Pular para o conteúdo principal

A Marquesa de Havisham - Resenha


Oi Povo, tudo bem?
Hoje vamos falar  sobre a  “A Marquesa de Havisham", terceiro livro da série “Os sedutores de Havisham” da autora Lorraine Heath, lançado pela Editora Gutenberg. Lorraine é uma das minhas autoras favoritas de romances de época, é quase impossível não se apaixonar por seus mocinhos e suas valentes mocinhas. Aqui no blog temos as resenhas dos livros anteriores da série, para acessar basta clicar no título do livro: Codinome Lady V e O Segredo do Conde

Quem como eu, acompanha a série, sabe que quando a antiga marquesa de Havisham morreu, aos poucos o pai de Locke/visconde Locksley enlouqueceu. Por isso o visconde promete para si próprio nunca, em hipótese nenhuma, se apaixonar e deixar uma mulher deixá-lo daquela maneira. Para sua maior surpresa, ele descobre que seu pai, aquele que todos acham louco, resolve se casar para ter finalmente o herdeiro das suas terras, e é nesse momento que conhecemos Portia Gadstone.

“O marquês de Marsden precisa de uma mulher forte, saudável e fértil para lhe fornecer um herdeiro. Enviei sua candidatura aos cuidados desta publicação." Pág: 13.

Portia, está completamente desesperada, e esse desespero a leva a encarar a viagem para casar com um marquês que é conhecido por muitos como o louco. Mas, a sua situação é tão ruim que é melhor um marquês louco, do que ficar onde ela estava. Portia, acredita que a fama do marquês é meio exagerada, afinal eles trocaram inúmeras correspondências e ainda assinaram um contrato para firmarem seu compromisso. 

Quem não sabia nada sobre essas cartas e deste contrato é Locke, que fica indignado com a situação, o que deixa tudo ainda pior é que Portia é linda e uma mulher assim não poderia aceitar casar com alguém como seu pai à toa, ele tem certeza que ela está escondendo um grande segredo. Com isso, ele resolve se casar com ela ao invés do seu pai, afinal o visconde não correrá nenhum perigo de se apaixonar. 

“Uma mercenária, caçadora de títulos, alguém tão desesperada para mudar de classe social que faria o que fosse necessário para atingir seu objetivo, incluindo se aproveitar de um lorde idoso. O tipo de mulher que ele nunca conseguiria gostar, que jamais amaria, e quem nunca entregaria seu coração." Pág: 35.

O livro é encantador e impossível de largar até saber qual é o segredo de Portia, e como Locke vai reagir ao descobrir. Sem falar, que temos algumas cenas com os casais anteriores, o que mata nossa saudade da série. Simplesmente indico e torço para o próximo ser lançado em breve.

Avaliação:
Ficha Técnica
Título: A Marquesa de Havisham
Série: Os Sedutores de Havisham #03
Autor: Lorraine Heath
Editora: Gutenberg
Páginas: 320

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Eleanor & Grey - Resenha

Oi Povo, tudo bem? Todo mundo que acompanha o blog sabe que sou mega fã de Brittainy C. Cherry, então quando vi que a caixa do “clube da Carina Rissi” vinha com o livro “Eleanor & Grey" e os marcadores de todos os livros da autora lançado aqui no Brasil, fiquei LOUCA. Graças ao bons Deuses dos livros, a Editora disponibiliza a caixa de maneira avulsa e consegui comprar essa lindeza! Rsrs. Sabe aquele tipo de livro que quando você termina, seus pensamentos são: “Obrigada Deus por eu amar ler! Obrigada por livros assim! Que lição de vida! Que autora maravilhosa!!". Quando terminei mandei uma foto da minha cara inchada de tanto chorar para Helyssa (voocomlivro) e Anastacia (notasliterarias_), falando que não estava sabendo lidar com tantos sentimentos. Eleanor, é uma adolescente que ama ler, não é muito social e ainda usa aparelho nos dentes, essa junção é o bastante para chamarem ela de esquisita ou sorriso metálico. Ela nem liga muito para esses comentários, Eleano

Long Shot - Resenha

  Oi Povo, tudo bem? Hoje vamos falar de “Long Shot” primeiro livro da série Hoops, da autora Kennedy Ryan, lançado pela Editora The Gift Box. Esse livro mexeu tanto comigo que demorei meses para me sentir segura em escrever essa resenha. A história de August e Iris, é muito surpreendente, mas isso não significa que ela é leve. Minha xará passa por cada situação que nenhum ser humano deveria passar, mas ainda bem que existem pessoas como August. Ele é simplesmente sensacional e ela é uma mulher extremamente forte. Deu para perceber que me encantei pelo casal, né? Rsrs. Iris e August se conhecem num barzinho de um hotel e a conversa dos dois acontece de maneira natural e encantadora, eles acabam conversando sobre assuntos que não assumem para quem conhecem a anos, mas parece que abrir o coração é algo natural entre eles. O problema é que tudo que é bom dura pouco e a noite acaba, e ambos tem que voltar para a vida normal. “Eu fico parado, absorvendo o som de seu nome, absorvendo o olhar