A Rosa Branca - Resenha

0 Comentários A+ a-

Olá galera! Como vocês estão?

Hoje eu trago para vocês a resenha de A Rosa Branca, da autora Amy Ewing. Ganhamos o segundo livro da série A Cidade Solitária da Editora Leya durante o evento da Aliança de Blogueiros. Leia a resenha do primeiro livro A Joia.
*Essa resenha contém spoiler do livro anterior.

Essa série tem me surpreendido mais a cada livro, nossa mente se expande  a cada revelação e só posso imaginar o que vem a seguir. Depois que Violet e Ash são flagrados pela Duquesa do lago, Violet é presa no quarto e seus “privilégios” retirados, no entanto ela ainda é importante para a Duquesa, enquanto Ash é facilmente substituível, desesperada para salvá-lo da execução ela encontrará não um, mas dois improváveis aliados em sua fuga da Casa do Lago.

Garnet se move com desconforto.- Escute, isso não faz parte da minha função. Não estou aqui para reunir trágicos amantes.- Não é esse o ponto. Estamos falando da vida de alguém. O que veio fazer aqui, então?- Tenho uma dívida com Lucien. Prometi que ajudaria você.- Então me ajude!- Não entendo. Ele é só um acompanhante, há centenas deles!- E Annabelle era só uma criada. E eu sou só uma substituta - disparo - E você está falando como a sua mãe.Garnet para.

Mas ainda falta muito para que ela possa chegar ao seu destino e compreender seu papel nessa trama. Junto com seus amigos e alguns aliados ela passa por poucas e boas para sair da Joia e ainda passar pelos outros círculos, Banco, Fumaça e Fazenda, seu destino final? A Rosa Branca.

É como se o vento forte soprasse dentro de mim, como se um grande túnel de ar se abrisse em meu peito. As palavras de Raven ecoam em minha cabeça.
“Ela o conhece”
Raven alcança Ash no mesmo instante em que ouço o apito.
- Lá está ele! - grita alguém.

Rosa Branca é um lugar na Fazenda onde ela poderá se esconder e descobrir que os presságios não
são nem o começo da extensão dos seus poderes. Com a ajuda de Sil, Violet vai desvendar o passado das substitutas, descobrir de onde vem seus poderes e ajudar na revolução que está para acontecer.

A Rosa Branca me conquistou da primeira à última página, o livro é curto, mas muita coisa acontece, sem enrolação. Os personagens principais e secundários são ótimos, Ash, Raven, Lucien e até Garnet são maravilhosos, aqui sabemos mais sobre o que eles passaram e  como sobreviveram para levantar uma revolução, começando literalmente do zero, vemos um grupo de pessoas com vontade de mudança, dispostos a lutar contra a tirania de uma realeza que só suga e destrói famílias, roubam seus filhos e que os tratam como lixo. Como a realeza mexe tanto com a cabeça de alguém que chegam a acreditar que a vida deles não é importante. Mas chegou a hora de mudar!

Recomendo de olhos fechados. Ansiosa pelo próximo livro. 

Avaliação:
Ficha Técnica
Série: A Cidade Solitária #02
Título: A Rosa Branca
Autor: Amy Ewing
Editora: Leya
Páginas: 320

Sou professora de Matemática e Informática. Especialista em Informática Educativa, não gosto de monotonia e por isso, desde criança sou apaixonada por livros que me levam para um mundo novo a cada leitura. Casada, feliz e apaixonada por livros.