6 de junho de 2016

Herdeira do Fogo - Resenha

Ela ergueu o rosto para as estrelas. Era Aelin Ashryver Galathynius, herdeira de duas linhagens poderosas, protetora de um povo um dia glorioso e rainha de Terrasen.
Ela era Aelin Ashryver Galathynius - e não teria medo.

Herdeira do Fogo é o terceiro volume da saga Trono de Vidro, de Sarah J. Maas, lançada pela Editora Galera Record. Prepare-se você não será capaz de largar esse livro.

Clique para ler as resenhas anteriores: Trono de Vidro e Coroa da Meia-Noite.

Apenas ela, apenas ele. Exatamente como deveria ser; nenhuma outra vida perdida além das deles, nenhuma alma maculada além da dela. Seria preciso um monstro para destruir um monstro.
Pág.: 13

Antes de mais nada devo dizer que foi muito difícil escrever essa resenha. Por que? O livro é enorme, e acontece tanta coisa e envolve tanta gente que não sei se serei capaz de corresponder a maestria da minha querida Sarah.

Antes de se tornar a Assassina de Adarlan, Celaena Sardothien era Aelin Ashryver Galathynius a princesa herdeira de Terrasen. Ela jamais imaginou se tornar a campeã do tirano que invadiu sua terra e dizimou sua família, no entanto o destino tem um jeito tortuoso de colocar as coisas nos "eixos". Em Herdeira do Fogo Celaena/Aelin busca a ajuda da Rainha feérica Maeve, uma "tia" que sua mãe fez de tudo para manter afastada, somente ela poderá ajudá-la a descobrir mais sobre as chaves de Wyrd, como destruí-las e finalmente derrotar o Rei de Adarlan, então cumprir a promessa que fez a amiga. Libertar seu povo!

Maeve sabia de tudo - como se esperaria de alguém mais velho que a terra.
Pág.: 13

Tendo recebido pouco treinamento dos seus poderes e tendo vivido a maior parte da vida em Adarlan, onde a magia foi extinta, ela não teve acesso aos dons que nasceram consigo. Mas a Rainha Feérica não vai recebê-la até que a ache digna, e por isso ela precisa treinar com o príncipe Rowan, um guerreiro implacável com séculos de experiência e nenhuma paciência para ser babá.
O problema é que ela sempre teve medo de seu poder, ele é grande e na sua infância mal aprendeu a controlá-lo, com Arobynn ela aprendeu a odiar e suprimir essa herança, agora ela precisará libertar seus demônios.

O livro é grande, mas muito bem estruturado, ele intercala entre os vários personagens:

Celaena e Rowan, seu treinamento e descobertas avassaladoras; Em alguns momentos tive raiva das atitudes dela, e precisei me lembrar de que apesar de tudo que é capaz de fazer, ela é muito jovem e já passou por muita coisa, apesar do seu amadurecimento ela continua a ser Celaena, arrogante e com uma língua afiada. Mas Rowan também não é de brincadeira, e se alguém pode colocar essa “menina mimada” no lugar dela, é ele.

- Minha tia me deu uma tarefa mais difícil do que ela imagina, creio. - Minha tia, não nossa tia.
Então Celaena falou uma das piores coisas que já havia proferido na vida, deleitando-se no ódio daquilo.
 - Feéricos como você me fazem compreender um pouco mais as ações do rei de Adarlan, acho.
Mais rápido do que conseguiu sentir, mais rápido do que qualquer coisa tinha o direito de ser, Rowan a socou.

Pág: 64

Dorian Havilliard e Chaol Westfall, o que falar desses dois. Dorian ainda é o Dorian, lindo, doce e tentando entender seus recém descobertos poderes, querendo enfrentar o pai, mas se sentindo impotente. Chaol continua leal como sempre, mas quando descobre sobre Aelin, fica sem saber em quem confiar, e acaba encontrando uma “aliança” inesperada. O que mais me irritou é que os dois são grandes amigos, Chaol abriu mão de seu título para servir ao Rei e futuramente a Dorian, mas ainda assim os dois ficam nesse limbo da amizade, abalada e desestruturada.

