Pular para o conteúdo principal

A Filha do Conde - Resenha

 Oi Povo, tudo bem?

Hoje vamos falar de “A Filha do Conde”, da maravilhosa Lorraine Heath, lançado pela Editora Harlequin. Sou completamente apaixonada por essa série, Lorraine nos mostra através do romance, um lado super obscuro da sociedade londrina daquela época, que são os filhos bastardos. Confesso que nunca pensei no que acontecia com essas crianças inocentes que morriam ao serem abandonadas à própria sorte, e que quando sobreviviam eram vítimas de um preconceito sem limites por parte de uma sociedade que escondia seus podres por debaixo dos panos. O livro é narrado entre o presente e passado, então conseguimos conhecer bem a evolução dos personagens, e principalmente entendemos o que os levou a chegar naquele “presente” tão cruel. 


No passado, Finn Trewlove conheceu Lady Lavínia quando ela tinha apenas 15 anos e logo se apaixonou, apesar de saber que esse amor é impossível, isso não impede seu coração juvenil de cometer loucuras. Eles se tornam amigos por causa de um “imprevestido” (que não posso contar qual é) e vivem se encontrando escondidos. Eles passam anos se encontrando apenas como amigos, até que Finn acha que Lavínia tem idade suficiente (17 anos)  para ele então abrir seu coração. Claro que ela também é apaixonada por ele e logo eles começam um relacionamento que está fadado ao fracasso, afinal ela é filha de um Conde. 


“Mas a garota - aquela maldita! - com os olhos cheios de lágrimas, o fizera se sentir culpado por seu trabalho. Ganhava bem, mas não era o emprego que queria para a vida. Tinha 21 anos e já juntara uma boa quantia; logo arranjaria algo melhor. Mas nenhum trabalho novo, por melhor que fosse, eliminaria o terror da tristeza naqueles olhos verdes...” Pág:21.


No futuro, 8 anos depois dessa paixão avassaladora, conhecemos uma Lady Lavínia, completamente diferente daquela menina meiga e iludida. Quando ela abandona o duque de Thornley (Sim, o Duque do livro “Amor de um Duque”, que é o segundo da série!!), no dia do casamento é para finalmente tomar o controle de sua vida e viver sem as amarras impostas pela sociedade.


Finn passou por poucas e boas no passado e a última pessoa que ele espera encontrar na vida é Lady Lavínia, mas por acaso do destino ele dá de cara com ela em uma situação de risco de vida e acaba interferindo e salvando a vida dela. Depois desse encontro ele não consegue esquecê-la, sem falar que fica morrendo de curiosidade para conhecer essa “nova” mulher. 


“Ao que tudo indicava, Lavínia estava tão feliz com aquele reencontro quanto ele. Não que Finn fosse demonstrar a mágoa e raiva que sentia ao vê-la depois de tantos anos.” Pág: 34.


Esse livro é aquele romance que lemos super rápido porque simplesmente não conseguimos parar a leitura até saber o que aconteceu com os personagens, Lorraine mais uma vez me fez favoritar essa família. Eles são simplesmente incríveis. A autora consegue flutuar entre o passado e o presente de uma maneira encantadora sem deixar uma única ponta solta, isso sem falar em como os personagens dos diferentes livros da série se entrelaçam. Simplesmente super indico esse livro e essa série.


Para conhecer os outros livros da série: Desejo e Escândalo e Amor De Um Duque.


Avaliação:
Ficha Técnica
 Título: A Filha do Conde
Série: Irmãos Trewlove #3
Autor: Lorraine Heath
Páginas: 397 
Editora: Harlequin

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Eleanor & Grey - Resenha

Oi Povo, tudo bem? Todo mundo que acompanha o blog sabe que sou mega fã de Brittainy C. Cherry, então quando vi que a caixa do “clube da Carina Rissi” vinha com o livro “Eleanor & Grey" e os marcadores de todos os livros da autora lançado aqui no Brasil, fiquei LOUCA. Graças ao bons Deuses dos livros, a Editora disponibiliza a caixa de maneira avulsa e consegui comprar essa lindeza! Rsrs. Sabe aquele tipo de livro que quando você termina, seus pensamentos são: “Obrigada Deus por eu amar ler! Obrigada por livros assim! Que lição de vida! Que autora maravilhosa!!". Quando terminei mandei uma foto da minha cara inchada de tanto chorar para Helyssa (voocomlivro) e Anastacia (notasliterarias_), falando que não estava sabendo lidar com tantos sentimentos. Eleanor, é uma adolescente que ama ler, não é muito social e ainda usa aparelho nos dentes, essa junção é o bastante para chamarem ela de esquisita ou sorriso metálico. Ela nem liga muito para esses comentários, Eleano

Talvez Agora - Resenha

  Oi Povo, tudo bem? Hoje vamos falar de "Talvez Agora”, que é continuação de "Talvez um dia” de Colleen Hoover lançado no ano passado pela Galera Record. Sou muito fã da autora e quando terminei “Talvez um dia”  fiquei sem saber o que fazer da vida porque eu não estava acreditando que a história terminava daquela maneira. Fiquei tão revoltada que comprei “Talvez Agora” no lançamento, mas levei meses para criar coragem e voltar para aquele universo. Vocês também são assim? HAHAHA. Espero sinceramente não ser a única!! HAHAHA. Ridge e Sydney, depois de tanto tempo, estão namorando. Sydney finalmente se sentiu segura para começar algo mais com Ridge. Ele por sua vez parece estar nas nuvens porque finalmente eles poderão viver um amor sem culpa e do jeito que sempre sonharam. Porém, isso não significa que tudo vai ocorrer nas mil maravilhas, afinal Ridge e Warren são as únicas pessoas no mundo que Maggie pode contar, e esse detalhe pode mudar tudo.  Maggie sabe que tem fibrose c