhecendo por serem praticamente vizinhos e por estudarem na mesma escola. Por um acaso dos destino se tornam parceiros num trabalho em conjunto, dos professores de arte e música, intitulado “”Arte e Alma”. Dessa maneira eles passam a se conhecer e o leitor a desvendar os mistérios desses dois adolescentes. Como uma paixão poderia surgir em adolescentes tão novos e com tanto problemas?

O mais legal de tudo é como a autora consegue envolver o leitor numa história típica de adolescente, passando uma mensagem tão forte e com personagem super bem construídos. Aria e Levi, são adolescentes normais, mas conseguem enfrentar todas as merdas que a vida lhe manda, com espírito de um idoso. Outro personagem que preciso comentar é Simon, o melhor amigo de Aria, que também se torna amigo de Levi, ele é tão legal que queria tê-lo como amigo! Resumindo leiam esse livro, que começa como qualquer romance adolescente e no final lhe que arranca lágrimas! Rsrs.

Avaliação:
Ficha Técnica
Título: Arte e Alma
Autor: Brittainy C. Cherry
Editora: Galera Record
Páginas: 308

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Indomável - Resenha

Oi Povo, tudo bem? Hoje vamos falar de "Indomável", último livro da trilogia "Damas Rebeldes", da autora Julia Quinn, lançado pela Editora Arqueiro. Finalmente cheguei no livro de William Dunford! HAHHAA. Ele aparece nos livros anteriores " Esplêndida " e " Brilhante ", e deixa nós leitores apaixonados e doidos para conhecer ainda mais esse personagem libertino tão charmoso! HAHAHA. Ele fica completamente chocado quando descobre que herdou um título e uma propriedade na Cornualha. Dunford, viaja imediatamente para conhecer a propriedade que ele herdou, o que ele não imaginava é que encontraria uma mulher administrando a propriedade e que ela se tornaria sua responsabilidade junto a herança do título.  "Belle bateu palmas. Que fantástico! Dunford acabara de receber uma herança inesperada. Ela torcia para que fosse algo bom. Uma de suas amigas tinha acabado de herdar, a contragosto, 37 gatos. " Pág: 12. Henrietta Barrett, ou apenas Henry,

Long Shot - Resenha

  Oi Povo, tudo bem? Hoje vamos falar de “Long Shot” primeiro livro da série Hoops, da autora Kennedy Ryan, lançado pela Editora The Gift Box. Esse livro mexeu tanto comigo que demorei meses para me sentir segura em escrever essa resenha. A história de August e Iris, é muito surpreendente, mas isso não significa que ela é leve. Minha xará passa por cada situação que nenhum ser humano deveria passar, mas ainda bem que existem pessoas como August. Ele é simplesmente sensacional e ela é uma mulher extremamente forte. Deu para perceber que me encantei pelo casal, né? Rsrs. Iris e August se conhecem num barzinho de um hotel e a conversa dos dois acontece de maneira natural e encantadora, eles acabam conversando sobre assuntos que não assumem para quem conhecem a anos, mas parece que abrir o coração é algo natural entre eles. O problema é que tudo que é bom dura pouco e a noite acaba, e ambos tem que voltar para a vida normal. “Eu fico parado, absorvendo o som de seu nome, absorvendo o olhar