Pular para o conteúdo principal

Long Shot - Resenha

 

Oi Povo, tudo bem?
Hoje vamos falar de “Long Shot” primeiro livro da série Hoops, da autora Kennedy Ryan, lançado pela Editora The Gift Box. Esse livro mexeu tanto comigo que demorei meses para me sentir segura em escrever essa resenha. A história de August e Iris, é muito surpreendente, mas isso não significa que ela é leve. Minha xará passa por cada situação que nenhum ser humano deveria passar, mas ainda bem que existem pessoas como August. Ele é simplesmente sensacional e ela é uma mulher extremamente forte. Deu para perceber que me encantei pelo casal, né? Rsrs.

Iris e August se conhecem num barzinho de um hotel e a conversa dos dois acontece de maneira natural e encantadora, eles acabam conversando sobre assuntos que não assumem para quem conhecem a anos, mas parece que abrir o coração é algo natural entre eles. O problema é que tudo que é bom dura pouco e a noite acaba, e ambos tem que voltar para a vida normal.

“Eu fico parado, absorvendo o som de seu nome, absorvendo o olhar em seu rosto quando ela anda para longe da minha vida com tão pouca pompa quanto entrou. Seu sorriso desvanece, e ela está me encarando como se quisesse lembrar do meu rosto, como se também não fosse esquecer essa noite. ” Pág: 27.

August é jogador de basquete que está preste a entrar para a NBA, mas se tem um cara que pode ser considerado seu pior inimigo é Caleb, desde do começo eles correrem pelos mesmo “holofotes”. O pai de Caleb é um empresário influente que sempre arruma um jeito do filho se destacar, mas o talento de August é incontestável. Eles não se suportam e se odeiam abertamente, August sabe que Caleb é um cara sem caráter e sem escrúpulos. O que ele não tinha idéia é que seu pior inimigo é o namorado de Iris, a menina que o encantou logo de primeira.

“Caleb Bradley, é o namorado da Iris? Nada poderia ser pior. Eu já detestava a ideia do cara sortudo o suficiente para tê-la. Agora eu detestava o próprio cara. O cara que todo mundo chamava de “garoto de ouro” é, na minha opinião um babaca. Ele certamente não merece a garota que conheci ontem a noite. Nunca invejei o dinheiro da sua família ou toda atenção que a mídia dava para ele. Nunca invejei as vantagens que ele tinha, mas agora ele a tem. Eu o invejo por isso. Isso ferve por baixo da minha pele e revira o meu estômago.” Pág: 44.

Iris, não imaginava que se daria tão bem com August, ela nem sonha em contar desse “encontro” para Caleb, afinal eles se odeiam. Ela se sente um pouco culpa, afinal sua conversa com August, foi mais profunda que qualquer uma que já teve com Caleb. Ela tenta terminar com ele, mas para seu total desespero se descobre grávida e com uma gravidez de risco. Então ela vê seu sonho de tentar se envolver com August e de ser repórter esportiva, ir totalmente por água abaixo.

A vida da Iris simplesmente vai ladeira abaixo, em diversos momentos me vi chorando, porque as coisas que aconteceram com ela são realmente muito pesadas. August, tinha total razão quando achava Caleb sem escrúpulos, o problema é ainda PIOR do que qualquer um poderia imaginar.

Long shot, é aquele tipo de livro que todo mundo deveria ler para aprender uma lição de vida, não estou dizendo que o enredo é fácil, ele não é um romance simples de ler, mas é necessário para entender que nem toda mulher que sofre abuso, está nessa situação porque quer. As vezes ela simplesmente precisa de uma ajuda para sair dessa. Iris é uma personagem forte que nos ensina que a vida pode te jogar no fundo do poço, mas que um dia você consegue sair se conseguir reunir forças. August é aquele cara apaixonado e com um caráter incrível, em diversos momentos sofremos junto com ele. Não quero soltar spoiler, mas leiam esse livro e venham conversar comigo. 


Avaliação:

Ficha Técnica
 Título: Long Shot
Série: Hoops Series#01
Autor: Kennedy Ryan
Editora: The Gift Box
Páginas: 360

Comentários

  1. Olá,
    Não conhecia esse livro mas senti tanta paixão na sua resenha, além de ter um tipo de história que me agrada, que fiquei curiosa para conferir essa leitura.

    Beijo!
    www.amorpelaspaginas.com

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Eleanor & Grey - Resenha

Oi Povo, tudo bem? Todo mundo que acompanha o blog sabe que sou mega fã de Brittainy C. Cherry, então quando vi que a caixa do “clube da Carina Rissi” vinha com o livro “Eleanor & Grey" e os marcadores de todos os livros da autora lançado aqui no Brasil, fiquei LOUCA. Graças ao bons Deuses dos livros, a Editora disponibiliza a caixa de maneira avulsa e consegui comprar essa lindeza! Rsrs. Sabe aquele tipo de livro que quando você termina, seus pensamentos são: “Obrigada Deus por eu amar ler! Obrigada por livros assim! Que lição de vida! Que autora maravilhosa!!". Quando terminei mandei uma foto da minha cara inchada de tanto chorar para Helyssa (voocomlivro) e Anastacia (notasliterarias_), falando que não estava sabendo lidar com tantos sentimentos. Eleanor, é uma adolescente que ama ler, não é muito social e ainda usa aparelho nos dentes, essa junção é o bastante para chamarem ela de esquisita ou sorriso metálico. Ela nem liga muito para esses comentários, Eleano

Talvez Agora - Resenha

  Oi Povo, tudo bem? Hoje vamos falar de "Talvez Agora”, que é continuação de "Talvez um dia” de Colleen Hoover lançado no ano passado pela Galera Record. Sou muito fã da autora e quando terminei “Talvez um dia”  fiquei sem saber o que fazer da vida porque eu não estava acreditando que a história terminava daquela maneira. Fiquei tão revoltada que comprei “Talvez Agora” no lançamento, mas levei meses para criar coragem e voltar para aquele universo. Vocês também são assim? HAHAHA. Espero sinceramente não ser a única!! HAHAHA. Ridge e Sydney, depois de tanto tempo, estão namorando. Sydney finalmente se sentiu segura para começar algo mais com Ridge. Ele por sua vez parece estar nas nuvens porque finalmente eles poderão viver um amor sem culpa e do jeito que sempre sonharam. Porém, isso não significa que tudo vai ocorrer nas mil maravilhas, afinal Ridge e Warren são as únicas pessoas no mundo que Maggie pode contar, e esse detalhe pode mudar tudo.  Maggie sabe que tem fibrose c