Pular para o conteúdo principal

Senhor Das Sombras - Resenha

Oi, Povo!

Hoje vamos falar de “Senhor das Sombras”, segundo livro da trilogia “Os Artifícios Das Trevas”, da Cassandra Clare. Quando terminei a “Dama da Meia-Noite”, tive que começar esse logo em seguida, pois não aguentei minha curiosidade! Esse livro é bem mais lento no começo que o primeiro, mas do meio para o final o bicho vai crescendo e quando termina você só pensa: “Cara, isso não pode está acontecendo! Isso não pode terminar assim!! Pqp Cassandra porque você terminou assim??”. HAHHAHAA.


Emma Carstairs sempre achou que quando conseguisse vingar a morte de seus pais, ficaria em paz, mas a vida é uma caixinha de surpresas, e ela está longe de estar em paz. Sua relação com seu parabatai, e melhor amigo, Julian está cada dia mais estremecida, fica ainda pior quando ela anuncia seu namoro com Mark, mas Julian nem imagina que ela criou esse namoro Fake com a intenção de protegê-lo. 


“O próprio Julian tinha lhe dado a ideia, poucos dias antes. Palavras, surradas para ela em um raro momento de vulnerabilidade. Ele tinha ciúme de Mark. Ciúme por Mark conseguir falar com ela, flertar com ela facilmente enquanto ele sempre tinha que esconder o que sentia.” Pág: 47.


Apesar de Mark ter escolhido não voltar para o Reino das Fadas, os problemas daquele mundo sempre acabam voltando para ele. Quando Gwyn, líder da caçada selvagem, procura Mark com o objetivo de resgatar Kieran, que foi pego pelo pai que ameaça matá-lo, sua resposta para Gwyn é não, pois ele não vai interferir.  Porém, como já esperávamos, Mark não consegue ficar sem ajudar, e vai para o Reino das Fadas tentar resgatar seu amigo. Julian, Emma e Cristina ficam loucos quando descobrem que Mark foi realizar uma operação de resgate sozinho e vão atrás dele. Nesse momento em diante, as coisas no livro tomam uma velocidade absurda e muita coisa acontece. 


“-Você é jovem, mas não é imortal - retrucou Arthur. Se você acabar chegando no Reino das Fadas, e eu rezo para que isso não aconteça. Pois lá é o Inferno, se é que existe Inferno..Se você for parar lá, não dê a nada do que as fadas disserem. Não dê ouvidos a nenhuma de suas promessas. Jure para mim, Julian.” Pág: 120.


Há coisas que não posso contar, devido aos spoilers, entretanto, preciso comentar que existem caçadores das sombras extremamente preconceituosos com integrantes do submundo, e que a Clave, muitas vezes, “passa pano” para as atitudes desses caçadores. Agora, imaginem esses caçadores se tornando e se denominando a “tropa”? Sim, meus queridos leitores, muita coisa aconteceu nesse livro e já estou começando o terceiro porque preciso saber como esse enredo louco vai terminar. 


Avaliação:
Ficha Técnica
 Título: Senhor Das Sombras
Série:
 Os Artifícios das Trevas #02
Autor: Cassandra Clare
Páginas: 602
Editora: Galera Record

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Indomável - Resenha

Oi Povo, tudo bem? Hoje vamos falar de "Indomável", último livro da trilogia "Damas Rebeldes", da autora Julia Quinn, lançado pela Editora Arqueiro. Finalmente cheguei no livro de William Dunford! HAHHAA. Ele aparece nos livros anteriores " Esplêndida " e " Brilhante ", e deixa nós leitores apaixonados e doidos para conhecer ainda mais esse personagem libertino tão charmoso! HAHAHA. Ele fica completamente chocado quando descobre que herdou um título e uma propriedade na Cornualha. Dunford, viaja imediatamente para conhecer a propriedade que ele herdou, o que ele não imaginava é que encontraria uma mulher administrando a propriedade e que ela se tornaria sua responsabilidade junto a herança do título.  "Belle bateu palmas. Que fantástico! Dunford acabara de receber uma herança inesperada. Ela torcia para que fosse algo bom. Uma de suas amigas tinha acabado de herdar, a contragosto, 37 gatos. " Pág: 12. Henrietta Barrett, ou apenas Henry,

Long Shot - Resenha

  Oi Povo, tudo bem? Hoje vamos falar de “Long Shot” primeiro livro da série Hoops, da autora Kennedy Ryan, lançado pela Editora The Gift Box. Esse livro mexeu tanto comigo que demorei meses para me sentir segura em escrever essa resenha. A história de August e Iris, é muito surpreendente, mas isso não significa que ela é leve. Minha xará passa por cada situação que nenhum ser humano deveria passar, mas ainda bem que existem pessoas como August. Ele é simplesmente sensacional e ela é uma mulher extremamente forte. Deu para perceber que me encantei pelo casal, né? Rsrs. Iris e August se conhecem num barzinho de um hotel e a conversa dos dois acontece de maneira natural e encantadora, eles acabam conversando sobre assuntos que não assumem para quem conhecem a anos, mas parece que abrir o coração é algo natural entre eles. O problema é que tudo que é bom dura pouco e a noite acaba, e ambos tem que voltar para a vida normal. “Eu fico parado, absorvendo o som de seu nome, absorvendo o olhar