 - Por que realmente a mandou para Wendlyn?
Ansiedade tomou conta dele, crua e lascinante. Mas por mais que quisesse contar ao amigo sobre Celaena, por mais que quisesse descarregar todos os segredos para que preenchesse o vazio fundo do corpo, não podia. Então apenas respondeu:
 - Eu a enviei para fazer o que precisa ser feito - Em seguida caminhou de volta pelo corredor. Dorian não o deteve.

Pág.: 35

Manon Bico Negro, uma bruxa bela e cruel que mostra o desenrolar dos planos malignos do Rei. Manon é a líder das Treze, um grupo de bruxas do clã Bico Negro. Os três clãs de bruxas dentes de ferro recebem uma proposta do Rei de Adarlan. Elas devem treinar e criar um exército para lutar a favor dele, para ao final recuperarem seus domínios amaldiçoados.

Manon nascera sem alma, dissera a avó dela. Sem alma e sem coração, como uma Bico Negro deve ser. Era maligna até os ossos. Mas as pessoas naquelas carruagens, e o duque, tinham um cheiro errado.
Pág.: 69

Aedion Ashyver, primo de Celaena e com sua devastação é um dos generais mais temidos do Rei; Ele é capaz de tudo e não tem medo de se sujar.

Se ele soubesse que Aelin ainda estava viva, se soubesse quem e o que havia se tornado, ou o que aprendera sobre o poder secreto do rei, será que ficaria ao lado dela, ou a destruiria?
Pág.: 34

Sarah conecta muito bem cada livro, para quem já leu A Lâmina da Assassina (resenha em breve) preste atenção :D no decorrer de todos os livros ela deixa brechas que as vezes não notamos, e só depois percebemos a genialidade por trás.
A escrita da autora nos permite conhecer e embarcar no coração de cada personagem, seus temores e sua força, sua fé e sua descrença, e por isso mesmo a momentos em que você os odeia e se irrita, mas no final os ama, cada uma dessas peculiaridades fazem essa ser uma história de tirar o fôlego.

Avaliação:
Ficha Técnica
Série: Trono de Vidro #03
Título: Herdeira do Fogo
Autora: Sarah J. Maas
Editora: Galera Record
Páginas: 516

Compre aqui:


19 comentários:

  1. Olá
    Li o primeiro e o segundo. Preciso por em dia essa série, ainda mais depois de ler sua resenha! Fiquei mais ansiosa para ler.
    Muito boa sua resenha.
    Bj

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pode ficar feliz porque vai ter sorteio desse livro em breve rsrsrs

      Excluir
  2. Fica meio dificil pois não li o primeiro livro, mesmo já tendo ouvido falar muito bem sobre a série mas ela não faz muito meu gênero
    beijos

    ResponderExcluir
  3. Eu acho as capas desses livros lindas, mas sinto uma pena por não fazer meu gênero, não me vejo lendo eles, porém, ótima resenha. Parabéns pelo trabalho.

    Beijos

    ResponderExcluir
  4. Oie

    Eu sempre vejo boas críticas sobre essa série, mas para mim não funcionou, eu não consegui sair do primeiro livro. Talvez por ser um gênero que não tenho muito costume, se tornou uma leitura cansativa.
    Sua resenha ficou ótima! E as capas, é inegável, são lindas!

    bjs
    Fernanda
    http://pacoteliterario.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Uma série? Poxa, acho que daria uma chance pra essa obra bem lá na frente rs. Estou com várias séries atrasadas. Mas me chamou atenção essa obra.

    ResponderExcluir
  6. Estou novamente mergulhada e Darkover, uma série enorme e muito bem escrita. Mundos distantes e personagens intrigantes...

    Muito legal sua resenha, mas no momento continuo com Darkover.

