29 de julho de 2016

Jogos do Prazer - Resenha

Ela perdeu a fortuna e a inocência.
Ele a fez esquecer todos os erros do passado.

Roselyn Longworth refletiu sobre sua desgraça.O inferno não era feito de fogo e enxofre, concluiu. Era feito de um cruel autoconhecimento. No inferno, você aprende a verdade sobre si mesmo. Enfrenta as mentiras que disse à própria alma para justificar um erro.
Pág.: 5

Essa resenha contém spoilers dos livros anteriores, mas não muitos, prometo! Rsrsrs
Clique nos links para ver as resenhas anteriores: As Regras da Sedução e Lições do Desejo.

Jogos do Prazer é o terceiro volume da série Os Rothwells, de Madeline Hunter. Apesar do nome da série, esse livro não tem como protagonista nenhum dos irmãos, mas sim Roselyn Longworth prima de Alexia, a protagonista de As Regras da Sedução.

Sabemos pelos livros anteriores que, Roselyn e Irene Longworth precisaram ir para o campo e lidar com as consequências da fraude bancária causada pelo irmão Timothy, sem dinheiro e com a reputação em baixa as chances de conseguir um casamento para a irmã mais nova são mínimas, então Rose permite que Irene vá morar com Alexia e Hayden. Deixando-a vulnerável às investidas de lorde Norbury, um Visconde mal caráter.

 - Bom, o fato é o seguinte: estou com essa mulher, mas me cansei dela - declarou Norbury… - Mas talvez eu possa compensar minhas perdas nesse vestido e no restante. Então o que acham, senhores? Posso leiloar a Srta. Longworth?Rose não conseguiu disfarçar o choque. - Não vou aturar essa afronta!Ela afastou a cadeira e se virou para sair. Norbury apertou o braço dela com força. Apesar do sorriso, o olhar continha uma ameaça.
Pág: 13

Assim começa o livro, Rose acreditou que Norbury a amava, mas ele só queria usá-la e se vingar no irmão fugitivo. Então, após dormirem juntos ele a humilha. Mas, não se aflijam caros leitores, em um romance de época sempre temos um mocinho :D Kyle Bradwell, que só estava na casa para tratar de negócios, faz um lance de Novecentas e cinquenta libras que deixa todos os libertinos da festa sem reação, e o Visconde, que odeia Bradwell, muito zangado.

Kyle nasceu pobre e em uma cidade de mineiros, não tem nenhum título e, apenas, graças a “bondade” de um Conde ele pôde estudar em excelentes escolas e se tornar um arquiteto inteligente e trabalhador, mas ser um homem de negócios não o inclui na alta sociedade londrina, e claro não tem chance com mulheres de berço como Roselyn Longworth.

Rose agora tem muitos problemas, sua reputação está indo ladeira abaixo, ela precisa se afastar de Alexia e Irene para não afetar ambas na sociedade. Com pouco dinheiro e completamente sozinha ela é um alvo fácil, no entrando ela recebe uma proposta inesperada, vender a fazenda e ir morar na Itália com um parente. Rose fica feliz com a ideia de sair de Londres, ir para um lugar em que ninguém a conheça ou a julgue. No entanto, Kyle tem outra proposta que pode ser boa para ambos, mas os dois guardam segredos que podem prejudicar esse acordo.

O que mais gosto nos livros da Madeline é que ela retrata a parte obscura da alta sociedade, não apenas os bailes, o amor, a paixão a primeira vista, os casamentos e etc. Madeline tem personagens fortes, mulheres que perdem tudo e se erguem, que não deixam os homens, a sociedade e nem o dinheiro definirem quem elas são. Mulheres que cometem erros e amadurecem, que mantém o orgulho e a cabeça erguida acima de tudo. Com Madeline Hunter o amor nasce e cresce aos poucos, e é claro as intimidades na cama melhoram a cada cena rsrsrs

Amei rever Alexia e Hayden, assim como Phaedra e Eliott e dessa vez conhecemos melhor alguns personagens secundários maravilhosos, além do nosso querido e excêntrico Marquês de Easterbrook.

 Avaliação:

Ficha Técnica
Título: Jogos do Prazer
Série: Os Rothwells #03
Editora: Arqueiro
Páginas: 240

Compre Aqui:

21 comentários:

  1. Oi Anne!
    Confesso que desses romance de época, só alguns da Julia Quinn me cativam a ler sobre. Pessoalmente não é um gênero que eu curta muito. Acho eles muito voltado para o público feminino, ai sempre desisto de conhecer. Gosto mais de distopia ou fantasia. Mas já vi ótimos comentários das obras dessa autora, apesar de nenhuma me chamar atenção.
    O legal é que as personagens sempre parecem forte e quebram esse contexto da época. Gostei da Rose, mas não me aventuraria na leitura no momento.

    Abraços
    David
    http://territoriogeeknerd.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Realmente são poucos os homens que gostam desse gênero, mas fico feliz em saber que vc deu uma chance e se aventurou nos da Julia, que eu amo por focar nas partes engraçadas, bem diferente da Madeline que foca no drama.

