Pular para o conteúdo principal

Corte de Névoa e Fúria - Resenha







Por amor, ela enganou a morte
Por liberdade, ela se tornará uma arma








Talvez desde sempre eu fosse quebrada e sombria por dentro.
Eu era a assassina de inocentes e a salvadora de uma terra.


Corte de Névoa e Fúria é o segundo livro da trilogia Corte de Espinhos e Rosas da magnífica Sarah J. Maas. Se vir um livro dessa autora, compre sem medo de errar.

Feyre, uma simples humana, encontrou o amor em um grão-feérico, mais precisamente o Grão-senhor da corte primaveril, Tamlin, e por esse amor ela lutou, foi humilhada, perdeu a si mesma e morreu, no mesmo momento em que derrotou Amarantha e salvou o povo feérico. Por seu sacrifício, os sete grão-senhores a transformaram, deram uma gota de seu poder para trazê-la de volta à vida. A humana morreu e a grã-feérica nasceu, mas seu coração continua humano e ela não consegue esquecer tudo que fez para sobreviver e salvá-los, tirar duas vidas inocentes para salvar a de muitos, faz sentido, mas não torna mais fácil aceitar.


Em Corte de Névoa e Fúria, Feyre precisa se adaptar a sua nova vida, e não está sendo nada fácil, ela e Tamlin têm pesadelos constantes com tudo que aconteceu Sob a Montanha. Tamlin tem tanto medo de perdê-la novamente que a deixa de fora de todas as situações minimamente perigosas, tirando toda sua liberdade, nem mesmo Lucien consegue convencê-lo do contrário, então no dia do casamento deles, ela surta.

Desde seu acordo Sob a Montanha, ela e Rhysand tem uma ligação, então ele “escuta” o desespero dela e vai lá “savá-la”, mas ela não entende dessa forma. Feyre não sabe o que pensar de Rhys, pois o acordo com ele a manteve viva, ao mesmo tempo que a humilhou repetidamente durante aquelas provas, mas Tamlin a está sufocando com sua super proteção, e o amor dos dois não parece ser o suficiente, sua semana com Rhys parece ser seu único momento de liberdade.
- Trabalhe para mim - disse Rhysand. - De todos os modos, tenho uma dívida com você. E resolveremos o resto com o passar dos dias se for preciso.Olhei na direção das montanhas, como se pudesse ver até a Corte Primaveril ao sul. Tamlin ficaria furioso. Ele destruiria a mansão.
Mas sabia que, se ficasse naquela mansão, se fosse trancafiada mais uma vez… Poderia levar a cabo a destruição que Amarantha tinha começado.

É na Corte Noturna ao lado de Rhys, Mor, Cassian, Azriel e Amren que ela começa a conhecer a feérica que se tornou, começa a treinar e entender os poderes que vieram com essa nova vida, fortalecer seu corpo, seu espírito, sua essência para a guerra que está por vir. Corte de Névoa e Fúria supera todas as expectativas, a cada página crescemos e amadurecemos junto com os protagonistas, choramos, lutamos e sentimos aquela necessidade de superação que existe dentro de nós, esperando que tenhamos coragem para ser quem queremos e lutar pelo que desejamos.


Virei a lâmina illyriana na mão e atravessei para o Arco-íris em chamas e ensanguentado. Aquele era meu lar. Aquele era meu povo. Se eu morresse defendendo-os, defendendo aquele pequeno lugar no mundo onde a arte florescia…
Então, que assim fosse.
E me tornei escuridão, e sombra e vento.

O livro é enorme, mas muito dinâmico  e vale cada segundo, estejam preparados porque comer e dormir se tornarão secundários durante essa leitura. Aproveitem que toda a trilogia já foi lançada e leiam de uma só vez ;)

Avaliação:
Ficha Técnica
Título: Corte de Névoa e Fúria
Série: Corte de Espinhos e Rosas #2
Autor(a): Sarah J. Maas


Editora: Galera Record 
Gênero: Fantasia
Páginas:658

   

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Indomável - Resenha

Oi Povo, tudo bem? Hoje vamos falar de "Indomável", último livro da trilogia "Damas Rebeldes", da autora Julia Quinn, lançado pela Editora Arqueiro. Finalmente cheguei no livro de William Dunford! HAHHAA. Ele aparece nos livros anteriores " Esplêndida " e " Brilhante ", e deixa nós leitores apaixonados e doidos para conhecer ainda mais esse personagem libertino tão charmoso! HAHAHA. Ele fica completamente chocado quando descobre que herdou um título e uma propriedade na Cornualha. Dunford, viaja imediatamente para conhecer a propriedade que ele herdou, o que ele não imaginava é que encontraria uma mulher administrando a propriedade e que ela se tornaria sua responsabilidade junto a herança do título.  "Belle bateu palmas. Que fantástico! Dunford acabara de receber uma herança inesperada. Ela torcia para que fosse algo bom. Uma de suas amigas tinha acabado de herdar, a contragosto, 37 gatos. " Pág: 12. Henrietta Barrett, ou apenas Henry,

Talvez Agora - Resenha

  Oi Povo, tudo bem? Hoje vamos falar de "Talvez Agora”, que é continuação de "Talvez um dia” de Colleen Hoover lançado no ano passado pela Galera Record. Sou muito fã da autora e quando terminei “Talvez um dia”  fiquei sem saber o que fazer da vida porque eu não estava acreditando que a história terminava daquela maneira. Fiquei tão revoltada que comprei “Talvez Agora” no lançamento, mas levei meses para criar coragem e voltar para aquele universo. Vocês também são assim? HAHAHA. Espero sinceramente não ser a única!! HAHAHA. Ridge e Sydney, depois de tanto tempo, estão namorando. Sydney finalmente se sentiu segura para começar algo mais com Ridge. Ele por sua vez parece estar nas nuvens porque finalmente eles poderão viver um amor sem culpa e do jeito que sempre sonharam. Porém, isso não significa que tudo vai ocorrer nas mil maravilhas, afinal Ridge e Warren são as únicas pessoas no mundo que Maggie pode contar, e esse detalhe pode mudar tudo.  Maggie sabe que tem fibrose c