Perdida - Resenha

17 Comentários A+ a-

Um amor que ultrapassa as barreiras do tempo


Sofia é uma jovem do século XXI, ou seja, independente, trabalhadora, uma leitora voraz e gosta de sair para se divertir com os amigos, sofreu com a morte dos pais, mas com a ajuda de sua melhor amiga, Nina, ela conseguiu superar e assumir as rédeas da sua vida.

Ian Clarke é um jovem do século XIX, que gosta de pintar e cavalgar, depois da morte de seus pais assumiu a administração dos negócios da família, assim como os cuidados e segurança de sua irmã mais nova, Elisa.

Agora, me digam, além de órfãos, o que esses dois têm em comum?! Os dois saíram da mente brilhante de Carina Rissi, aplaudam mais essa descoberta nacional :D

Depois de um dia estressante de trabalho, sua melhor amiga, Nina, a convida para uma comemoração, onde ela derruba o celular no vaso sanitário (quem nunca?!). Nesse momento Sofia vê sua vida ir, literalmente, por água abaixo. Dependente das tecnologias como todos nós, ela vai no dia seguinte comprar um novo aparelho, e acaba conhecendo uma mulher, no mínimo, suspeita rsrsrs que a transporta para o século XIX.

Como foi que eu vim parar aqui? Como tudo sumiu tão depressa? Cadê as pessoas...? - perguntei, agarrando com as duas mãos a gola de seu casaco.
...
O rapaz se espantou um pouco com minha reação. Mas, sinceramente, o que mais eu poderia fazer, além de ter um ataque?

Pág.: 30

Quando se dá conta de que aquilo é real, ela fica desesperada, afinal ela tem um emprego, um futuro, uma amiga que deve estar desesperada, mas principalmente contas a pagar. Enquanto Sofia tenta descobrir como voltar para casa, Ian e sua irmã parecem adorar a nova companhia, entretanto, as pretendentes de Ian não gostam nada da intimidade que cresce entre os dois.

- Dirigir-se a alguém pelo nome de batismo denota certa... intimidade.
- Intimidade tipo conhecer há muito tempo ou tipo sexo? - Eu tinha que aprender depressa como não chamar tanta atenção.
Ele parou repentinamente. Olhei seu rosto e, por um momento, pensei que Ian que fosse sufocar. Por sua expressão, suspeitei que sexo não fosse um dos tópicos mais discutidos por ali.

Pág.: 51

Depois de uma conversa frustrante com a mulher que a enviou ali, Sofia acredita não ser a única presa ao passado e faz de tudo para encontrar um(a) companheiro(a) de viagem que a ajude a voltar para sua vida. No entanto, agora ela está presa aquele século e precisa se adaptar a vida sem certas regalias.

- Depois de usar a casinha, vou precisar de... - parei de falar, esperando que ele compreendesse e completasse a minha sentença. Torci fervorosamente para que a história dos sabugos fosse apenas lenda.
- Ah, isso! É para isso que serve aquele pé de alface ali no canto. Todos os dias algum criado coloca um fresco.
Olhei para Ian como uma idiota, tentando entender o pé de alface e sua conotação. Então, uma gargalhada histérica explodiu de minha boca, não pude evitar.

Pág.: 57

Perdida entrou para minha lista de favoritos, é um romance de época diferente dos demais, com esse
contraste entre os séculos, com personagens divertidos e carismáticos, um livro onde até o cavalo tem personalidade forte. Carina Rissi se mostrou incrivelmente talentosa, pois mesmo já tendo algum conhecimento sobre o final (culpa da Iris) eu ainda chorei horrores :'(
#pagandomiconoonibus


PS: não deixem de ler a nota da autora. 

Avaliação:
Ficha Técnica
Série: Perdida #1
Título: Perdida
Autora: Carina Rissi
Editora: Verus
Páginas: 364

Sou professora de Matemática e Informática. Especialista em Informática Educativa, não gosto de monotonia e por isso, desde criança sou apaixonada por livros que me levam para um mundo novo a cada leitura. Casada, feliz e apaixonada por livros.

17 comentários

comentários
22 de abril de 2016 12:41 delete

Perdida é aquele tipo de romance que a gente passa horas rindo, mesmo depois do término da leitura, né? Também adorei, bate até vontade de ler de novo!

xx Carol
http://caverna-literaria.blogspot.com.br/

Responder
avatar
2 de maio de 2016 10:44 delete

Aí é muito amor por esse livro, e o final? Aí é perfeito. Amo demais. E o meu favorito da série. <3

Responder
avatar
3 de maio de 2016 08:57 delete

Olá
A Carina é um sucesso, fico sempre muito feliz em ver nossos autores receberem reconhecimento, é uma pena que eu realmente não goste do gênero que ela escreve e não consgui me empolgar com nenhum de seus livros.
Beijos

www.poyozodance.blogspot.com.br

Responder
avatar
Ruhh Belle
Autor
3 de maio de 2016 16:42 delete

Ooi! Ameei a sua resenha <3 Eu tenho esse livro, estava querendo há tempos e finalmente o tenho na minha estante, mas ainda não o li completo, só partes e cá para nós: realmente não tem como se apaixonar pelo Ian *-*
Beeijos e espero resenhas das continuações.

