Métrica - Resenha

20 Comentários A+ a-

Oi gente, pensei bastante antes de fazer a resenha desse livro porque ele não é atual, mas eu gosto tanto de poder ler e me apaixonar novamente que quis compartilhar aqui com vocês, apesar de imaginar que a grande maioria já o leu.

Esse foi o livro de estreia da Colleen Hoover e minha primeira leitura dela. Amo histórias com um bom romance  e nessa Colleen nos trouxe muito mais que isso, durante a leitura temos amor não só entre o casal principal, mas poesia, tragédia e somos arrebatados pela trama.

Quando vi o título do livro, quis entender o significado de "Métrica", é um termo que na linguagem poética significa a contagem silábica das palavras em um verso, tornando assim diferenciada a leitura pela entonação que o leitor usa. E é esse tipo de poesia que nos é introduzida pela autora. Não o livro inteiro, mas ela está presente na vida dos personagens.

“Ela me ensinou a questionar.
A nunca me arrepender.
Ela me ensinou a ampliar meus limites,
Porque é para isso que eles existem.”
Layken é uma adolescente de 17 anos que perdeu o pai há 6 meses de forma repentina, e para poder sustentar a família, sua mãe se muda, com ela e seu irmão mais novo, do Texas (onde tem todas as lembranças do seu pai) para Michigan. Acompanhada do luto e revoltada com sua mãe, ela chega ao novo lar esperando um pesadelo, mas logo de cara percebe que as coisas podem não ser tão ruins. Seu irmão Kel logo faz amizade com o vizinho Caulder que tem um irmão mais velho chamado Will Cooper, um jovem de 21 anos, muito interessante e atraente, apaixonado por poesia. Os dois vão rapidamente desenvolver uma conexão não tão inocente, aproximados pela amizade deles, mas atraídos como imãs. O que Laken não esperava, é que a vida tão logo te daria uma nova rasteira e revelações viriam para abalar o seu mundo que parecia estar voltando a girar.

Não quero falar muito mais do enredo, mas vale ressaltar que o livro é mais que um romance, a autora desde o início de sua carreira sabe como introduzir temas fortes e impactantes de uma forma suave e que mesmo assim tira o seu ar. Will tem um passado triste e apesar disso sua postura após o que passou só o faz mais apaixonante. Nos traz poemas honestos e algumas vezes duros, mas vamos ler cada sílaba e sentir cada uma delas. Lake é mais jovem, aprendendo que a vida não funciona da maneira que queremos, e conseguimos ver seu amadurecimento durante a leitura.

Na primeira vez que li, achei a ligação entre eles rápida demais, mas não é algo que incomode, na verdade passei a achar que essa conexão foi o que eles precisavam para poder continuar. Os irmãos dos dois e Julia (a mãe de Laken), são essenciais para o desenvolvimento do enredo.

"Apesar das minhas objeções, percebo, de modo ridículo, que tinha acabado de vivenciar o beijo mais apaixonada que recebi de um garoto - e foi na porcaria da testa!"
Para finalizar, Métrica nos traz um romance fofo sim, porém com surpresas no seu decorrer e com lições maravilhosas. Quando você acha que já sabe o que vai acontecer, acontece algo e você percebe que não é bem assim. Um livro incrível, sobre família, amor, vida, morte e responsabilidade. Apesar de bem finalizada, a historia não termina por ai. A autora nos presenteou com mais dois livros e em breve contarei o que achei deles por aqui.

“- Não foi a morte que deu um murro em você, Layken. Foi a vida. A vida acontece. Merda acontece. E acontece muito. Com muita gente"


Ficha Técnica:
Título: Métrica
Editora: Galera Record
Páginas: 304

Libriana, formada em administração e trabalhando na área financeira, sou apaixonada por livros, séries e filmes. Gosto de coisas simples e viajar ouvindo minhas músicas preferidas e lendo um bom romance ou suspense. Amo minha família e amigos, pois estão sempre comigo. 

20 comentários

comentários
17 de outubro de 2016 20:19 delete

Eu tenho muita curiosidade com esse livro, acho que a leitura pode ser muito agradável. Gostei de ver a sua opinião e de saber um pouco mais sobre a obra.

Responder
avatar
18 de outubro de 2016 04:21 delete

Oiii Helyssa, como vai?
Infelizmente dessa vez a obra em si não despertou meu interesse, não sou muito chegada nesse tipo de leitura, mas parabéns pela sua resenha que ficou incrível.
Beijinhos

Responder
avatar
18 de outubro de 2016 04:40 delete

Esse é um daqueles livros que saiu, fez um sucesso estrondoso, mas que nunca me chamou atenção. Atual ou não, o enredo em si não me atrai muito, me sinto um pouco cansada dessa pegada, mas é sempre bom trazer a tona o que já foi para que novas pessoas venha a se encantar também. Compartilhar com leitores mais do mesmo que já tá aí, às vezes cansa também... é bom dar uma mudada.

Raíssa Nantes

Responder
avatar
18 de outubro de 2016 12:24 delete Este comentário foi removido pelo autor.
avatar
18 de outubro de 2016 16:03 delete

Olá
Como você disse, o livro é mais antigo, por isso já tem muitas resenhas, eu tinha uma certa curiosidade porque acho a capa bem intrigante, mas li muitas resenhas não elogiosas, e perdi bem a vontade de ler. Sua resenha ficou ótima e mostrou alguns lados que ainda não tinha visto, como a parte e o ritmo poético que a autora deu ao livro, mas acho que ainda não me sinto muito a vontade de ler o livro.
Uma coisa que gostei muito em sua resenha também, foi saber que a releitura te fez gostar ainda mais do livro, e normalmente, a gente sempre acaba achando os defeitos quando lê de novo, por isso tenho um medinho de fazer releituras.

