Pular para o conteúdo principal

Ayra - Resenha

"Existem mulheres fortes e mulheres que ainda não descobriram sua força."

Hoje resolvi começar logo com uma frase de impacto, porque essa leitura é impactante! Rsrs. Quando terminei Cage, estava louca de curiosidade para entender melhor a vida de Estela, ops, Ayra. Ela sem sombra de dúvidas foi minha personagem favorita do outro livro, por seu jeito confiante, sarcástico e amigável.

Logo no começo do livro, descobrimos que Ayra está de volta e veio para ficar, que Estela simplesmente cansou de se esconder atrás desse personagem. A primeira mudança visível, é a cor do cabelo, que saiu do loiro platinado para preto. E com decorrer da leitura, vamos acompanhando diversas mudanças.

"Não foi só o cabelo que voltou ao tom normal. Depois que acordei com o rosto e a alma machucados, sabia que não adiantava mais me esconder. No banheiro, pintei o cabelo usando a tinta que pedi para Erin comprar. A cor escolhida foi apenas o primeiro passo para tentar ser eu mesma." Pág: 8.

Quando Daniel entra no escritório de Ayra, para uma reunião de negócios, em nome do seu sócio Cage, ela tem certeza que não conseguiu superar o ocorrido e nem esquecer o calor dos braços de Daniel. Para quem não teve oportunidade de ler “Cage”, ocorre um “acidente” no livro e quem a salva e a ampara é Daniel.

Daniel nunca se sentiu atraído por uma mulher como se sente por ela, nem mesmo quando ainda namorava com Libby, falecida esposa, foi dessa maneira. O problema é que ela ainda tem traumas que não sabe se vai conseguir superar. Mas, do fundo do seu coração, ele deseja ajudar ela.

Esse livro sem sombras de dúvidas é um história de superação, a história de como uma mulher que conheceu o lado podre do ser humano, ainda criança, consegue se recuperar e voltar a amar. Daniel é um mocinho incrível que entende que a mocinha precisa se salvar sozinha, e que ele só precisa dar apoio. A leitura não é fácil, pois em diversos momentos passamos pela maldade do ser humano, mas a volta por cima de Ayra é tão bonita que vale a pena!

Outros personagens importantes são: Javier (o mordomo de Ayra, ele é uma figura!) e o vovô da Ayra (sem sombra de dúvidas o personagem mais fofo, o amor dele pela neta é extremamente emocionante).

Pequena observação: Neste livro ganhamos um spoiler enorme da vida de Cage e Erin, então os livros precisam ser lidos na ordem.

Avaliação:
Ficha Técnica
Título: Ayra
Autora: Andy Collins
              Editora: The Gift Box
Páginas: 256

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Eleanor & Grey - Resenha

Oi Povo, tudo bem? Todo mundo que acompanha o blog sabe que sou mega fã de Brittainy C. Cherry, então quando vi que a caixa do “clube da Carina Rissi” vinha com o livro “Eleanor & Grey" e os marcadores de todos os livros da autora lançado aqui no Brasil, fiquei LOUCA. Graças ao bons Deuses dos livros, a Editora disponibiliza a caixa de maneira avulsa e consegui comprar essa lindeza! Rsrs. Sabe aquele tipo de livro que quando você termina, seus pensamentos são: “Obrigada Deus por eu amar ler! Obrigada por livros assim! Que lição de vida! Que autora maravilhosa!!". Quando terminei mandei uma foto da minha cara inchada de tanto chorar para Helyssa (voocomlivro) e Anastacia (notasliterarias_), falando que não estava sabendo lidar com tantos sentimentos. Eleanor, é uma adolescente que ama ler, não é muito social e ainda usa aparelho nos dentes, essa junção é o bastante para chamarem ela de esquisita ou sorriso metálico. Ela nem liga muito para esses comentários, Eleano

Long Shot - Resenha

  Oi Povo, tudo bem? Hoje vamos falar de “Long Shot” primeiro livro da série Hoops, da autora Kennedy Ryan, lançado pela Editora The Gift Box. Esse livro mexeu tanto comigo que demorei meses para me sentir segura em escrever essa resenha. A história de August e Iris, é muito surpreendente, mas isso não significa que ela é leve. Minha xará passa por cada situação que nenhum ser humano deveria passar, mas ainda bem que existem pessoas como August. Ele é simplesmente sensacional e ela é uma mulher extremamente forte. Deu para perceber que me encantei pelo casal, né? Rsrs. Iris e August se conhecem num barzinho de um hotel e a conversa dos dois acontece de maneira natural e encantadora, eles acabam conversando sobre assuntos que não assumem para quem conhecem a anos, mas parece que abrir o coração é algo natural entre eles. O problema é que tudo que é bom dura pouco e a noite acaba, e ambos tem que voltar para a vida normal. “Eu fico parado, absorvendo o som de seu nome, absorvendo o olhar