Responder
avatar
3 de maio de 2016 18:25 delete

Olá!

Ainda não li nada da Carina, mas eu não pretendo começar por este porque não gosto de romances de época. Parabéns pela resenha!

Responder
avatar
3 de maio de 2016 19:45 delete

Oiê, sempre vejo ótimas resenhas sobre essa obra, assim como a sua.
Estou cada dia mais interessada por essa leitura.

Abraços

Responder
avatar
4 de maio de 2016 06:53 delete

Oiee

Eu já li livro da Carina mas esse ainda não.
Sempre vejo resenhas super positivas e falam mesmo que é um romance de época meio diferente.
Está na minha lista já.
Parabéns pela resenha

bjs
Fernanda
http://pacoteliterario.blogspot.com.br/

Responder
avatar
4 de maio de 2016 09:30 delete

Ainda não li nada da Carina, mas acompanho o trabalho dela e ganhei 2 livros dela de presente de uma amiga, vou ler em breve.
Gostei da sua resenha, me deixou ainda mais curiosa pelo trabalho da autora.

www.detudopouco.com.br

Responder
avatar
4 de maio de 2016 12:53 delete

Olá Anne!!!
Carina é uma das minhas autoras queridinhas, a série de Perdida é minha série preferida e quando conheci não sabia que era nacional até terminar o livro.
Sou apaixonada por Ian e Sofia <3
Espero que você goste das continuações do livro :3

lereliterario.blogspot.com

Responder
avatar
Brenda S.
Autor
4 de maio de 2016 15:12 delete

Sempre vi esse livro pela internet e acho que é a primeira vez que paro para ler uma resenha sobre ele. Parece muito mais legal do que eu imaginava kkkkk ADOREI! Vai pra lista!

bjs - Sonhos em Tinta

Responder
avatar
4 de maio de 2016 17:59 delete

Owin! Como não amar Perdida? Como não adorar Sofia e não morrer de amores por Ian? Esse livro se tornou meu xodó, é um dos meus livros preferidos e a Carina é minha autora nacional preferida. É perfeito esse livro. Encontrada tb é demais! <3 Muito amor!
BJk
www.viciadosemleitura.blog.br

Responder
avatar
5 de maio de 2016 19:48 delete

Ainda não tive a oportunidade de ler esse livro, mas estou muito interessada, gosto dessa ideia de passado e futuro se intercalando. E todo mundo só fala bem desse livro. Esse final me fez ativar a curiosidade. hahaha
Não tem problema pagar mico, chora mesmo rs
Beijos
http://casinhadaliteratura.blogspot.com.br/

Responder
avatar
6 de maio de 2016 04:36 delete

Olá,

Esse é o único livro que tenho vontade de ler, porque o gênero é um dos meus favoritos e a premissa da história parece bem envolvente e os personagens cativantes.

Beijos,
poesiaqueencantavida.blogspot.com.br

Responder
avatar
6 de maio de 2016 15:47 delete

ai eu adoro essa série!!!!

nossa a tua resenha está tão incrível que me deu vontade de reler tudinho!!!ô maldade viu...

vou te contar uma coisa, entre os 3, esse é ótimo, mas meu preferido é Destinado!!! corre...leia....vc vai adorar!!!

bjs

Responder
avatar
8 de maio de 2016 14:25 delete

Oi. Sou suspeita para falar dos livros da Carina, sou apaixonada por todos que ela já escreveu, o único que ainda não li é "Mentira perfeita", mas que já estou esperando só o dia para comprar. Se você gostou desse, então leia todos dela, são todos maravilhosos!

Responder
avatar
8 de maio de 2016 18:04 delete

Hello!
Ainda não li nada da Carina, mas tenho que dizer que com sua resenha me animei muito. Achei que Perdida era só mais uma história de romance, comum e clichê, mas já que vi é mais que isso.
Quero conhecer logo um pouco mais sobre Ian e Sofia.
Esse livro tem continuação, né?
Bj

Responder
avatar
9 de maio de 2016 18:42 delete

Esse livro é uma gracinha. Aliás, tenho muito interesse na trilogia toda. Os livro já estão na minha interminável lista. Eu gosto muito dessa capa. Na minha opinião, é a mais bonita da trilogia.

Tatiana

Responder
avatar