Pular para o conteúdo principal

Corte de Gelo e Estrelas - Resenha

Corte de Gelo e Estrelas é um extra da trilogia Corte de Espinhos e Rosas, da minha rainha Sarah J. Maas, publicado no Brasil pela Galera Record. Não é segredo que me presentear com um livro da Sarah é um tiro certeiro, e ganhei esse livro de aniversário em Outubro, mas a saga para recebê-lo da Saraiva me fez lê-lo somente agora. Ainda assim agradeço de coração a Fabíola e Raquel pelo presente. Corte de Gelo e Estrelas é a ligação da Trilogia com Spin-offs que ainda serão lançados.


Está chegando o Solstício de inverno, momento de comemoração, presentes e muita bebida. Em meio a preparação, nossos queridinhos vão aprendendo a viver depois da guerra, a lidar com tudo o que aconteceu. O círculo mais íntimo de nosso mais amado Grão-Senhor já passou por guerras antes,  e cada um tem uma maneira de lidar com os horrores vistos e vividos, mas Feyre e suas irmãs precisam encontrar seu próprio modo.

Elain está vivendo, ainda triste, mas melhorando, enquanto Nestha se isolou do mundo. Já Feyre, ainda se acostumando com as responsabilidades de ser uma Grã-Senhora, redescobre na pintura sua forma de se expressar e colocar para fora tudo que não consegue tirar da cabeça, e ainda encontra uma forma de ajudar outras pessoas através dos seus dons. Alguém duvida que ela será uma Grã-Senhora e tanto?!

Problemas rondam nossos personagens. A morte de tantos homens deixa os Illyrianos com muita raiva e alguns rebeldes começam a surgir, preocupando nosso general. Para piorar a única corte que faz fronteira com o reino humano, e pode impedir feéricos mal intencionados, é justamente a primaveril, que está na pior depois do que Feyre fez.

A única coisa que me deixou chateada nesse livro foi como Feyre e Rhys lidam com Tamlin. Ele foi terrível eu sei, fez coisas horríveis, e não dá pra defendê-lo, no entanto, ele enfrentou as piores provações no último livro e fez mais do que a maioria teria feito. Ele tem muito a amadurecer e aprender, mas ele não é uma pessoa ruim, e não se chuta alguém que está por baixo. Conhecendo Sarah, acredito que isso é algo ainda a ser desenvolvido nos outros livros. O maior aprendizado que tive nessa série, foi a certeza de que o melhor que você pode viver, às vezes virá depois da sua maior dor.

Houve uma época em que eu tive medo daquela primeira neve, em que vivia aterrorizada pela ideia de longos e cruéis invernos.Mas foi um longo e cruel inverno que me levou tão profundamente para dentro do bosque naquele dia, há quase dois anos. Um longo e cruel inverno que me deixou desesperada o bastante para matar um lobo, que, por fim, me trouxe até aqui - a esta vida, esta … felicidade.

Clique para conhecer os outros livros da Série:  Corte de Espinhos e Rosas, Corte de Névoa e Fúria e Corte de Asas e Ruína


Saiba mais sobre a autora: Sarah J. Maas

Avaliação:
Ficha Técnica
Título: Corte de Gelo e Estrelas
Série: Corte de Espinhos e Rosas #Extra
Autor: Sarah J. Maas
Editora: Galera Record
Páginas: 238

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Indomável - Resenha

Oi Povo, tudo bem? Hoje vamos falar de "Indomável", último livro da trilogia "Damas Rebeldes", da autora Julia Quinn, lançado pela Editora Arqueiro. Finalmente cheguei no livro de William Dunford! HAHHAA. Ele aparece nos livros anteriores " Esplêndida " e " Brilhante ", e deixa nós leitores apaixonados e doidos para conhecer ainda mais esse personagem libertino tão charmoso! HAHAHA. Ele fica completamente chocado quando descobre que herdou um título e uma propriedade na Cornualha. Dunford, viaja imediatamente para conhecer a propriedade que ele herdou, o que ele não imaginava é que encontraria uma mulher administrando a propriedade e que ela se tornaria sua responsabilidade junto a herança do título.  "Belle bateu palmas. Que fantástico! Dunford acabara de receber uma herança inesperada. Ela torcia para que fosse algo bom. Uma de suas amigas tinha acabado de herdar, a contragosto, 37 gatos. " Pág: 12. Henrietta Barrett, ou apenas Henry,

Talvez Agora - Resenha

  Oi Povo, tudo bem? Hoje vamos falar de "Talvez Agora”, que é continuação de "Talvez um dia” de Colleen Hoover lançado no ano passado pela Galera Record. Sou muito fã da autora e quando terminei “Talvez um dia”  fiquei sem saber o que fazer da vida porque eu não estava acreditando que a história terminava daquela maneira. Fiquei tão revoltada que comprei “Talvez Agora” no lançamento, mas levei meses para criar coragem e voltar para aquele universo. Vocês também são assim? HAHAHA. Espero sinceramente não ser a única!! HAHAHA. Ridge e Sydney, depois de tanto tempo, estão namorando. Sydney finalmente se sentiu segura para começar algo mais com Ridge. Ele por sua vez parece estar nas nuvens porque finalmente eles poderão viver um amor sem culpa e do jeito que sempre sonharam. Porém, isso não significa que tudo vai ocorrer nas mil maravilhas, afinal Ridge e Warren são as únicas pessoas no mundo que Maggie pode contar, e esse detalhe pode mudar tudo.  Maggie sabe que tem fibrose c