Responder
avatar
18 de outubro de 2016 17:42 delete

Olá
Sempre achei essa capa bem intrigante, gosto de chaves, mas lendo diversas resenhas percebi que a trama é bem diferente do que imaginei pela capa, e isso me fez perder um pouco a vontade de ler o livro, e também li algumas resenhas não muito elogiosas =/.
Sua resenha ficou linda, gostei de saber que o livro tem um ritmo bem poético, eu não sabia disso, deve dar um toque bem sensível a obra, e para quem gosta de um romance, deve deixar tudo ainda mais bonito.

Responder
avatar
19 de outubro de 2016 04:47 delete

Olá,
Esse livro está na minha lista de leitura já a algum tempo e confesso que tenho passado alguns na frente com medo das emoções que ele pode gerar em mim.
Li recentemente da autora Talvez um Dia e passei por um turbilhão rsrs
A premissa da obra é bem interessante e quero muito conferir como os personagens irão se conhecer e como se dará esse romance fofo.

http://leitoradescontrolada.blogspot.com.br/

Responder
avatar
Ana Luz
Autor
19 de outubro de 2016 05:33 delete

Olá, tudo bem?

Ta aí um livro que não me desperta muito o interesse, sempre vejo boas indicações, assim como a sua, mas não fico com curiosidade para ler. Não sei o motivo, acho a capa legal, até... A sinopse não me cativa muito, ou talvez seja um detalhe que me deixa receosa, enfim, quem sabe um dia... Essa questão de mortes, é algo de que, no momento, meio que fujo na literatura. hehehe.

Beijo!

Responder
avatar
Vitor
Autor
19 de outubro de 2016 06:11 delete

Oi!
Já perdi a conta de quantas vezes eu li resenhas e me indicaram esse livro. Eu fico bem curioso toda vez que ouço falar, mas nunca peguei para ler com medo de me decepcionar. Mas a lista de leitura existe, ele está lá e eu pretendo ler tudo hahaha' Ótima resenha!
Abraço!

Responder
avatar
19 de outubro de 2016 09:46 delete

Oi, tudo bom?

Sou louca para ler os livros dessa série! Já faz algum tempo que foram lançados , mas ainda não tive a oportunidade de lê-los. Amei sua resenha, fiquei super ansiosa para ler e tirar minhas próprias conclusões.

Beijos:*
treslivrolatras.blogspot.com

Responder
avatar
20 de outubro de 2016 18:15 delete

Olá! Tudo bem?
Já li a trilogia e amei, aliás amo Colleen! Os livros dela são maravilhosos! Parabéns pela resenha! Bj

Responder
avatar
21 de outubro de 2016 09:34 delete

Ola lindona eu amo essa autora, lembro que li esse livro e estava grávida chorei litros, ela consegue mexer com nossas emoções de uma maneira muito intensa. Preciso ler os demais livros. beijos

Joyce
www.livrosencantos.com

Responder
avatar
21 de outubro de 2016 10:04 delete

Ai esse livro, essa históra, essa mulher! Foi o primeiro livro dela que eu li tb e logo devorei a trilogia toda. Se vc ainda não leu os outros dela, por favor, LEIA! Essa mulher é maravilhosa demais, ela se tornou a minha autora preferida. Muito amor!
Parabéns pela resenha.
Bj
www.viciadosemleitura.blog.br

Responder
avatar
Livros & Tal
Autor
21 de outubro de 2016 14:40 delete

Oie!!
Eu sou muito fã da Colleen e não li esse livro ainda, acredita? A sua resenha está incrível, ouvi muitas críticas negativas sobre ele também, mas para falar a verdade, sei que irei chorar demais e não tenho a menor d´úvida de que esse livro é incrível!

beijos

Responder
avatar
Catharina M.
Autor
25 de outubro de 2016 11:33 delete

Oie
eu to louca para ler essa série mas ainda nao comprei o ultimo livro, vejo muitos elogios e adoro a autora, espero conseguir ler o mais rapido possivel

Beijos
http://realityofbooks.blogspot.com.br/

Responder
avatar
25 de outubro de 2016 13:42 delete

Olá,
Eu sempre fico com o pé atrás quando o livro é trilogia, mas esse me despertou interesse e parece valer a pena ler a continuação.
Eu já conhecia a autora, porém ainda não o livro. Irei pesquisar sobre.
Bjs

Responder
avatar
26 de outubro de 2016 09:53 delete

Olá,

Esse livro é maravilhoso, foi um dos primeiros que li da autora e e encantei muito pela história. Fico feliz que você também tenha gostado.

Abraços,
Cá Entre Nós

Responder
avatar
Lilian Huzyk
Autor
1 de novembro de 2016 19:38 delete

Eu lembro da época que lançou esse livro e ele virou febre mas eu não pude ler, ainda assim já sei só pela autora que esse livro é perfeito! Sua resenha ficou muito boa, parabéns!!

Responder
avatar
7 de novembro de 2016 07:40 delete

Olá! Adorei sua resenha, adoro romances e estou nessa vibe e vou procurar esse livro para ler o mais rápido possível. Terminando um aqui e quero engatilhar esse romance.

Responder
avatar
9 de novembro de 2016 16:50 delete

Helyssa,tudo bem?

Amo CoHO. Amo métrica e os outros dois que compõe a trilogia. Adoro o fato da autora sempre tratar de questões reais, muito verossímeis. Sempre de maneira emocionante. Amo também o fato dela sempre colocar uma forma de arte para representar sentimentos ou ações, questões dos personagens. Não conhecia nada sobre slam poetry antes de ler esse livro. Enfim, é uma obra fantástica escrita por uma autora expetacular.

Amei a resenha!

Beijo

Leitoras Inquietas

Responder
avatar