      Tbm adoro fantasia e distopia :D

      Excluir
  2. Oii Anne

    Não leio muito livros históricos, embora eu seja apaixonada pela escrita da Sarah MacLean e tenha amado tudo que a autora escreveu. Duas autoras que sempre me recomendam dentro desse gênero são Madeleine Hunter e Loretta Chase a após ler a sua resenha, estou bem segura que posso gostar mesmo.
    A capa também é linda né?
    Está anotado para minhas leituras futuras, agora primeiro preciso buscar o primeiro livro da série dos Rothwells

    Beijos

    http://unbloglitteraire.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Alice, nunca li nada da Loretta, mas a Iris adora.
      O primeiro livro é As regras da Sedução, os links estão no início da resenha.
      Todas as capas são lindas rsrsrs

      Excluir
  3. Olá!

    Não sou fã de livros de época, mas adorei sua resenha, muito difícil encontrar pessoas que leram esse livro e não gostaram. A capa é bem bonita.

    ResponderExcluir
  4. Olá.
    Sou curiosa para ler a série Os Rothwells, leio muitos comentários positivos e assim que tiver chance vou conferir todos os livros. Adorei a premissa e fiquei bem feliz em saber que a autora retrata personagens mulheres fortes, isso é algo que amo nos livros do gênero. Reencontrar personagens de livros passados sempre é divino né.
    Amei a resenha.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tnm adoro reencontrar os personagens de livros anteriores, é uma das coisas que gosto na Madeline, os personagens não só aparecerem como participam da história :D

      Excluir
  5. Olá, eu ainda não conhecia essa série mas confesso que ela não chamou minha atenção pois eu não gosto do gênero. Mas tenho certeza os fãs do gênero é um prato cheio.
    Bjs

    ResponderExcluir
  6. A Editora Arqueira sempre tem os melhores Romances de Época, esse eu ainda não li mas estou ansioso para ler logo, já conhecendo a série tenho certeza que é muito bom, ainda mais depois de ler sua resenha.

    Abçs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Alessandro.
      Você tem toda razão, muitas editoras publicam romances de época, mas a Arqueiro arrasa nesse quesito, não tem um livro ruim kkkkk

      Excluir
  7. Oiii Anne, como vai?
    Infelizmente esses romances de época não despertam nenhuum pouquinho meu interesse, eu realmente irei pular a dica. Mas, fico feliz que tenha gostado e sua resenha está linda <3
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  8. Oi, Anne
    Ainda nao li nada de Madeline, mas algumas pessoas elogiam bastante. Pelo que falou, acho que eu gostaria do desenvolvimento da autora em seus livros, pois gosto de personagens femininas e masculinas também, que amadurecem.
    Esse livro ainda não li. Não é uma prioridade, mas leria se pudesse.

    Blog Livros, vamos devorá-los

    ResponderExcluir
  9. Olá, em toda minha vida só li 3 livros de romances de época e não me cativaram tanto, então não sou muito ligada a esse gênero, só leria um que realmente me chamasse MUITA atenção e essa série infelizmente não fez isso :( mas sua resenha está ótima, bjs

    ResponderExcluir
  10. Oi, eu amooo livros desse gênero de época e ver uma obra que retrata não só o lado bela dela é nada mais do que perfeito! Confesso que não consegui entender muito sobre a história e o que esperar dela além de fortes emoções, mas definitivamente sei que encontrarei personagens fortes e uma bela história e mal posso esperar para conhecer o Kyle. Espero que as coisas deem certo para ela e que ela consiga sair dessa enrascada. Vamos ver, né? Assim que tiver a oportunidade irei ler.
    Um beijo
    www.brookebells.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Esse é o terceiro livro, então não pude contar muitos spoilers que te ajudariam a entender melhor rsrsrs
      Mas de uma chance, aproveita os links de promoção na barra lateral kkkkk

      Excluir
  11. Olá, Anne, tudo bem? Eu gosto muito da premissa desse livro em especial, entre os outros da serie. Fico intrigada e empolgada com esse fato de a autora explora o lado mais obscuro da alta sociedade londrina! E já quero saber mais sobre esse mocinho <3 Adorei sua resenha!!

    Beijos

    ResponderExcluir
  12. Oi linda,

    Gosto bastante dos livros da Júlia Quinn que são muito hilários e românticos, mas esse da Madelaine nunca me cativou e também não estou bem para esse gênero.

    Beijos!

    ResponderExcluir
  13. Oi,
    Eu tenho os dois primeiros livros e ainda não li, mas quero ler em breve.
    Parece ser maravilhoso e a narrativa da autora viciante, adorei a sua resenha
    Muito bom encontrar personagens dos livros anteriores e matar a saudade
    beijos

    ResponderExcluir
  14. Oii!!
    Eu não li nada da autora ainda acredita? Tenho muita curiosidade pq sei desse lado obscuro que ela trata. Afinal romance de época acaba caindo na mesmice. A resenha está ótima

    Beijinhos

    ResponderExcluir
  15. Oii,

    Eu gosto muito de romance de época, mas não conheço essa autora. Já ouvi falar que a escrita da autora é mais erótica que as outras, não sabia que ela abordava a parte obscura da sociedade, não costumo ver resenhas dessa série. Espero matar a curiosidade em breve.
    Beijos

    ResponderExcluir
  16. Sabe aquela pessoa que esta fora desse livros de romances de epóca? Esse sou eu. Não consigo ler, sinto que a leitura não flui. Mas achei o grafico do livro lindo. Além da trama parecer prender o leitor.

    ResponderExcluir

author
Se você: Cheira livros, se apaixona por personagens, sofre com eles como se fosse alguém da sua família, corre atrás de autógrafos, viaja para outro estado para participar da Bienal do Livro, adora um sebo, procura por eventos literários, entra na livraria para dar um livro de presente e sai com dois para você, então você está no lugar certo!