    Bjsss

    ResponderExcluir
  7. Olá
    Tenho uma curiosidade muito grande com essa série, gosto muito de fantasia, e essa menina parece bem forte e não essas mocinhas molengas que se fazem de forte mas só quer saber de casar.
    Beijos

    ResponderExcluir
  8. Olá,

    Eu só li o primeiro volume dessa série, mas estou morrendo de vontade conhecer os demais. Espero fazer isso ainda esse ano. Parabéns pela excelente resenha.

    Abraços
    colecoes-literarias.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  9. Olá,
    Essa série eu ainda não conhecia, mas me interessei bastante.
    Parabéns pela resenha <3

    ResponderExcluir
  10. Oi, tudo bem?
    Sempre quis ler essa série, principalmente pois todos elogiam a narrativa da autora. Pelo jeito com você não é diferente.
    É bem grande mesmo o livro e muitas coisas para explicar e conectar. Gostei de saber que aprovou a leitura.
    Espero ler ainda a série. Ótima resenha.

    ResponderExcluir
  11. Oi
    Tudo bom?
    Só li coisas positivas sobre essa série, tenho uma amiga q é viciada!
    Adorei sua resenha, bom saber que vc também gostou do livro!
    Bjos

    Every Little Book

    ResponderExcluir
  12. Oi, oi, oi!
    Uau, favoritou o livro! Apesar de achar as capas lindíssimas, essa saga nunca me despertou a vontade de ler, mas sempre vejo resenhas postivas, então, com certeza é um prato cheio para quem gosta desse tipo de fantasia.
    Bjks
    www.viciadosemleitura.blog.br

    ResponderExcluir
  13. ah, confesso que li sua resenha por cima...um pouco aqui, um pouco ali...eu estou com essa série na minha lista e pretendo ler o primeiro em breve, sempre tive vontade e agora a sua resenha, favoritada ainda, me deixou com ainda mais vontade...

    bjs

    ResponderExcluir
  14. Oie, Anne!
    Quero começar a saga esse mês ou, no máximo, mês que vem, portanto tive que ir pulando muitas partes pois se não eu pegaria alguns spoilers, mas tudo bem, afinal é culpa minha por ainda não ter lido a história.
    Agora, a dica no final sobre as brechas nos livros para depois surpreender eu vou manter viva em minha mente para aproveitar ao máximo!
    Beijinhos
    Anna - Letras & Versos

    ResponderExcluir
  15. Eu to no meio do segundo livro, ainda torcendo pelo chefe da guarda! E to morrendo de medo da Sarah mudar meu ship, então, me perdoa por favor, mas eu li a resenha bem por cima, torcendo pra não ler nada que desabone meu ship! kkkkkkkkkk.
    To lendo devagar pq ainda não tive grana pra comprar o terceiro e quarto livros.
    Bjs, Mari Scotti

    ResponderExcluir
  16. Olá, sou doida pra conferir essa série, é uma pena que sempre esteja muito caro. Adorei a resenha...fiquei ainda mais curiosa.

    ResponderExcluir
  17. Oie
    nunca tive curiosidade pelo livro ou série, mas sempre vejo elogios, infelizmente foge do que curto mas quem sabe um dia eu arrisque

    Beijos
    http://realityofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  18. Olá Anne!!!
    Tenho que admitir que por mais resenha boa que leia sobre essa série ela não me desperta vontade de ler :(
    Porém, pelo que ouço dizer ela é maravilhosa e a autora lhe prende.
    Adorei sua resenha e é uma pena mesmo que eu não fui despertada por esse livro :(

    lereliterario.blogspot.com

    ResponderExcluir

author
Se você: Cheira livros, se apaixona por personagens, sofre com eles como se fosse alguém da sua família, corre atrás de autógrafos, viaja para outro estado para participar da Bienal do Livro, adora um sebo, procura por eventos literários, entra na livraria para dar um livro de presente e sai com dois para você, então você está no lugar certo!